• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts arquivados em: Mês: outubro 2017

    HonoratoPoesia

    Bem-Te-Vi

    outubro 07, 2017 • Honorato, Sandro

    Bem-te-vi

    Te vi beijando outros lábios

    Ansioso por aquele teu beijo

    Te vi em ondas do mar

    Lavando toda tristeza aqui dentro

    Te vi em minhas poesias

    Personificando a minha deusa

    Te vi no céu a noite

    Observando o brilho das estrelas

    Te vi em outros braços

    Querendo lhe aconchegar

    Te vi fazendo juras de amor

    Mas somente eu sabia como te amar

    Te vi sorrindo

    E eu queria ser tua alegria

    Te vi fazendo planos para o futuro

    E eu mal cuidava da minha vida

    Te vi em sonhos

    Delirando com a realidade

    Ah, eu te vi ir embora

    E eu não sei lidar com esta saudade.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

     

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Bem-Te-Vi

    outubro 07, 2017 • Honorato, Sandro

    Bem-te-vi

    Te vi beijando outros lábios

    Ansioso por aquele teu beijo

    Te vi em ondas do mar

    Lavando toda tristeza aqui dentro

    Te vi em minhas poesias

    Personificando a minha deusa

    Te vi no céu a noite

    Observando o brilho das estrelas

    Te vi em outros braços

    Querendo lhe aconchegar

    Te vi fazendo juras de amor

    Mas somente eu sabia como te amar

    Te vi sorrindo

    E eu queria ser tua alegria

    Te vi fazendo planos para o futuro

    E eu mal cuidava da minha vida

    Te vi em sonhos

    Delirando com a realidade

    Ah, eu te vi ir embora

    E eu não sei lidar com esta saudade.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

     

    Veja também esses posts relacionados:

    Samyle S.Textos

    Tutorial: como não ser um babaca

    outubro 01, 2017 • Samyle S

     

    Você está a fim dela. Moça bonita, simpática, gente fina. Excessivamente tímida, coitada. Um tanto difícil também, você sabe que precisa conquistá-la. Um bom papo, gentilezas aqui e acolá.  Para demonstrar interesse, você sempre a toca: ombros, mãos, braço. Ela, acanhada, sorri de leve. Incentivo suficiente.

    Uma abertura pequena à vista, você passa a mão. Costas, cintura, dissimuladamente perto do seio. E não é só uma mão, é aquela mão. Com desejo. Você faz isso, é claro, em um local público. É só uma demonstração de carinho, afinal. Inofensiva.

    Veja bem, o óbvio precisa ser dito: o corpo dela não é público. Ninguém tem o direito de passar a mão em alguém sem expresso consentimento. E sorrisos, especialmente vindo de gente que não demonstra interesse, raramente significam “sim”. Para não correr o risco de ser agressivo com seus “carinhos”, é bem fácil. Convida a menina para ir ao cinema.  Ou vai me dizer que você tem coragem de passar a mão no corpo dela, mas não consegue fazer um simples convite?

    Se a resposta for sim, talvez a questão não seja falta de coragem. Talvez seja bem mais fácil se aproveitar dela assim, disfarçadamente, no meio de várias pessoas, para deixá-la envergonhada em dizer que seu carinho, na verdade, incomoda. Porque, afinal, ela não quer fazer escândalo. Quem vai querer chamar a atenção geral quando já se está sentindo vulnerável, não é mesmo?

    Então, agora que você está ciente disso, bora combinar: chama a menina pra sair. Pede permissão. Do contrário, é violência, não carinho.

     

    Autora: Samyle S.

    Veja também esses posts relacionados:

    instagram