• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts arquivados em: Mês: agosto 2013

    OutrosOutros AutoresTextos

    Renascer

    agosto 19, 2013 • Honorato, Sandro

    “O fim do amor é ainda mais triste do que o nosso fim. 
    Meu amor está cansado, surrado, ele quer me deixar para renascer depois, lindo e puro, em outro canto (…)”
    – Tati Bernardi –

    Já pode parar de gritar o nome dele, Amor… ele já se foi.
    Dizem que, saudade é o que fica quando você, o Amor, vai embora… então por favor, que seja só saudade.

    Porque amá-lo por mais um segundo, sem que ele me ame de volta, é tortura.

    Talvez não faça sentido algum mas, eu tenho essa ideia fixa, de que se esse amor se resumisse a saudade… talvez eu estivesse um pouco mais perto do ponto final de que preciso.
    De que se fosse só saudade, saudade da gente e de quem éramos juntos, isso acabasse se compactando em lembranças e então eu pudesse ‘nos guardar’ em algum lugar da minha mente, longe o suficiente do meu coração para não parti-lo diariamente.
    Talvez assim você habitasse minha mente menos nocivamente, talvez assim fosse menos intenso… fosse menos Amor.

    Queria que fosse só sentir saudade… mas, como diria Renato Russo; tem sempre algo mais.

    Eu só quero que acabe, que finde… que vá embora com você, se tiver que ir.

    Entre as opções que tenho, escolho saudade. Escolho amor com menos intensidade, escolho adeus que não leve uma parte de mim… escolho ficar com nós dois aqui enquanto você vai embora.

    Escolho a gente e o que já fomos.

    Escolho sentir saudade do que era bom ao invés de amar o que não é mais meu.

    E, talvez soe egoísta eu sei… mas, talvez também seja aquilo de nós insistirmos em confundir amor-próprio com egoísmo algumas vezes sem saber que, há momentos, em que amor-próprio é a única coisa que te faz seguir em frente.

    Talvez não inteira, talvez não completamente feliz… ainda. Mas, com a certeza de que você vai ficar bem.

    Com a certeza de que você e esse tal de Amor farão as pazes um dia… que você vão se esbarrar de novo e que dessa vez você vai se conhecer melhor – vai se ver melhor – e vai estar preparada. Que seus sentimentos estarão nos lugares certos, serão dados as pessoas certas.

    E talvez você ainda vai carregar essa saudade, de pessoas e de coisas, mas… tudo bem. Acho que essa é a única bagagem que a gente leva no fim; as pessoas que tocaram e foram tocadas por nós em nossas vidas. E não é ruim. Não é um peso a mais ou algo assim, quando se carrega pessoas dentro de si. É a vida acho… e é aterrorizante, paralisante e dolorida.

    E, de algum jeito misterioso, consegue também ser maravilhosa ao mesmo tempo.

    Você vai encontrar esse outro canto onde, Tati Bernardi disse uma vez; seu amor renascerá lindo e puro… imaculado.

    É aí onde sua história realmente começará.

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosOutros AutoresTextos

    Renascer

    agosto 19, 2013 • Honorato, Sandro

    “O fim do amor é ainda mais triste do que o nosso fim. 
    Meu amor está cansado, surrado, ele quer me deixar para renascer depois, lindo e puro, em outro canto (…)”
    – Tati Bernardi –

    Já pode parar de gritar o nome dele, Amor… ele já se foi.
    Dizem que, saudade é o que fica quando você, o Amor, vai embora… então por favor, que seja só saudade.

    Porque amá-lo por mais um segundo, sem que ele me ame de volta, é tortura.

    Talvez não faça sentido algum mas, eu tenho essa ideia fixa, de que se esse amor se resumisse a saudade… talvez eu estivesse um pouco mais perto do ponto final de que preciso.
    De que se fosse só saudade, saudade da gente e de quem éramos juntos, isso acabasse se compactando em lembranças e então eu pudesse ‘nos guardar’ em algum lugar da minha mente, longe o suficiente do meu coração para não parti-lo diariamente.
    Talvez assim você habitasse minha mente menos nocivamente, talvez assim fosse menos intenso… fosse menos Amor.

    Queria que fosse só sentir saudade… mas, como diria Renato Russo; tem sempre algo mais.

    Eu só quero que acabe, que finde… que vá embora com você, se tiver que ir.

    Entre as opções que tenho, escolho saudade. Escolho amor com menos intensidade, escolho adeus que não leve uma parte de mim… escolho ficar com nós dois aqui enquanto você vai embora.

    Escolho a gente e o que já fomos.

    Escolho sentir saudade do que era bom ao invés de amar o que não é mais meu.

    E, talvez soe egoísta eu sei… mas, talvez também seja aquilo de nós insistirmos em confundir amor-próprio com egoísmo algumas vezes sem saber que, há momentos, em que amor-próprio é a única coisa que te faz seguir em frente.

    Talvez não inteira, talvez não completamente feliz… ainda. Mas, com a certeza de que você vai ficar bem.

    Com a certeza de que você e esse tal de Amor farão as pazes um dia… que você vão se esbarrar de novo e que dessa vez você vai se conhecer melhor – vai se ver melhor – e vai estar preparada. Que seus sentimentos estarão nos lugares certos, serão dados as pessoas certas.

    E talvez você ainda vai carregar essa saudade, de pessoas e de coisas, mas… tudo bem. Acho que essa é a única bagagem que a gente leva no fim; as pessoas que tocaram e foram tocadas por nós em nossas vidas. E não é ruim. Não é um peso a mais ou algo assim, quando se carrega pessoas dentro de si. É a vida acho… e é aterrorizante, paralisante e dolorida.

    E, de algum jeito misterioso, consegue também ser maravilhosa ao mesmo tempo.

    Você vai encontrar esse outro canto onde, Tati Bernardi disse uma vez; seu amor renascerá lindo e puro… imaculado.

    É aí onde sua história realmente começará.

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Olá e ai como vão?
    Hoje vou postar uma música de uma banda que eu adoro que é o  My Chemical Romance.
    Música indicada pela minha amiga Yasmin B. (Muito obrigado,aliás)
    Abraços

    My
    Chemical Romance – Sing (Cante)
    Sing
    it out
    Cante
    Boy,
    you got to see what tomorrow brings
    Garoto, você tem que ver o que o
    amanhã irá trazer
    Sing
    it out
    Cante
    Girl,
    you got to be what tomorrow needs
    Garota, você tem que ser o que o
    amanhã precisa
    For
    every time that they want to count you out
    Para cada vez que quiserem te excluir
    Use
    your voice every single time you open up your mouth
    Use sua voz cada vez que abrir a sua
    boca
    Sing
    it for the boys
    Cante pelos garotos
    Sing
    it for the girls
    Cante pelas garotas
    Every
    time that you lose it sing it for the world
    Cada vez que perder a cabeça cante
    pelo o mundo
    Sing
    it from the heart
    Cante
    do coração
    Sing
    it till you’re nuts
    Cante
    até ficar louco
    Sing
    it out for the ones that’ll hate your guts
    Cante para aqueles que irão te odiar
    Sing
    it for the deaf
    Cante
    pelos surdos
    Sing
    it for the blind
    Cante pelos cegos
    Sing
    about everyone that you left behind
    Cante sobre todos que você deixou pra
    trás
    Sing
    it for the world
    Cante
    pelo mundo
    Sing
    it for the world
    Cante pelo mundo
    Sing
    it out, boy they’re gonna sell what tomorrow means
    Cante, garoto, eles irão vender o que
    o amanhã significa
    Sing
    it out, girl they’re gonna kill what tomorrow brings
    Cante, garota, eles vão matar o que o
    amanhã trará
    You’ve
    got to make a choice
    Você tem que fazer uma escolha
    If
    the music drowns you out
    Se a música te encobre
    And
    raise your voice
    E
    levante sua voz
    Every
    single time they try and shut your mouth
    Cada vez que eles tentarem calar a
    sua boca
    Sing
    it for the boys
    Cante pelos garotos
    Sing
    it for the girls
    Cante pelas garotas
    Every
    time that you lose it sing it for the world
    Cada vez que perder a cabeça cante
    pelo o mundo
    Sing
    it from the heart
    Cante
    do coração
    Sing
    it till you’re nuts
    Cante
    até ficar louco
    Sing
    it out for the ones that’ll hate your guts
    Cante para aqueles que irão te odiar
    Sing
    it for the deaf
    Cante
    pelos surdos
    Sing
    it for the blind
    Cante
    pelos cegos
    Sing
    about everyone that you left behind
    Cante sobre todos que você deixou pra
    trás
    Sing
    it for the world
    Cante
    pelo mundo
    Sing
    it for the world
    Cante
    pelo mundo
    Cleaned
    up, corporation progress
    Corporações que foram limpas
    Dying
    in the process
    Morrendo no processo
    Children
    that can talk about it, living on the webways
    Crianças que falam sobre isso, vivem
    a corrida estranha
    People
    moving sideways
    Pessoas
    saindo do caminho
    Sell
    it till your last days
    Venda até seus últimos dias
    Buy yourself a
    motivation,
    Compre para si uma motivação,
    Generation
    nothing,
    Geração nada,
    Nothing
    but a dead scene
    Nada além de uma cena morta
    Product
    of a white dream
    Produto de sonho branco
    I
    am not the singer that you wanted
    Eu não sou o cantor que você queria
    But
    a dancer
    Mas sim um dançarino
    I
    refuse to answer
    Me recuso a responder
    Talk
    about the past, sir
    Falar
    sobre o passado, senhor
    Wrote
    it for the ones who want to get away.
    Escrevi isso para aqueles que querem
    ir embora.
    Keep
    running!
    Continue fugindo!
    Sing
    it for the boys
    Cante pelos garotos
    Sing
    it for the girls
    Cante pelas garotas
    Every
    time that you lose it sing it for the world
    Cada vez que perder a cabeça cante
    pelo o mundo
    Sing
    it from the heart
    Cante
    do coração
    Sing
    it till you’re nuts
    Cante
    até ficar louco
    Sing
    it out for the ones that’ll hate your guts
    Cante para aqueles que irão te odiar
    Sing
    it for the deaf
    Cante
    pelos surdos
    Sing
    it for the blind
    Cante
    pelos cegos
    Sing
    about everyone that you left behind
    Cante sobre todos que você deixou pra
    trás
    Sing
    it for the world
    Cante
    pelo mundo
    Sing
    it for the world
    Cante
    pelo mundo
    You’ve
    got to see what tomorrow brings
    Você tem que ver o que o amanhã irá
    trazer
    Sing
    it for the world
    Cante
    pelo mundo
    Sing
    it for the world
    Cante
    pelo mundo
    Girl
    you got to be what tomorrow needs
    Garota você tem que ser o que o
    amanhã precisa
    Sing
    it for the world
    Cante
    pelo mundo
    Sing
    it for the world

    Cante
    pelo mundo

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosOutros AutoresTextos

    Eeeeeeeeeeeeeeei, bonitos e bonitas! Finalmente chegou
    minha vez de postar, estava ansiosa e com saudades aqui do Rimas… Bom, chega
    de blá, blá, blá e vamos ao que interessa, certo? Ah, e espero que gostem.
    Beijinhos ♥


    p.s.: esse texto é muito pessoal!
    Por
    Deus, não sei se aguento mais uma dessas despedidas. Toda vez que ele
    entra naquela porcaria de trem, ele leva o meu coração junto. E ele não tem
    noção do quanto isso dói pra caramba, porque eu sempre fico com a incerteza se
    ele vai voltar e se não voltar, como eu faço pra recomeçar do zero, se já nem
    lembro quem eu era antes dele? E pra ser honesta, não quero lembrar, não
    importa mais quem eu era, e o que fazia, porque quando eu estou envolvida nos
    braços dele, eu me torno alguém melhor. Inacreditável  eu sei, mas
    ele tem esse poder de me aquietar, que ninguém mais consegue. Eu quero ele,
    quero qualquer coisa com ele e não importa se esse trem vai demorar muito pra
    voltar, porque vale a pena esperar.
    Quando
    ele volta, tudo fica bem de novo. 
    Autoria:
    Louise Berdine

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosPoesia

    How?

    agosto 09, 2013 • Honorato, Sandro

    Olá e ai como vão?
    Hoje vou postar um poema que fiz há muito tempo >.<
    Espero que gostem 🙂
    Abraços e um excelente final de semana a todos

    How?

    Como vou ser alegre…
    Se só contigo encontrei a felicidade?
    Como vou te esquecer…
    Se você é a minha melhor “saudade”?
    Como vou sair a rua…
    Se não tenho mais a sua companhia?
    Como vou viver uma realidade…
    Se você era minha perfeita fantasia?
    Como vou pensar no futuro…
    Se você vai sair do meu presente?
    Como vou pensar em mim…
    Se eu só penso “na gente”?
    Como vou buscar respostas…
    Se o motivo de você ir embora não tem
    explicação?
    Como vou me apaixonar…
    Se você levou meu coração?
    Como vou continuar vivendo…
    Se sem você não posso respirar?
    Como vou amar outra…
    Se eu nasci pra te amar?
    AUTOR:
    HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Olá e ai como vão?
    Hoje vou postar um Rap do Grupo Inquérito.
    Esta música é uma homenagem a todos os pais e fala sobre como as vezes nós filhos somos ingratos e tal.

    Abraços

    Grupo Inquérito – Meu Super Herói
    Hoje eu queria voltar a ser criança cê vê
    Mas quando era pequeno não via a hora de crescer
    Pra ter uma mina, um carro bonito
    A gente acha que o mundo vai ser sempre colorido
    …(Inocente…) acreditava até na Rapunzel
    Todo santo natal escrevia pro seu Noel
    Meu bom velhinho me manda um Atari se der
    Põe na lixeira que aqui em casa não tem chaminé
    Cresci e descobri que era tudo gogó
    Passava moto, viatura e nem sinal do trenó
    Derrepente meus heróis mudaram
    Que He – Man, que Hulk
    O salvador agora tinha Quadrada e UZI
    Catava mais mina na quebrada que o Tom Cruise
    Pagava só de F250 e Suzuki
    Até que um dia a vida provou pra mim
    Que aquele cara não era tão herói assim.
    Quando eu me lembro ainda dói
    Parece que eu escuto sua voz
    Você podia estar entre nós
    Meu super herói…
    Ia pro Centro ficava olhando os but
    No aniversário de 12 minha mãe me deu um kichute
    Queria uma chuteira de couro do bom
    Mais é o que ela pudia me dá vendendo Avon
    Firmão, eu via os jogo pela televisão
    Mais um que sonhava jogar na Seleção
    Minha diversão era os campinho sem grama
    As trave de bambú, as guerrinha de mamona
    E a Tv sempre mostrava ao contrário não entendo
    Criança feliz tinha que ter Super Nintendo
    Num tinha nada disso ó só a liberdade
    Os dois joelhos cheio de Merthiolate
    Na propaganda da Estrela, carrinho de Fricção
    Mas me contentava com a Bola de Capotão
    E a vida passa como um filme que não tem pra alugar
    Só tua memória pode rebobinar…
    Quando eu me lembro ainda dói
    Parece que eu escuto sua voz
    Você podia estar entre nós
    Meu super herói…
    Meu herói tava dentro de casa e eu nem via
    Também saia cedo só voltava à noitinha
    Nunca fugiu da luta não, sempre foi forte
    Seu Batmóvel era uma Barra Forte
    Carregava sempre a mesma arma, a Marmita
    O desemprego era o medo, a Kriptonita
    Mas o Super Herói operário
    Conseguia sobreviver só com um salário
    Num usava capa nem tinha super poderes
    Mas só que já me salvou várias vezes
    Realizou meu sonho, aquilo sim que era herói
    Fez várias hora extra pra me dá uma Calói
    Morreu me chamando de filho, era o meu velho
    Ganhou pouco mais viveu muito sendo honesto
    Num deixou herança só várias lembrança e um Corcel
    Não sabia voar mas tá no céu.
    Quando eu me lembro ainda dói
    Parece que eu escuto sua voz
    Você podia estar entre nós
    Meu super herói…

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2
    instagram