• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts arquivados em: Mês: abril 2016

    OutrosPoesia

    De pai pra filho

    abril 22, 2016 • Honorato, Sandro
    De pai pra filho
    É meu clichê favorito, mas hoje eu posso dizer que passou
    um filme na minha cabeça.
    Lembro-me de quando você nasceu no dia 22 de abril de
    2010.
    Foi concebido a duras penas. Fiquei com medo. Será que eu
    seria plagiado? Receberia mais criticas ou elogios pela ousadia?
    E a pior das dúvidas: Que nome te daria, moleque? Chamei
    meu amigo para sugerir algo. Ficamos horas no MSN (isso mesmo que tu leu)decidindo seu nome.
    Rimas do Preto.
    Juntamos o útil ao agradável. O que sei fazer de menos
    pior nesta vida com meu apelido de 2009 pra cá.
    Segundo o próprio blogger, já lhe usei até hoje para no mínimo
    6 sorteios, 7 entrevistas, 17 resenhas, 181 músicas e para 198 poesias. Cento e
    noventa e oito poemas. E aqui vai mais uma nesta carta né?
    Vamos falar dos poemas.
    Lembro-me de cada um deles. Para cada momento. Cada noite
    que viramos juntos tentando surpreender o mundo ao tentar nos entender. Lembro-me
    de cada garota que era minha musa, minha inspiração de 10 minutos e que sumiam
    com velocidade superior de quando entraram em minha vida.
    Eu te abandonei também, me desculpe. Quantas vezes lhe
    deixei de lado para viver a vida humana de estudar, trabalhar, juntar dinheiro
    e pagar contas e não ser feliz? Felicidade é algo que nos define. Sou feliz
    quando te vejo, meu amor. Mesmo que te veja todo dia agora é como se fosse a
    primeira vez. 
    Arrepio-me e tu sabe muito bem.
    Não fiz um bolo de aniversário como os pais tradicionais
    fazem. Nós nunca buscamos ser iguais e sim diferente dos outros. 
    Talvez este não seja o melhor texto que já fiz, mas foi o mais sincero
    Vou encerrando por aqui. As lágrimas já escorrem no rosto do
    teu velho pai. Só desejo que me emocione mais por muitos e muitos anos mais.
    Quero te ver ganhando o mundo, garoto!
    Quero te ver nas páginas de um livro. Vamos virar
    best-sellers ,eu te prometo, basta confiar em mim.
    De todo amor, de pai para filho.

    Te amo, Rimas Do Preto.
    Honorato,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosPoesia

    De pai pra filho

    abril 22, 2016 • Honorato, Sandro
    De pai pra filho
    É meu clichê favorito, mas hoje eu posso dizer que passou
    um filme na minha cabeça.
    Lembro-me de quando você nasceu no dia 22 de abril de
    2010.
    Foi concebido a duras penas. Fiquei com medo. Será que eu
    seria plagiado? Receberia mais criticas ou elogios pela ousadia?
    E a pior das dúvidas: Que nome te daria, moleque? Chamei
    meu amigo para sugerir algo. Ficamos horas no MSN (isso mesmo que tu leu)decidindo seu nome.
    Rimas do Preto.
    Juntamos o útil ao agradável. O que sei fazer de menos
    pior nesta vida com meu apelido de 2009 pra cá.
    Segundo o próprio blogger, já lhe usei até hoje para no mínimo
    6 sorteios, 7 entrevistas, 17 resenhas, 181 músicas e para 198 poesias. Cento e
    noventa e oito poemas. E aqui vai mais uma nesta carta né?
    Vamos falar dos poemas.
    Lembro-me de cada um deles. Para cada momento. Cada noite
    que viramos juntos tentando surpreender o mundo ao tentar nos entender. Lembro-me
    de cada garota que era minha musa, minha inspiração de 10 minutos e que sumiam
    com velocidade superior de quando entraram em minha vida.
    Eu te abandonei também, me desculpe. Quantas vezes lhe
    deixei de lado para viver a vida humana de estudar, trabalhar, juntar dinheiro
    e pagar contas e não ser feliz? Felicidade é algo que nos define. Sou feliz
    quando te vejo, meu amor. Mesmo que te veja todo dia agora é como se fosse a
    primeira vez. 
    Arrepio-me e tu sabe muito bem.
    Não fiz um bolo de aniversário como os pais tradicionais
    fazem. Nós nunca buscamos ser iguais e sim diferente dos outros. 
    Talvez este não seja o melhor texto que já fiz, mas foi o mais sincero
    Vou encerrando por aqui. As lágrimas já escorrem no rosto do
    teu velho pai. Só desejo que me emocione mais por muitos e muitos anos mais.
    Quero te ver ganhando o mundo, garoto!
    Quero te ver nas páginas de um livro. Vamos virar
    best-sellers ,eu te prometo, basta confiar em mim.
    De todo amor, de pai para filho.

    Te amo, Rimas Do Preto.
    Honorato,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Olá,
    Como vão?
    Que tal um pouco de música nacional esta semana? 
    Romântica então, para curtir a dois kkk
    Abraços e se cuidem.

    Jorge e Mateus – Eu Sosseguei

    Tô virado já tem uns três dias
    Tô bebendo o que eu jamais bebi
    Vou falar o que eu nunca falei
    É a primeira e a última vez

    Eu sosseguei
    Ontem foi a despedida
    Da balada, dessa vida de solteiro
    Eu sosseguei
    Mudei a rota em meus planos
    E o que eu tava procurando, eu achei em você

    Se quer cinema eu sou par perfeito
    Quer curtir balada já tem seu parceiro
    Vou ficar em casa amando o dia inteiro
    Dividir comigo o seu brigadeiro

    E nessa vida agora somos dois, três, quatro
    Quantos você quiser
    A partir de hoje eu sou homem de uma só mulher.

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosPoesia

    Minha Ladra

    abril 16, 2016 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje venho postar uma poesia que fiz há um tempo atrás.
    Espero que curtam.

    Abraços e boa semana a todos.

    Minha Ladra
    Mais uma noite mal
    dormida
    Por que meus
    pensamentos se voltam a ti?
    Lembra-se de mim
    ainda?
    Ou só eu vivo esta
    agonia sem fim?
    Quem será este
    alguém agora em sua cama?
    Pobre coitado este
    ser que você enganou
    É a ele que você
    hoje engana?
    É a ele quem agora
    lhe faz juras de amor?
    Conte-me, qual é a
    sensação deste poder?
    Qual a graça de
    ter esta vida bandida?
    Como é ver o sonho
    de mais um amante morrer?
    Você tem coragem
    de admirar esta sua rotina?
    Diga-me, quando
    devolverá meu coração?
    Quando vou ter de
    volta um resquício de felicidade nesta casa?
    Quando deixarei de
    fazer companhia a solidão?
    Quando você
    deixará de ser minha ladra?
    AUTOR:
    HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou deixar uma homenagem a minha amiga Valeria S.
    Hoje é seu aniversário e sempre que ouço esta música me lembro dela.
    Aproveite bem seu dia pois você merece.

    E aproveitem o som 🙂
    Tenham uma ótima semana.
    OBS: O audio do video está bem baixo,sugiro que aumentem o volume.

    The Wonders – That Thing You Do (Aquilo que Você Faz)
    You doing that thing you
    do!
    Você, fazendo aquilo que você faz!
    Breaking’ my heart into a
    million pieces
    Partindo meu coração em milhões de pedaços
    Like you always do
    Como sempre faz
    And you, don’t mean to be
    cruel
    E você, não precisa ser tão cruel
    You never even knew about
    the heartache
    Você nunca soube nada sobre o sofrimento
    I’ve been going through
    Pelo qual estive passando
    Well I try and try to
    forget you girl
    Bem, eu tento e tento te esquecer, garota
    But it’s just so hard to do
    Mas isto é muito difícil de fazer
    Every time you do that
    thing you do!
    Toda vez que você faz aquilo que você faz
    I know all the games you
    play
    Eu sei todos os seus joguinhos
    And I’m gonna find a way to
    let you know
    E eu vou achar um jeito para que saiba
    That you’ll be mine someday
    Que um dia será minha
    Cause we, could be happy
    can’t you see?
    Porque nós podemos ser felizes, você não enxerga?
    If you’d only let me be the
    one to hold you
    Se você apenas me deixar ser o único a te abraçar
    And keep you here with me
    E te manter aqui comigo
    ‘Cause I try and try to
    forget you girl
    Porque eu tento e tento te esquecer, garota
    But it’s just so hard to do
    Mas isto é muito difícil de fazer
    Every time you do that
    thing you do!
    Toda vez que você faz aquilo que você faz!
    I don’t ask a lot girl but
    I know one thing’s for sure
    Eu não peço muito garota, mas de uma coisa estou certo
    It’s the love that I
    haven’t got girl
    Este é o amor que eu nunca tive, garota
    And I just can’t take it
    anymore
    E eu simplesmente não suporto mais
    Cause we, could be happy
    can’t you see?
    Porque nós podemos ser felizes, você não enxerga?
    If you’d only let me be the
    one to hold you
    Se você apenas me deixar ser o único a te abraçar
    And keep you here with me
    E te manter aqui comigo
    Cause it hurts me so just
    to see you go
    Porque me dói muito ver você partir
    Around with someone new
    Acompanhada por outro alguém
    And if I know you, you’re doing that thing
    E se eu souber que você está fazendo aquilo
    Every day just doing that
    thing
    Todo dia apenas fazendo aquilo
    I can’t take you doing that thing you do
    Eu não posso ficar com você fazendo aquilo que você faz

    Veja também esses posts relacionados:

    instagram