Blogger Widgets

Amnésia de Amor

Amnésia de Amor

   Perguntei a muitas pessoas ao meu redor estes dias o que fazer. E, caralho, os conselhos, dicas, esporros e histórias que recebi são dignas de se colocarem no meu primeiro livro.

Falei que pedi conselhos, não que vou segui-los.
Porque em matéria de amor eu fui reprovado nos últimos 24 anos.
Droga! 
Eu escrevo tanto sobre isso e quando eu encontro a garota que fez enxergar-me em meus próprios versos eu não tenho a chance e nem a coragem de dizer isso na cara dela. (tentei te ligar estes dias, você viu?) 

   Eu sei que este é um sentimento diferente.

   Diferente porque não houve uma única vez que não acordei sorrindo depois de uma noite na qual eu sonhei com você.
   Diferente porque eu nunca escrevi tanto em minha vida. Qualquer palavra ou situação por mais singela que seja me faz lembrar-me de ti
   Eu sei que é diferente, pois nunca quis tanto a presença de alguém como eu desejo a sua. Desejaria te ver semana passada, desejei ontem, desejo hoje e amanhã e depois de amanhã... Quero um pouco de ti todo dia!
   Diferente porque nunca havia sentido isso antes. Ciúmes. Só de ouvir teu nome em bocas estranhas eu já sinto isto.
   Diferente porque nunca vi uma garota com coração tão dócil domar as feras em mim com tamanha facilidade.
   É diferente porque eu nunca senti que o mundo todo me abraçava quando eu recebia o teu abraço.

   É diferente, porque os médicos por ai me diagnosticariam com amnésia, visto que a falta de lembranças assim não seria normal.

Ainda assim prefiro acreditar que é algo diferente e, ao mesmo tempo, lindo crescendo aqui dentro de mim.
Eu prefiro me automedicar com o fogo desta paixão.

“Se isso não é amor, o que mais pode ser?”


28.12.2016



HONORATO, Sandro.


OBS.:  Apenas espero que você possa ler isso....





1 Pensamentos

Café amargo


Café amargo

  Hoje eu tentei escrever sobre você sem chorar e encharquei umas três folhas com minhas lágrimas e não sei fechar esta maldita torneira em meus olhos.
Descobri que gostar muito de alguém a ponto de estar realmente apaixonado ao menos uma vez na vida não significa que aquela pessoa vai sentir o mesmo. Ao contrário me aconteceu.
Quanto mais eu me apaixono por você menos você gosta de mim. Quanto mais eu me aproximo mais distante ficamos. Quanto mais eu tento curar as feridas no seu peito maior fica o buraco em minha alma.
  Mas eu sei onde errei.
  Ausentei-me quando você precisava de companhia de corpo presente e não este cara aqui via whatsapp ou te ligando enchendo o saco.
Você desejava um tempo para pôr a sua vida em ordem, mas eu cheguei de “voadora” destruindo tudo que estava em seus planos.
Você merecia um cara ousado que lhe conquistasse dia-após-dia e não eu, enrolado, tímido, palhaço e quantos adjetivos bestas forem necessários para me descrever.
Dei-lhe poesias num mundo nada romântico quando você precisava de um Amor igual aqueles que escrevo.

  Por isso, venho por meio deste texto pedir perdão por tudo que fiz a ti de ruim.
De bom, peço que guarde na sua memória e neste coração lindo que você tem porque também lhe prometo que não desistirei de você.
Não desistirei de provar os teus lábios, ou de fazer dos teus braços meu cobertor nas noites gélidas, ou do seu sorriso na cama me desejando um “bom dia” sem precisar falar uma palavra sequer.
  Não desistirei tão fácil de ter um espaço maior na prateleira do seu coração e na sua vida.
  Não vou cansar até adoçar o café que deixei passar do ponto e amargou.

23.12.2016


HONORATO, Sandro.


1 Pensamentos

A arte de desistir

Olá,
Como vão?
Hoje venho deixar com vocês um texto que fiz recentemente. Bem recente mesmo!
Dedico a uma garota especial que espero que não se ausente mais da minha vida.
Espero que um dia vocês também tenham alguém "que valha a pena desistir"
Abraços a todos.


A arte de desistir
Meu bem,
Não julgue o texto a seguir pelo título assim como as pessoas julgam o livro pela capa.

Não sei escrever como gostaria mas, vou jogar umas palavras nesta folha e ver no que vai dar.

Sabe quando tu acorda e não reclama por ser uma segunda-feira? Assim que eu acordo você me vem à mente. Você é minha inspiração para levantar da cama.
Ah, e aí começo a lembrar de você... o que falar do seu sorriso?
Eu posso ter uma risada engraçada, tosca, enjoativa e outros adjetivos, mas este seu sorriso...
Eles me convidam a pecar e beijar tua boca.
Falando nisso, você não tem noção quão doce são teus lábios. Sabe aqueles gostos que te lembram dos momentos bons da infância? É algo assim. Os provando eu volto ao passado procurando, em vão, algo parecido. É inútil. Você é única.
O mundo lá fora pode estar em dilúvio, mas olha, nada será maior que a enxurrada de beijos que eu vou lhe dar hoje.
Seu olhar penetrante é capaz de olhar o fundo de minha alma e ver que o meu sentimento é o mais puro possível. Até os Anjos sentiriam inveja de nossa inocência.
Amo passar a mão em tuas curvas e saber que você é real e não mais um sonho deste cara que se diz poeta.
Adoro tocar seus cabelos lisos enquanto você faz do meu peito uma almofada e do meu coração sua eterna moradia enquanto cochila.
Por isso, eu aprendi a ceder.
Não vale a pena resistir ao prazer.
Não nego mais que você está em cada verso dos meus poemas.
Não quero mais fingir que está tudo bem se na maioria do tempo você está longe, deixando-me com metade de mim.
Abdico das minhas coisas fúteis e caras por esta paixão sem preço.
Desisto das minhas paixões imaginárias pelo amor real.
Exercito aqui a minha habilidade de desistir para abandonar 7 bilhões de pessoas no mundo e me dedicar somente a ti.
Para me dedicar a você.
Para sempre, na vida ou na morte.

AUTOR: HONORATO, Sandro




2 Pensamentos