• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts arquivados em: Mês: Janeiro 2018

    HonoratoParcerias

    Olá,
    Como vão?

    Quem nos segue nas outras redes sociais ( twitter e fanpage) gostaram da novidade que compartilhei semana passada?
    Agora o Rimas Do Preto faz parte da lista de parceiros da Universo dos Livros.

    Claro, que ficamos super felizes e em breve teremos resenhas e sorteios por aqui! Fiquem de olho 🙂

    Vocês já conheciam a editora?
    Quais livros já leram?
    Para saber mais acompanhem as redes sociais da Universo:
    Site
    Fanpage
    Twitter
    Youtube
    Instagram

    Vou deixar aqui a sinopse de alguns novidades que estão por vir.

    História é tudo que me deixou

     

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoParcerias

    Olá,
    Como vão?

    Quem nos segue nas outras redes sociais ( twitter e fanpage) gostaram da novidade que compartilhei semana passada?
    Agora o Rimas Do Preto faz parte da lista de parceiros da Universo dos Livros.

    Claro, que ficamos super felizes e em breve teremos resenhas e sorteios por aqui! Fiquem de olho 🙂

    Vocês já conheciam a editora?
    Quais livros já leram?
    Para saber mais acompanhem as redes sociais da Universo:
    Site
    Fanpage
    Twitter
    Youtube
    Instagram

    Vou deixar aqui a sinopse de alguns novidades que estão por vir.

    História é tudo que me deixou

     

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Perdoe-me

    Janeiro 20, 2018 • Honorato, Sandro

    Perdoe-me

     

    Perdoe-me pela lentidão

    Mas ainda lhe devo desculpas, não acha?

    Por dois anos pacientemente esperei

    E juro que a minha chance não desperdiçarei

    Perdoe-me por acorda-la

    Você se importaria em “virar” esta noite?

    Eu não quero dormir para falar a verdade

    Estar contigo é assistir o sonho virando realidade

    Perdoe-me pela ousadia

    Mas permita-me saborear teus lábios?

    Deixe-me dar o nosso primeiro beijo

    Não sabes o quanto atenderia o meu desejo

    Perdoe-me pela intromissão

    Mas posso fazer poesias para ti?

    Todo poeta se apaixona um dia

    E você é a inspiração minha

    Perdoe-me pela demora

    Mas ainda há espaço para mim no seu coração?

    Pois no meu você já faz moradia

    De hoje até o restante da minha vida.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Minhas perdas

    Janeiro 13, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Este poema é sobre os sacrifícios que fazemos para quem nós amamos.
    Espero que gostem.
    Abraços e cuidem-se

    Minhas perdas

     

    Deixei de admirar a lua

    Para mirar suas estrelas

    Abri mão do meu sorriso

    Para que você fosse feliz

    Perdi várias noites em claro

    Para satisfazê-la pela manhã

    Desisti dos sonhos meus

    Para realizar seus desejos

    Mentia a mim mesmo

    Para que tivestes um pingo de sinceridade

    Desperdicei mil chances

    Para lhe dar todas as fichas do jogo

    Saia em sua companhia

    Para me sentir cada vez mais solitário

    Te transformei em mil poesias

    Para que pudesse lhe interpretar

    Escancarei as portas do meu coração

    Para você nele bagunçar

    Esqueci que podia me amar

    Para lhe dar este sentimento.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    O doce ontem

    Janeiro 07, 2018 • Honorato, Sandro

    O doce ontem

    Ontem eu conhecia cada palmo do seu corpo

    Hoje nem sei o caminho da minha casa

    Ontem eu sorria por qualquer bobeira

    Hoje a tristeza tomou conta da minha face

    Ontem eu beijava sua boca loucamente

    Hoje tudo tem um gosto amargo

    Ontem eu corria de mãos dadas contigo

    Hoje rastejo para levantar da cama

    Ontem eu acordava em teus braços

    Hoje eu vejo o pôr do sol em teus olhos

    Ontem um arco-íris saiu para embelezar a cidade

    Hoje esta chuva se mistura as minhas lágrimas

    Ontem eu abriria mão de tudo por você

    Hoje ignoro até suas mensagens e ligações

    Ontem nós éramos uma dupla, um casal inseparável

    Hoje somos divididos em dois estranhos mundos

    Ontem eu te amava como nunca amei ninguém

    Hoje eu nem amor próprio tenho

    Ontem eu escrevia milhares de poesias para ti

    Que bom que pelo menos isso você não tirou de mim.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Questionamentos

    Janeiro 01, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Que tal começar 2018 com uma poesia?
    Espero que este ano seja tão lindo e inspirador para todos nós 🙂
    Grande abraço.

    Questionamentos

    Quantas vezes vai caminhar só no escuro

    Para ver que podemos andar de mãos dadas?

    Quantas vezes suplicará por sentimentos

    Para perceber que os entrego de graça?

    Quantas ilusões irá viver

    Para se entregar a minha realidade?

    Quantas mentiras dirás a si mesma

    Para vivermos a nossa realidade?

    Quantas vidas vai continuar fingindo felicidade

    Para que eu lhe faça feliz?

    Quantas histórias de amor procurará em outros

    Para que veja quem este sempre aqui?

    Quantas máscaras vai usar

    Para esconder o seu desejo?

    Quantas bocas vai beijar

    Para admitir que ama o meu beijo?

    Quantas canções serão ouvidas

    Para escolher uma que nos represente?

    Quantas tentativas serão inválidas

    Para tirar do coração quem está na mente?

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

     

    Veja também esses posts relacionados:

    instagram
    Translate »