• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts escritos por: Honorato, Sandro

    HonoratoPoesia

    Única estrela

    maio 20, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Este texto é sobre o encontro de duas pessoas completamente diferente mas que fazem de tudo para se encaixar.
    Espero que gostem 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Única Estrela
    Eu sou uma calmaria
    E você sempre em erupção
    Eu me visto de qualquer jeito
    E você busca a perfeição

    Eu almejo a liberdade
    E você se prende a coisas passadas
    Eu sou seu futuro
    E você revive os fantasmas

    Eu sou grudento
    E você me prefere afastado
    Eu lhe faço poesias
    E você mal pega no dicionário

    Eu sou um cara certinho
    E você ama o errado
    Eu quero te levar ao altar
    E você fugindo de namorados

    Eu sou um rio de emoções
    E por você a frieza flui
    Eu te mimo todo dia
    E você nem com um beijo me retribui

    Eu sou uma estrela única
    E você deseja uma constelação
    Eu sou apaixonado por ti
    E você não quer meu coração.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Única estrela

    maio 20, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Este texto é sobre o encontro de duas pessoas completamente diferente mas que fazem de tudo para se encaixar.
    Espero que gostem 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Única Estrela
    Eu sou uma calmaria
    E você sempre em erupção
    Eu me visto de qualquer jeito
    E você busca a perfeição

    Eu almejo a liberdade
    E você se prende a coisas passadas
    Eu sou seu futuro
    E você revive os fantasmas

    Eu sou grudento
    E você me prefere afastado
    Eu lhe faço poesias
    E você mal pega no dicionário

    Eu sou um cara certinho
    E você ama o errado
    Eu quero te levar ao altar
    E você fugindo de namorados

    Eu sou um rio de emoções
    E por você a frieza flui
    Eu te mimo todo dia
    E você nem com um beijo me retribui

    Eu sou uma estrela única
    E você deseja uma constelação
    Eu sou apaixonado por ti
    E você não quer meu coração.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Geração Wi-FI

    maio 13, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como estão?
    O texto de hoje eu fiz para um trabalho da faculdade há alguns anos e na verdade seria uma crítica a nossa sociedade viciada em internet e aplicativos e que não vive “em um mundo real”
    Espero que curtam 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Geração Wi-fi

    Salve as memórias no Google Drive
    Curta nas fotos do Instagram
    Compartilhe seus momentos no Facebook
    Converse no Whatsapp
    Aprenda pelo Youtube
    Encontre alguém legal pelo Tinder
    Faça companhia pelo Skype
    Ache o caminho pelo Waze
    Elimine a negatividade pelo Avast
    Escreva seu diário pelo Blogger
    Faça seus monstrinhos com Pokemon Go
    Reclame da vida pelo Tinder
    Publique seu dia a dia no Snapchat
    Venda suas coisas inúteis na OLX
    Leia teus livros pelo Kindle
    Mostre seu currículo pelo Linkedin
    Faça check-in em muitos lugares
    Mude seu status de relacionamento
    Viva em um mundo virtual
    Não esquecendo que existe vida fora da internet.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    04.10.2016

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Olá,
    Como vão?
    A poesia de hoje é uma homenagem ao Dia Das Mães, que será comemorado no próximo domingo.
    Espero que gostem 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Laços de Sangue
    Não precisou estar em uma constelação
    Para brilhar como toda estrela
    Não precisou de vários versos
    Para terminar em poesia

    Não precisou estar perto
    Para se fazer presente
    Não precisou de palavras
    Para se facilmente compreender

    Não precisou do abraço
    Para me consolar na tristeza
    Nem precisou estar sorrindo
    Para saber que estava contente

    Não precisou ser do mesmo sangue
    Para sermos da mesma família
    Não precisou que eu chamasse de mãe
    Para que eu me considerasse seu filho.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Olá,
    Como vão?
    A poesia de hoje fala sobre aquelas pessoas que só nos procuram quando a vida amorosa delas está um caos, buscando nossa companhia para preencher algum vazio.
    Espero que curtam 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Cabide de sentimentos
    Você quer meu abraço
    Quando não posso estar por perto
    Você quer me cobrar atenção
    Quando sente que não demonstro mais afeto

    Você quer meus beijos
    Quando, de verdade, deseja uma outra boca
    Você diz que está bem
    Quando está se fazendo de louca

    Você me manda mensagem
    Quando ele apagou seu número
    Você quer ficar no meu coração
    Quando não faz mais parte do meu mundo

    Você quer minhas poesias
    Quando não é mais fonte de inspiração
    Você quer que eu eleve sua estima
    Quando se esforça para me manter no chão

    Você quer apenas um lance
    Quando contigo eu só pensava em casamento
    Você quer meu ombro amigo
    Quando ninguém quer ser seu cabide de sentimentos.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    14.11.2021

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Sentimentalidades

    abril 22, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje o post é especial pois faz 14 anos que iniciei aqui no blog 🙂
    Como presente, vou deixar o texto que inspirou o título do meu livro. Aliás, se você tive interesse em adquirir um exemplar me chama no direct do insta clicando aqui ou mande um email para rimasdopreto@gmail.com que lhe atenderei com todo prazer 🙂
    Desde já, agradeço pela leitura do texto e pela companhia nos últimos anos 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Sentimentalidades

    Sorriso
    Por que você não volta a minha face?
    Por que a mágoa te substituiu?
    Volte, antes que seja tarde

    Esperança
    Há tempos que não nos vemos
    Cadê os sonhos que me prometeu?
    Cadê aquele velho eu que morreu aqui dentro?

    Felicidade
    Aonde você se meteu?
    Me diga, aonde te encontro?
    Onde você neste mundo se perdeu?

    Amor
    Cadê você no meu coração agora que preciso?
    A tristeza está tomando conta de mim
    E sem você eu não vivo

    Vida
    Sinto lhe informar, mas cansei de você
    Eu não sou muito fã de despedidas
    Mas por favor, vá embora, pois cansei de sofrer.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 146
    instagram
    Translate »