• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts escritos por: Honorato, Sandro

    HonoratoPoesia

    Don`t Forget

    novembro 01, 2019 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    O post de hoje é um dos meus poemas mais antigos e datado de 2010.
    Espero que curtam 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana.

    DON`T FORGET
    Não esqueça quem sempre foi teu amigo
    Não esqueça quem já sofreu contigo
    Não esqueça quem deu a vida aos teus sonhos
    Não esqueça quem do teu coração já foi dono

    Não esqueça quem lhe deu abrigo
    Não esqueça quem lhe acordava com um sorriso
    Não esqueça quem realizou teus desejos
    Não esqueça quem foi teu primeiro beijo

    Não esqueça quem lhe mandava flores
    Não esqueça quem curava tuas dores
    Não esqueça quem sempre te idolatrou
    Não esqueça que mais te amou

    Não esqueça quem te deu paixão
    Não esqueça quem lhe dava atenção
    Não esqueça quem te abraçava apertado
    Não esqueça quem adorou ser teu namorado

    Não esqueça quem por ti dava a cara a bater
    Não esqueça quem se importava com você
    Não esqueça quem sempre te quer feliz
    E por favor: não esqueça de mim.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Don`t Forget

    novembro 01, 2019 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    O post de hoje é um dos meus poemas mais antigos e datado de 2010.
    Espero que curtam 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana.

    DON`T FORGET
    Não esqueça quem sempre foi teu amigo
    Não esqueça quem já sofreu contigo
    Não esqueça quem deu a vida aos teus sonhos
    Não esqueça quem do teu coração já foi dono

    Não esqueça quem lhe deu abrigo
    Não esqueça quem lhe acordava com um sorriso
    Não esqueça quem realizou teus desejos
    Não esqueça quem foi teu primeiro beijo

    Não esqueça quem lhe mandava flores
    Não esqueça quem curava tuas dores
    Não esqueça quem sempre te idolatrou
    Não esqueça que mais te amou

    Não esqueça quem te deu paixão
    Não esqueça quem lhe dava atenção
    Não esqueça quem te abraçava apertado
    Não esqueça quem adorou ser teu namorado

    Não esqueça quem por ti dava a cara a bater
    Não esqueça quem se importava com você
    Não esqueça quem sempre te quer feliz
    E por favor: não esqueça de mim.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoParceriasResenha

    Olá,
    Como estão?
    Hoje vou postar a resenha de um livro que eu não li, praticamente devorei kkkk
    Mais uma vez agradeço a cortesia oferecida pela Universo dos livros

    A MARCA DA VITÓRIA

    SINOPSE
    “Apenas siga em frente. Não pare. Nem pense em parar até chegar lá, e não pense muito onde fica esse ‘lá’. O que quer que aconteça, apenas não pare.”
    Phil Knight seguindo esse conselho precioso que deu a si mesmo se transformou de um jovem em dúvida sobre seu futuro – mas com uma ideia genial – em criador de uma das marcas mais conhecidas e bem-sucedidas do mundo: a Nike.
    Nesta edição do best-seller do The New York Times feita especialmente para jovens empreendedores, ele conta sua trajetória, detalhando sua vida antes da criação da empresa – os anos vitoriosos como atleta na faculdade, as dúvidas sobre qual caminho profissional seguir e a viagem ao redor do mundo que fez antes de colocar a ideia em prática – e o processo de criação em si, com detalhes sobre os percalços do caminho, a escolha do nome e a criação do icônico logotipo. Repleto de sabedoria, verdade e humor, esta é uma história inspiradora de determinação e quebra de paradigmas sobre um jovem que queria deixar sua marca no mundo, e conseguiu.

    MINHA RESENHA
    Narrado em primeira pessoal pelo Phil Knight podemos ver o quanto um rapaz que se intitulava como um garoto tímido, pálido e magricela era fascinado por corridas. Prova disso foi que seu trabalho final na faculdade de empreendedorismo foi relacionado a este esporte.
    Prova também foi que aos 24 anos teve um Ideia Maluca: “ E, se existir uma maneira de sentir o que os atletas sentem sem ter que ser um atleta?”
    Porque não trabalhar com calçados? Porque não trabalhar com o que você gosta?
    Este foi o pensamento chave. Afinal, ele foi diplomado na Universidade de Oregon e pós-graduado em administração em Stanford. Poderia conseguir o emprego que quisesse, mas ele quis seguir seu sonho, sabem?

    Assim, ele pediu ajuda financeira ao pai para fazer uma viajem pelo mundo. Realmente usou o dinheiro para viajar e conhecer alguns lugares, “turistar” digamos assim…. até que esta jornada chegou ao Japão. Lá apresentou seu projeto, conheceu a fábrica e firmou parceria com a Onitsuka Tiger (Asics, hoje em dia) e assim começar a importar calçados para os EUA. Assim também surgiu a Blue Ribbon Sports, futura Nike.

    O livro em si vai nos mostrando que no caminho o Phil foi tão guerreiro como outros tantos que conhecemos e que que podemos tirar lições isso não somente para o lado profissional mas para o lado pessoal também: ele contou com a ajuda dos próximos como o pai e a família, do antigo treinador, de antigos colegas de faculdade; ele aprendeu com os erros e não ficava se vangloriando quando acertava; buscar sempre novos caminhos pois quando uma porta se fecha temos a chance de abrir outra mais e no fim mostrou que todo mundo pode começar do zero e quem sabe um dia fazer que se ama e porque não ganhar dinheiro.

    O livro une duas coisas que gosto muito: empreendedorismo e esportes. É uma narração desde 1962 até a década de 1980. Mas no final com uma pitada de acontecimentos do começo dos anos 2000.
    Mas se você não tem esta “veia empreendedora” não desanime: Pode ler a vontade deste livro! Ele não apresenta termos técnicos, por exemplo.

    Mais do que uma autobiografia e empreender, o livro é meio que motivacional sabem?
    Ah, se você tem curiosidade, o livro mostra também como surgiram nomes para alguns tênis e da própria empresa atualmente.

    Se eu recomendo a leitura? Sim, pra ontem!

    DADOS BIBLIOGRÁFICOS
    Autoria: Phil Knight
    ISBN: 9788550304403
    Ano: 2019
    Páginas: 240
    Idioma: Português
    Editora: Universo dos Livros
    Onde Comprar:
    Site da Universo dos Livros
    Amazon

    Para conhecer um pouco mais clique abaixo
    Landing Page de Marca da Vitória – Editora Universo dos livros

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoTextos

    Não ultrapasse

    setembro 28, 2019 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    O texto hoje não é bem uma poesia em si. Mas um texto que fiz para alguém muito especial (ou que me era?!)
    Abraços e cuidem-se

    NÃO ULTRAPASSE

    Garota,
    Eu aprendi a te admirar desde o primeiro contato visual que tivemos
    Como não ficar paralisado com estes olhos castanhos?
    Você sabe o poder de sedução que possui?

    Garota,
    Eu aprendi a sorrir por motivos simples
    Sua mensagem de “bom dia”
    Ou o meu cantar desafinado para tirar sua carinha de brava

    Garota,
    Contigo aprendi a trocar o dia pela noite
    Viramos muitas noites batendo papo
    Logo eu, que dizem que não tenho assunto não é mesmo?

    Garota,
    O nosso tempo na Terra é muito curto para indecisões
    Deixe-me mostrar o caminho para dias melhores
    Prometo que não vai se arrepender

    Garota,
    Se não fosse pedir muito
    Eu queria uma chance ao seu lado
    Um dia, um mês, um ano, ou o resto da vida
    Estou disposto a arriscar por ti

    Garota,
    Eu aprendi a ama-la demais para machucá-la
    Há feridas que são incuráveis
    E perder nossa amizade seria a maior delas

    Garota,
    Eu aprendi que a vida tem limites ultrapassáveis
    E quero me intrometer em sua vida da maneira mais difícil
    Pois um dia, conquistarei este seu coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoMudando de Assunto

    Olá, como vão?
    Depois de um bom tempo eu decidi voltar com este quadro aqui no blog.
    E para quem me conhece em outras redes sociais, sabe o quanto eu sou apaixonado por séries e por esta em especial.
    Abraços

    PEAKY BLINDERS

    Baseada em uma família gangster, o seriado é ambientado em Birmingham, na Inglaterra, em 1919, logo após a Primeira Guerra Mundial. A família é notadamente conhecida por ter navalhas costuradas em seus chapéus além do incrível esquema ilegal de apostas em corridas de cavalos.

    A gangue é liderada por Thomas Shelby que ao lado de seus irmãos John e Arthur, além da tia Polly, se lançam num projeto de expansão para os negócios, visando aumentar a influência e o poder dos Peaky Blinders a nível nacional.

    Mas, vou listar alguns pontos que Thommy e o seriado me ensinaram para te convencer a assistir comigo também.

    .1 QUEIRA SEMPRE MAIS
    Não existe a palavra “estagnação” para o Thommy Shelby. Enquanto vai tentando tirar vantagem no submundo do crime britânico, ele está sempre pensando dois, três passos a frente dos seus adversários e até dos membros da família.
    Sim, ele erra, tropeça em algumas decisões, mas, usa os erros como aprendizado e nunca os cometem duas vezes.

    .2 SEMPRE VÁ ARMADO
    Thomas participa de várias reuniões, seja com seus parceiros, família ou até mesmo inimigos.
    Mas em todas, ela vai preparado: pesquisa sobre o assunto e sempre que se encontra contra as paredes, ele possui um plano.

    .3 DO QUE ADIANTA DINHEIRO E SUCESSO SEM A FAMÍLIA?
    Por mais que seja o líder e estrategista, Thommy sabe que a família é uma peça fundamental no seu quebra-cabeça rumo ao sucesso. Seus irmãos John e Arthur fazem a parte suja quando necessária e Tia Polly cuidando das finanças e sempre com conselhos e atitudes para espelhar os demais.
    Ninguém vai longe sozinho. E se você puder ter como amigos leais a sua família, melhor ainda!

    .4 SER LÍDER É DAR EXEMPLO
    Não pense que por ser o líder da gangue, ele fica apenas sentado dando ordens.
    Ele também participa efetivamente das ações, vai as ruas e dá a cara a tapa se for preciso.

    5. TENHA UMA BOA IMAGEM
    Os Peaky Blinders sempre estavam bem vestidos, independente da ocasião:
    Ternos de três peças (paletó, colete e calça), sapatos lustrados, gravata borboleta, relógios de corrente, chapéu e corte de cabelo undercut (raspado atrás e dos lados) eram características de membros da gangue.

    6. MAIS DO QUE BONS ATORES
    A série também como diferencial os cenários bem feitos e uma trilha sonora que faz você se sentir naquele tempo.
    Os diálogos também são muito bem estruturados. Você sente a tensão nas conversas mais interessantes.
    Ah, como curiosidade: A BBC chegou a gastar cerca de R$ 1,5 milhão para produção de cada episódio.

    7. SIM, ELES EXISTIRAM…
    É verdade, a gangue existiu. Mas foi por volta de 1890 (como dito antes, a série se ambienta em 1919) e sabe as navalhas nos chapéus? Bom, ainda não havia sido criada a navalha então…

    ONDE ASSISTIR
    A série está disponível na NETFLIX com 4 temporadas – cada uma contando com 6 episódios de cerca de 60 minutos.
    A 5ª temporada está sendo exibida lá fora pela BBC Two aos domingos e chega á NETFLIX em 05 de outubro.

    Alguém aqui já assistiu?
    Tem curiosidade?
    Nos conte 🙂

    Foto retirada do meu arquivo pessoal. Gostaram do copo?

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Até o final

    agosto 01, 2019 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Este poema foi escrito em 2014. Particularmente é um dos mais simples e mais rápidos que fiz mas que me marcou bastante.
    Espero que curtam 🙂
    Abração

    Até o final
    Até quando a lágrima insistir em aparecer
    Lembre-se daquilo que nos traz alegrias
    Até quando as lembranças forem amargas
    Lembre-se do que adoça nossas vidas

    Até quando brigas tivermos
    Lembre-se daquilo que nos acalma
    Até quando pensarem em nos separar
    Lembre-se que somos unidos como corpo e alma

    Até quando a chuva insistir em cair
    Lembre-se que o sol voltará a aparecer
    Até quando tudo parecer acabado
    Lembre-se que juntos podemos muito fazer

    Até quando o vento frio arrepiar a sua pele
    Lembre-se do calor dos nossos abraços
    Até quando tudo indicar que não estamos bem
    Lembre-se que nada desfaz este nosso laço

    Até quando o mundo te deixar para baixo
    Lembre-se que sempre irei te reerguer
    Até o final das nossas vidas
    Apenas lembre-se que eu amo você.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 123
    instagram
    Translate »