• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts escritos por: Honorato, Sandro

    HonoratoParceriasResenha

    Olá,
    Como vão?
    Hoje volto a postar uma resenha para vocês!
    Agradeço mais uma vez a nossa parceira Universo dos Livros pela cortesia 🙂
    Espero que gostem 🙂

    O ARTÍFICE

    SINOPSE
    Em dias de tempestade, um assassino que mata através de armadilhas extremamente elaboradas vem enganando a polícia londrina numa série de crimes inusitados. Haryel Kitten é um detetive inteligente, prático e muito dedicado ao seu trabalho, que agora tem o desafio de desvendar o que há por trás desse mistério.
    Mas será que há forças sobrenaturais agindo? Detalhes dos crimes permanecem obscuros, o serial killer, apelidado pela mídia de Artífice, faz com que Haryel trilhe um caminho sem volta. Quanto mais ele se aprofunda na investigação, menos compreende o que está acontecendo.
    O detetive fará tudo que estiver ao seu alcance para montar esse quebra-cabeça, mesmo que sua própria vida corra perigo…

    MINHA RESENHA
    A história se desenrola em Londres. Um serial killer frio e calculista que sempre comete seus crimes a noite e em dias de chuva é o vilão perseguido pelos detetives Haryel, seu parceiro Paul e pela policia Londrina.
    Este assassino é um daqueles bem metódicos mesmo, ele não planta uma armadilha mas várias já antevendo os passos que a vitima tomaria tentando escapar da morte. Ele quer ter certeza, ver com os próprios olhos sua vitima agonizando.
    Uma das peças chaves da investigação é um colar bem antigo com um desenho taoísta (Taoísmo é filosofia de vida e uma religião chinesa milenar, na qual o ser humano deve viver em harmonia com a natureza, pois faz parte dela – Google me ajudou nesta)
    Para você entender como e porque o assassino age você vai precisar entender suas razões – ai o taoísmo entra.
    Por causa deste detalhe, um monge – o Mestre Ch`na – entra em cena e é peça importante no desenrolar da história (mesmo ele fazendo pouco caso em ajudar)

    Certos pontos na leitura é meio cansativo, confesso, você lê sobre as mortes acontecendo e a investigação parece estagnada. Mas isso de investigação, mistérios, uma cultura que eu não tinha tanto conhecimento vão se juntando e dando forma.
    E o final em si…. cara, é bem surpreendente. Porém, o assassino para quem for ligando os pontos é descoberto pelo leitor com uma antecedência ( quem leu muito Sherlock Holmes e Agatha como eu adora estes jogos de adivinhar quem matou né?!)

    No geral, indico a obra sim, é uma leitura interessante com 240 páginas, além de ser de um autor nacional (vamos valorizar o que é daqui também!)

    OBS.: Ficou bem resumido esta resenha porque tentei ao máximo não dar spoilers.

    DADOS BIBLIOGRÁFICOS

    Autoria: Tony Ferraz
    ISBN-13: 9788579307133
    ISBN-10: 8579307139
    Ano: 2014
    Páginas: 240
    Idioma: Português
    Editora: Universo dos Livros
    Onde Comprar:
    Submarino
    Amazon

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Súplicas

    outubro 20, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Este poema foi criado em 2015 e postado naquele mesmo ano.
    Mas que tal relembra-lo?
    Abraços

    SÚPLICAS

    Silencie-me com tua boca
    Ou acorde-me ao se revirar a cama
    Faça-me sorrir quando o mundo me derrubar
    Ou dê-me forças para as próximas batalhas

    Pergunte-me os planos que fiz para nós
    Ou responda a estes meus anseios
    Queime-me com este fogo
    Ou me acalme no seu seio

    Leve-me contigo nos sonhos
    Ou perca-se comigo nesta jornada
    Diga-me o que sente
    Ou com prazer direi tais palavras

    Encontre o pedaço de mim que tanto procuro
    Ou entregue-me a esta paixão
    Liberte-me dos medos
    Ou prenda-me ao seu doce coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Na minha cabeça

    outubro 13, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá 🙂
    Como vão?
    Este poema fala sobre aquele relacionamento perfeito…ou seja, que ocorre na nossa cabeça ( se você vive um assim na vida real meus parabéns >.<)
    Abraços

    NA MINHA CABEÇA

    Andamos de mãos dadas
    Vivemos o seu conto de fadas
    Trocamos olhares pervertidos
    Risadas são sem sentido

    Dedico a ti poesias
    Faço planos para o resto da vida
    Brigamos por motivos banais
    Nos reconciliamos rápido demais

    Somos mais que uma simples dupla
    Fazemos amor observados pela lua
    Dançamos feitos duas crianças
    Nunca perdemos um no outro a esperança

    Esquecemos dos problemas lá fora
    Vivemos intensamente o agora
    Juramos este sentimento puro
    Sabendo que sempre estaremos juntos.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Não me faça desistir

    Não sou muito de prometer, mas se estou lhe fazendo promessas é porque você é muito importante para mim.
    Vou lutar contra aqueles que não aprovarem que fiquemos juntos, porque por ti vale a pena sangrar contra tudo e contra todos. Mesmo que no fim reste somente eu e você.
    Vou lhe descrever em várias frases que juntas serão as poesias mais sinceras que já fiz. Talvez, tenhamos um livro resultante só deste romantismo que tenho por ti.
    Vou acalmar esta fera que você já viu nos meus piores dias e ser só aquele carinha de bem com tudo e todos.
    Vou contar todas as piadas que sei e inventar várias mais para que eu consiga arrancar este sorrisão lindo do teu rosto acompanhado da sua frase “Como você é bobo, cara!”
    Vou abrir meu whatsapp e ver nossas mensagens e lembrar de cada momento. Cada sorriso bobo e inocente que dei por dentro quando as estava ou digitando ou recebendo.
    Vou olhar para você e encabulada tu vai me perguntar “o que foi?”
    E eu não tenho palavras. Vou apenas sorrir. É isso que as pessoas fazem ao contemplar obras de arte. Ficam sem reação.
    Vou continuar te vendo sair por aquela porta e logo depois mandarei mensagem com um simples “já tô com saudades” sendo que esta é a mais pura verdade!
    Porque você não fica mais um pouquinho? Tipo, para o resto da minha vida, de preferência.
    Vou ter paciência e a ousadia necessária para fazer-te apaixonar por este pobre ser que lhe escreve.
    Não vou implorar pelo seu amor. Vou tentar conquista-la dia após dia, com as palavras mais doces possíveis e com as atitudes mais nobres de um homem apaixonado pela sua dama.

    Por isso e muito mais, peço que não me faça desistir de alguém que já não sei viver sem.
    Depois que te conheci, as outras são só as outras.
    Depois que meu coração te escolheu não penso em outra pessoa para transformar os sonhos que sonhei, as poesias que já escrevi ou alguém para simplesmente chamar de “meu amor”.

    Este é para você, E. C

    30.09.2018

    Autor: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoParceriasResenha

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou postar mais uma resenha – livro de cortesia em parceria com a Universo dos livros.
    Abraços

    SE NÃO HOUVER AMANHÃ

    SINOPSE
    Lena Wise está sempre ansiosa pelo dia seguinte, especialmente porque está começando o último ano da escola. Ela está decidida a passar o máximo de tempo possível com os amigos, completar as inscrições da faculdade e talvez informar seu melhor amigo de infância, Sebastian, sobre o que realmente sente por ele. Para Lena, o próximo ano vai ser épico — um ano de oportunidades e conveniências.

    Até que uma escolha, um instante… destrói tudo.

    Agora Lena não está ansiosa pelo dia seguinte. Não quando o tempo que dedica aos amigos pode nunca mais ser o mesmo. Não quando as inscrições para a faculdade podem ser qualquer coisa, menos viáveis. Não quando há o risco de Sebastian jamais perdoá-la pelo que aconteceu.

    Pelo que ela permitiu que acontecesse.

    À medida que sua culpa aumenta, Lena está ciente de que sua única esperança é superar o ocorrido. Mas como é possível seguir em frente quando a existência inteira, tanto dela quanto a de seus amigos, foi transformada?
    Como seguir em frente quando o amanhã sequer é garantido?

    MINHA RESENHA
    Lena está de férias, prestes a entrar no seu último ano antes da faculdade.
    E como todo jovem nesta época, existe o lado bom e ruim: o bom é que ela está cercada por seus amigos, seu “crush” – caso de amor não correspondido e quer curtir cada momento. Do outro lado, está uma relação conturbada com seu pai, e a indecisão sobre qual universidade irá ingressar.

    Mas sabe isso que dizem que devemos viver como se não houvesse um outro dia em nossas vidas? Lena aprendeu na pele isso.
    Uma decisão ruim fez com que muitas coisas fossem alteradas em sua vida.
    E o pior, foi que ela pensou que se afastando de tudo e todos que a amavam, ela iria juntar os pedaços.
    Nós não conseguimos uma máquina do tempo para apagar nossos erros, mas podemos e devemos lidar com eles, nos servindo de lição.
    E foi assim que foi se desenrolando a história, uma narração de Lena e sua tentativa de voltar a ser quem era antes da noite trágica.

    Gostei do livro no sentido de mostrar ao leitor que todos nós tomamos decisões ruins mas que devemos seguir em frente.
    Não gostei no sentido de que achei muita enrolação, sabe? A gente quer ajudar Lena a se reerguer e, – infelizmente – não podemos fazer nada KKKKKKK.

    Mas de todo modo, recomendo a leitura.

    DADOS BIBLIOGRÁFICOS
    Autoria: Jennifer Lynn Armentrout
    ISBN-13: 9788550302973
    ISBN-10: 855030297X
    Ano: 2018
    Páginas: 384
    Idioma: Português
    Editora: Universo dos Livros
    Onde Comprar: 

    SARAIVA

    SUBMARINO

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Na Sua Falta

    setembro 22, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá 🙂
    Como vão?
    Este poema vai para todos aqueles que hoje estão sentindo-se sozinhos.
    Abraços 🙂

    NA SUA FALTA

    Procurando uma cópia sua
    Descobri que você é insubstituível
    Tentando seguir em frente
    Descobri que sem ti estarei sozinho

    Remexendo em nossas fotografias
    Descobri que me faltava aquele sorriso
    Olhando a agenda telefônica
    Descobri que só a ti chamava de amigo

    Lendo muitos romances
    Descobri que queria isso para a vida
    Planejando o final de semana
    Descobri a ausência de sua companhia

    Olhando para o céu toda noite
    Descobri que estrelas só brilham com você
    Fingindo estar vivendo
    Descobri que brincava de sobreviver

    Viajando para muitos lugares
    Descobri que você é o meu lar
    Entregando-me a novas relações
    Descobri que dificilmente irei me apaixonar

    Escrevendo uma poesia
    Descobri que nela não existe emoção
    Colocando a mão no peito
    Descobri que levastes meu coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 4 5 120
    instagram
    Translate »