• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts arquivados em: Mês: agosto 2014

    OutrosPoesia

    Boa tarde,
    Hoje vou postar um poema bem simples,bem curtinho mas bom,espero que curtam.
    Abraços e bom final de semana a todos.

    Nossa falta de
    talento
    Lembra-se da
    primeira vez que nos encontramos?
    Você era uma
    caloura e eu, o veterano
    Trocamos olhares, sorrisos,
    números de telefone, mensagens
    Quem diria que no
    deserto do meu coração você não seria apenas uma miragem?
    Lembra-se do nosso
    primeiro beijo?
    Foi na pracinha do
    seu bairro, se eu bem me lembro
    Você estava suando
    frio, não sabia mais o que falar
    Achei que com esta
    atitude inesperada poderia lhe calar
    Lembra-se do seu
    baile de formatura?
    E quando eu não
    tinha mais esperanças, finalmente tocaram nossa música
    Eu não era um bom
    dançarino, você também
    Mas no fim nossa
    falta de talento se encaixou com perfeição
    Lembra que tínhamos
    um plano?
    Prometemos nos
    casar, e longos e intermináveis anos esperando
    E como em um
    grande sonho e contra todos e tudo
    Estamos aqui no
    altar, o casal mais feliz do mundo.

    AUTOR:
    HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosPoesia

    Boa tarde,
    Hoje vou postar um poema bem simples,bem curtinho mas bom,espero que curtam.
    Abraços e bom final de semana a todos.

    Nossa falta de
    talento
    Lembra-se da
    primeira vez que nos encontramos?
    Você era uma
    caloura e eu, o veterano
    Trocamos olhares, sorrisos,
    números de telefone, mensagens
    Quem diria que no
    deserto do meu coração você não seria apenas uma miragem?
    Lembra-se do nosso
    primeiro beijo?
    Foi na pracinha do
    seu bairro, se eu bem me lembro
    Você estava suando
    frio, não sabia mais o que falar
    Achei que com esta
    atitude inesperada poderia lhe calar
    Lembra-se do seu
    baile de formatura?
    E quando eu não
    tinha mais esperanças, finalmente tocaram nossa música
    Eu não era um bom
    dançarino, você também
    Mas no fim nossa
    falta de talento se encaixou com perfeição
    Lembra que tínhamos
    um plano?
    Prometemos nos
    casar, e longos e intermináveis anos esperando
    E como em um
    grande sonho e contra todos e tudo
    Estamos aqui no
    altar, o casal mais feliz do mundo.

    AUTOR:
    HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Bom dia,
    Como vão?
    Hoje vou postar um som dos caras que sou fã de carteirinha.
    Pra quem não conhece o som dos capixabas do Dead Fish esta é uma boa oportunidade.
    AMO a letra deste som.

    Abraços

    Dead Fish – Iceberg
    Ter olhos e não ver
    Coração e não sentir
    O que sozinho você, me faz
    Ter vida e não ser
    Ter mundo e não existir
    Olha a tristeza que você me traz
    Por onde começar?
    É hora de a alma vagar
    Por onde devo começar?
    Vejo tudo congelar
    Você e eu embaixo dessa chuva
    Você e eu sozinhos, aqui
    Ter pernas e não andar
    Ter boca e não beijar
    Quanta falta você me faz?
    Ter ouvidos e não escutar
    Cada palavra que tinha pra falar
    Você insistiu em vagar e odiar
    Por onde começar?
    É hora de a alma vagar
    Por onde devo começar?
    Vejo tudo congelar
    Você e eu embaixo dessa chuva
    Você e eu sozinhos, aqui
    Sinto que sozinho você não vai mudar
    Sozinho por aqui eu vou ficar
    E nesse oceano você e eu iremos vagar
    E nada neste mundo nos fará mudar
    É a hora de a alma, congelar
    É a hora de a alma, congelar
    Oooh
    Congelar (4x)

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Boa tarde,
    Hoje vou postar um som em homenagem ao meu grande amigo Danilo Marçal, que fez aniversário esta semana (Espero ter o prazer de encontrar pessoalmente ainda este ano,mano,vai ser fod* kkkk)
    Ele também curte o som dos caras do 5 Seconds Of Summer .
    Me identifico muito com esta letra.

    Abraços e tenham todos um excelente final de semana

    5 Seconds of Summer – Amnesia (Amnésia)

    I drove by all the places
    Eu dirigi por todos os lugares
    We used to hang out getting wasted
    Que nós costumávamos ir e ficar à toa
    I thought about our last kiss
    Eu pensei sobre o nosso último beijo
    How it felt, the way you tasted
    A sensação causada, o seu sabor

    And even know your friends tell me
    E mesmo que os seus amigos me digam
    You’re doing fine
    Que você está bem
    Are you somewhere feeling lonely
    Você está em algum lugar se sentindo sozinha
    Even know he’s right beside you?
    Mesmo que ele esteja bem ao seu lado

    When he says those words that hurt you
    Quando ele diz aquelas palavras que te machucam
    Do you read the ones I wrote you?
    Você lê as que eu escrevi para você?

    Sometimes I start to wonder
    Às vezes eu começo a me perguntar
    Was it just a lie?
    Era apenas uma mentira?
    If what we had was real
    Se o que tínhamos foi real
    How could you be fine?
    Como você pode estar bem?

    Cuz’ I’m not fine at all
    Porque eu não estou nem um pouco bem
    I remember the day you told me you were leaving
    Lembro-me do dia em que você me disse que estava partindo
    I remember the makeup running down your face
    Lembro-me da maquiagem escorrendo pelo seu rosto
    And the dreams you left behind you didn’t need them
    E os sonhos que você deixou para trás, você não precisa deles
    Like every single wish we ever made
    Como não precisa de cada desejo que nós tinhamos

    I wish that I could wake up with amnesia
    Eu queria poder acordar com amnésia
    And forget about the stupid little things
    E esquecer as pequenas coisas estúpidas
    Like the way it felt to fall asleep next to you
    Como a sensação de adormecer ao seu lado
    And the memories I never can escape
    E as memórias que eu nunca consigo escapar
    Cuz’ I’m not fine at all
    Porque eu não estou nem um pouco bem

    The pictures that you sent me
    As fotos que você me enviou
    They’re still living in my phone
    Elas ainda vivem em meu celular
    I’ll admit I like to see them
    Admito que gosto de vê-las
    I’ll admit I feel alone
    Eu admito que me sinto sozinho

    And all my friends keep asking why I’m not around
    Todos os meus amigos continuam perguntando o por que eu não estou por perto
    It hurts to know you’re happy
    Dói saber que você está feliz
    And it hurts that you moved on
    E dói que você tenha seguido em frente

    It’s hard to hear your name
    É difícil ouvir o seu nome
    When I haven’t seen you in so long
    Quando faz tanto tempo que eu não te vejo
    It’s like we never happened, was it just a lie?
    É como se nunca tivesse acontecido, era só uma mentira?
    If what we had was real how could you be fine?
    Se o que tínhamos foi real, como você pode estar bem?

    Cuz’ I’m not fine at all
    Porque eu não estou nem um pouco bem
    I remember the day you told me you were leaving
    Lembro-me do dia em que você me disse que estava partindo
    I remember the makeup running down your face
    Lembro-me da maquiagem escorrendo pelo seu rosto
    And the dreams you left behind you didn’t need them
    E os sonhos que você deixou para trás, você não precisa deles
    Like every single wish we ever made
    Como não precisa de cada desejo que nós tinhamos

    I wish that I could wake up with amnesia
    Eu queria poder acordar com amnésia
    And forget about the stupid little things
    E esquecer as pequenas coisas estúpidas
    Like the way it felt to fall asleep next to you
    Como a sensação de adormecer ao seu lado
    And the memories I never can escape
    E as memórias que eu nunca consigo deixar de lado

    If today I woke up with you right beside me
    Se hoje eu acordasse com você ao meu lado
    Like all of this was just some twisted dream
    Como se tudo isso fosse apenas um sonho ruim
    I’d hold you closer than I ever did before
    Eu a seguraria mais perto do que alguma vez já segurei
    And you’d never slip away
    E você nunca escaparia
    And you’d never hear me say
    E você nunca me ouviria dizer

    I remember the day you told me you were leaving
    Lembro-me do dia em que você me disse que estava partindo
    I remember the makeup running down your face
    Lembro-me da maquiagem escorrendo pelo seu rosto
    And the dreams you left behind you didn’t need them
    E os sonhos que você deixou para trás, você não precisa deles
    Like every single wish we ever made
    Como não precisa de cada desejo que nós tinhamos

    I wish that I could wake up with amnesia
    Eu queria poder acordar com amnésia
    And forget about the stupid little things
    E esquecer as pequenas coisas estúpidas
    Like the way it felt to fall asleep next to you
    Como a sensação de adormecer ao seu lado
    And the memories I never can escape
    E as memórias que eu nunca consigo escapar
    Cuz’ I’m not fine at all
    Porque eu não estou nem um pouco bem

    No, I’m really not fine at all
    Não, eu não estou nem um pouco bem
    Tell me this is just a dream
    Me diga que isso é só um sonho
    Cuz” I’m really not fine at all
    Porque eu não estou nem um pouco bem.

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosOutros AutoresTextos

    { Leia ao som de – People Help The People }

    Sentada a beira mar, ela conversava com seu amigo imaginário sobre os tempos “modernos”.

    Sabe, têm umas coisas que não entram na
    minha cabeça, tá eu sei, antes que você me julgue, eu não sou uma pessoa fácil
    de lidar, mas também não sou obrigada a aceitar tudo que o mundo dita ser o
    “legal ou o que está na moda” pra mim, eu que faço meu próprio estilo, e deixa
    o mundo me julgar. De qualquer forma seremos julgados pelas escolhas que
    fazemos. 

    Um dia minha mãe me disse: “filha, seja feliz, jamais permita que
    tirem aquilo que você tem de melhor, seja seu caráter seja suas escolhas, não
    importa, apenas não desista do seu objetivo principal. Ser feliz com as suas
    escolhas 
    ”.

    Eu não sou o tipo de pessoa que
    necessita de curtidas em fotos nas redes sociais simplesmente para me sentir
    especial, querida, ou aceita em um determinado “grupo”. Posso me admirar
    todos os dias, quando acordo e digo pra mim mesma o quanto sou especial e o
    quanto eu me amo, e isso basta para haver sentido na vida.  
    Sou do tipo que se conquista com
    palavras, mas palavras ditas olhando nos olhos, sabe. Nada melhor do que ler a sinceridade
    da pessoa através do seu olhar.

    Dou outro lado da tela (computador) fica fácil ser enganada, além de não ter o
    mesmo encanto das palavras dita pessoalmente. Sou das antigas mesmo.

    Pode ate estranho falar assim mas parece que o tempo levou consigo muitas
    coisas, dentre elas o amor entre as pessoas. Agora é tudo tão pratico, rápido e
    fugaz, basta uma teclada e pronto, tudo resolvido. Eu curto olho no olho!

    Sou do tipo que ama ouvir segredos ao pé do ouvido, adoro tomar um
    sorvete com amigos em um final de semana qualquer. Curto amigos pertinho de
    mim!
    Sou uma pessoa em extinção em um mundo de “quem comanda é
    que tem o maior numero de amigos no facebook ou está entre os tops do
    twitter”
    . Eu curto ser diferente! ; ^)
    Talvez eu esteja pagando o maior mico
    do ano, falando com um amigo imaginário e supostamente verbalizando coisas
    aparentemente são bobas e sem sentido algum para as pessoas “práticas” do “novo
    tempo”.
    Mas quer saber  a real, tem horas que penso que vou acabar sozinha em meio
    aos meus pensamentos.

    Afinal de contas as pessoas não têm mais tempo para cuidar de seus lares ou
    admirar seus parceiros, simplesmente porque estão rotuladas e obcecadas a uma
    moda, talvez passageira – bem que eu queria que fosse – que provavelmente não
    as levaram a lugar algum que não seja “era uma vez uma família” “era uma vez
    minha vida social”, “era uma vez fotos revelas” “era uma vez orar com meus
    filhos” “era uma vez Eu Te Amo” “era uma vez pipoca e pracinha” ”era uma
    vez…” A conclusão a que chego é que as pessoas estão cada vez mais fechadas
    em seus casulos, solitárias em meio às teclas de um aparelho tecnológico,
    navegando, ou seria afundando no mundo virtual? (…)

    Estamos vivendo em um cenário desconhecido se envolvendo com pessoas até
    estranhas, e tudo isso pra quê? Pra competir quem tem o maior numero de
    seguidores e views? Fala sério, vejamos nossos conceitos de família, amigos e
    amor. Você até pode continuar com seu espaço virtual só não pode esquecer que
    atrás de você existe uma família e amigos que precisam do seu carinho, do seu
    olhar, e você deles. Eu curto estar perto de quem eu amo! Curto muuuuito.
    Sabe amigo, eu percebi que a felicidade
    está onde as pessoas que eu amo estão, e que ela também se faz de momentos, mas
    momentos precisam ser especiais e marcante composto de amor e amizade, de calor
    humano, entende. Eu curto momentos especiais ao lado de pessoas
    especiais! 
    É meu amigo, as coisas não estão nada
    fáceis por aqui, as pessoas andam tão estranhas, e eu estou me sentindo cada
    vez mais em uma bolha daquelas bem pequenas que passa despercebida.
    Pensar que eu só queria alguém mais
    perto pra conversar, abraçar e ouvir dizer olhando em meus olhos tudo que eu
    preciso saber. Sinto saudade daquele tempo …  

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosTextos

    Fuck Memories

    agosto 19, 2014 • Honorato, Sandro

    Olá e ai como vão?
    Quanto tempo que não posto aqui 🙁
    Mas hoje tem posto sim,senhor!
    Espero que curtam o meu novo texto.
    Abraços e uma boa semana a todos.

    Fuck Memories
       Hoje já deve fazer uns 6 meses que você se foi. Ou por ai. Não sei, acho que a tristeza foi tanta que até perdi a noção do tempo.
    Nós formávamos uma dupla,  você não acha?
    Ah, lembro dos nossos primeiros dias. Você, eu e mais umas 40 pessoas numa sala de aula com algumas pessoas insuportáveis, outras que considerávamos nossas amigas. 
    Mas, hoje em dia quem são as nossas verdadeiras amizades? Alguém pode me responder?
       Você trocou a nossa amizade, mano.
       Aquela semente que plantávamos dia a dia, mês a mês desde que nos conhecemos e que regávamos sempre que saíamos com a galera, que riamos, fingiamos ser felizes foi trocada por isto que somos hoje. Aliás, o que somos hoje? Ex-amigos? Existe este termo? Senão, adicionei-a ao meu dicionário esdrúxulo.
        E é mentira o dizem,sabe? Que a gente já nasce com um destino. Todo dia nós temos escolhas. Temos mais que uma opção para tudo. E você escolheu este caminho.
        Mas foda não é isso,sabe? Foda é querer explicar o inexplicável. Foda é tentar voltar no tempo e muitas vezes querer mudar, mas a vida não é um caderno de rascunhos onde apagamos com um borracha qualquer. Foda mesmo é saber que perdemos tudo porque uma linda mulher entrou em nossas vidas. Sei que hoje você é muito feliz no fundo,mas BEM NO FUNDO MESMO, fico até feliz por vocês.
    Mas,saber que barreiras de um castelo de areia foram destruídas tão facilmente ainda me decepciona.
    Droga! Se eu soubesse que já havia feito castelos de areia mais resistentes na infância…
       Contei a você sobre cada garota que pelo menos uma vez na vida eu desejei que eu pudesse ter um caso de verdade. cada pensamento sórdido, romântico e até certo modo fútil que eu tinha com esta garota dos seus sonhos. Bom, Ela agora é sua realidade, faça bom proveito!
    Sim, desejo que aproveite a vida. Tenha filhos. Amigos. Conquiste tudo o que sempre desejou.
    Enquanto isso,alimento minhas poucas mas valiosas amizades e estou fazendo novas também,obrigado.
    Ainda escrevo minhas lamúrias no velho caderno. ainda postarei aqui no meu velho amigo Rimas do Preto -que aliás,peço desculpas pelo abandono,em breve vamos colocar a casa em ordem! – e agora faço de um copo de Vodka minha bebida preferida e dos bares de Vitória meu novo lar a cada noitada.
    E pelas minhas manhãs e tardes também ficarei sentado aqui. Sentado em frente a um computador,entre uma digitação e outra sentindo a lagrima escorrer pela minha face,entre uma lágrima e outra relembrando estas memorias de merd*.
     Espero que um dia a dor vá embora ou que tome conta de vez deste coração. Espero que um dia eu esqueça estes dias tristes ou que estas fuck memories vire um póstumo livro. Quem sabe no meu best-seller eu não inclua vocês – por bem ou por mal.
    Sandro Honorato dos Santos
    Ás 13:37 do dia 19 de agosto de 2014 em mais um dia destes que parece não ter fim.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2
    instagram