• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts arquivados em: Mês: Abril 2011

    MúsicaOutros

    Olá e ai como vão?
    Semana passando postei uma música desta banda…e viciei nela novamente kkkkkk
    Bom, a música de hoje eu descobri a poucos dias mas é uma das poucas que me retrata(o ultimo trecho em especial….My God *-*)
    Adorei *-*
    Espero que vocês curtam a musica.
    Abraços

    Alma D`jem – Poeta
    Minha mãe falou que eu precisava estudar
    Que ser artista era coisa do passado
    Que nessa era cibernética de Globalização
    Fundamental de verdade era um diploma na mão
    Até concordo com ela
    Eu acho muito importante
    Mas pra prender minha atenção
    Tem que ser muito interessante
    Interessante pra mim
    É Poesia e canção
    Pobre de mim
    Que fui pra praça com meu pirês na mão
    Vai poesia doutor
    Quem sabe um pouco de amor
    Alguma coisa pra mudar seu dia
    Cinco minutos doutor
    Garanto que é de valor
    Eles passavam na maior correria
    Mas mãe se eu não incomodar
    Se eu não chamar atenção
    Eu nem consigo dormir
    Fico virando no colchão
    Eu não consigo aceitar as coisas
    Como “elas são”
    Eu vejo além eu quero mais eu tenho imaginação
    Se for um crime senhor minha cabeça está a prêmio
    Insistir em ser poeta no Terceiro milênio
    O Mãe
    Desculpa mas eu sou Poeta
    O mãe não tenho culpa se eu nasci
    Poeta e Poesia não se aprende na escola
    Fazer Poesia é que nem jogar bola

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Olá e ai como vão?
    Semana passando postei uma música desta banda…e viciei nela novamente kkkkkk
    Bom, a música de hoje eu descobri a poucos dias mas é uma das poucas que me retrata(o ultimo trecho em especial….My God *-*)
    Adorei *-*
    Espero que vocês curtam a musica.
    Abraços

    Alma D`jem – Poeta
    Minha mãe falou que eu precisava estudar
    Que ser artista era coisa do passado
    Que nessa era cibernética de Globalização
    Fundamental de verdade era um diploma na mão
    Até concordo com ela
    Eu acho muito importante
    Mas pra prender minha atenção
    Tem que ser muito interessante
    Interessante pra mim
    É Poesia e canção
    Pobre de mim
    Que fui pra praça com meu pirês na mão
    Vai poesia doutor
    Quem sabe um pouco de amor
    Alguma coisa pra mudar seu dia
    Cinco minutos doutor
    Garanto que é de valor
    Eles passavam na maior correria
    Mas mãe se eu não incomodar
    Se eu não chamar atenção
    Eu nem consigo dormir
    Fico virando no colchão
    Eu não consigo aceitar as coisas
    Como “elas são”
    Eu vejo além eu quero mais eu tenho imaginação
    Se for um crime senhor minha cabeça está a prêmio
    Insistir em ser poeta no Terceiro milênio
    O Mãe
    Desculpa mas eu sou Poeta
    O mãe não tenho culpa se eu nasci
    Poeta e Poesia não se aprende na escola
    Fazer Poesia é que nem jogar bola

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Olá e ai como vai?
    Sabem que dia é hoje?
    Hoje faz um ano que eu comecei com o blog *-*
    Lembro que no começo só meu amigo Adelso visitava e comentava (Obrigado mano)
    12 meses depois eu escrevi muitas coisas,fiz várias amizades e devo varios dias de alegria ao blog e a voces blogueiros.
    Bom,então dedico o post a voces t que me acompanham neste periodo de um ano do blog.
    Ah sim,o post também é dedicado a minha amiga Renalia que curte o som dos caras *-*
    Meus sinceros agradecimentos.
    Abraços

    Extreme – More Than Words (Mais Do Que Palavras)
    Saying ‘I Love you’
    Dizer “eu te amo”
    Is not the words I want to hear from you
    Não são as palavras que quero ouvir de você
    It’s not that I want you not to say
    Não é que eu não queira que você diga
    But if you only knew
    Mas se você apenas soubesse
    How easy it would be to show me how you feel
    Como seria fácil mostrar-me como você se sente
    More than words
    Mais do que palavras
    Is all you have to do to make it real
    É tudo o que você tem que fazer para tornar isso real
    Then you wouldn’t have to say
    Então você não precisaria dizer
    That you love me ’cause I’d already know
    Que você me ama porque eu já saberia
    What would you do if my heart was torn in two?
    O que você faria se meu coração se partisse em dois?
    More than words to show you feel
    Mais do que palavras para mostrar que você sente
    That your love for me is real
    Que o seu amor por mim é real
    What would you say if I took those words away?
    O que você diria se eu jogasse aquelas palavras fora?
    Then you couldn’t make things new
    Então você não poderia renovar as coisas
    Just by saying ‘I love you’

    Apenas dizendo “eu te amo”
    More than words
    Mais do que palavras
    Now that I’ve tried to
    Agora que tentei
    Talk to you and make you understand
    Falar com você e fazer você entender
    All you have to do is
    Tudo o que você tem que fazer é
    Close your eyes and just reach out your hands
    Fechar seus olhos e só estender suas mãos
    And touch me, hold me close
    E me tocar, me abraçar apertado
    Don’t ever let me go
    Não me deixe nunca ir embora
    More than words
    Mais que palavras
    Is all I ever needed you to show
    É tudo o que eu sempre precisei que você mostrasse
    Then you wouldn’t have to say
    Então você não precisaria dizer
    That you love me ’cause I’d already know
    Que me ama porque eu já saberia
    What would you do if my heart was torn in two?
    O que você faria se meu coração se partisse em dois?
    More than words to show you feel
    Mais do que palavras para mostrar o que você sente
    That your love for me is real
    Que o seu amor por mim é real
    What would you say if I took those words away?
    O que você diria se eu jogasse aquelas palavras fora?
    Then you couldn’t make things new
    Então você não poderia renovar as coisas
    Just by saying ‘I love you’
    Apenas dizendo “eu te amo”

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosPoesia

    Olá e ai como estão vocês?
    Este poema eu fiz no dia 13 de agosto de 2006. Lembro,porque foi meu primeiro texto pra escola por isso que acho que o texto não ficou tão bom (eu tinha 10 anos)
    Enfim,esta semana,dia 22, comemora-se o “achamento”do Brasil(sim, pois os índios já haviam descoberto e viviam aqui né?!)

    Abraços a todos

    BRASIL, um País de Orgulho
    País de extrema beleza
    Que cuida da sua natureza
    Suas praias são ricas
    Sempre cheias de vida
    Pessoas que trabalham todos os dias
    Que têm sempre no coração a alegria
    Um povo que só quer a paz
    E que não quer a violência jamais
    O povo brasileiro
    Corta o mal pela raiz
    Pois a cada momento
    Quer viver bem, quer ser feliz
    Bela ilhas no meio do seu imenso mar
    Praias excelente para o mergulho praticar
    Lagos com águas claras
    Onde moram várias espécies raras
    País de muitas montanhas
    Com arvores, animais e plantas
    Um pais tropical
    Com um extenso litoral
    Tenho orgulho de ser brasileiro
    Por ser um povo batalhador,guerreiro
    Que luta pelos seus direitos
    E que merece respeito
    O coração do brasileiro
    É puro,verdadeiro
    Não pensa em maldade
    Só quer falar a verdade
    O brasileiro luta pelo o que quer
    Tem muita esperança,muita fé
    Está sempre preparado
    Para o que der e vier
    Devemos conhecer os pontos turisticos do Brasil
    Todos,um por um
    Pois as belezas daqui
    Não existem em lugar nenhum
    É pela beleza,natureza e muito mais
    Que eu amo o Brasil
    O país que eu vivo e viverei
    Um país nota mil.
    AUTOR:
    HONORATO, Sandro.
     

     

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosPoesia

    He is Back….

    Abril 18, 2011 • Honorato, Sandro

    Olá e ai como voces estão?
    Opa,podemos dizer que “oficialmente” estou de volta hoje né?(Sim,pois passei dias editando o layout com meu amigo Adelso e não deixei de visitar varios blogs.).
     Alias,gostaram do novo layout?
    Digamos que é meu presente já que o blog faz um ano de vida este ano  =)

    Enfim,estava com saudades de postar poemas aqui.
    Agradeço a todos pelo apoio quando muitos achavam que eu ia abandonar o blog,mas como eu disse,só iiria dar um tempo pra mim mesmo e fazer uns poemas bem legais *-*

    Bom,alem do novo layout,  temos um novo autor aqui no blog também,mas isso é uma surpresinha hahahahaha.
    Ah é…sigam o twitter do blog (http://twitter.com/#!/RimasDoPreto) ou deixei o seu aqui que eu seguirei 😀
    Ah sim,pra comentar você deve clicar no titulo do post e em seguida comentar ok?
    Enfim,o poema de hoje é em homenagem a minha amiga Leticia
    Ela que posta todas as sextas aqui ….nada mais justo que essa homenagem a ela *-*

    Leeh

    Letícia rima com alegria
    Alegria que sempre me contagia
    Alegria de uma doce menina
    Alegria que alegra os meus dias
    Letícia rima com beleza
    Beleza que não se compara a ninguém
    Beleza que em seus textos eu vejo
    Beleza que só ela tem
    Letícia rima com amizade
    Amizade que aprendemos a ter
    Amizade que hoje necessito
    Amizade que nunca vai morrer
    Letícia rima com sentimentos
    Sentimentos que eu admiro
    Sentimentos de um coração puro
    Sentimentos que transbordam num simples sorriso
    Letícia, Letícia, Letícia…
    Preciso dizer amiga?
    Apenas digo que desde que te conhece minha vida mudou
    Te desejo muita alegria, paz e amor.
    AUTOR:
    HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Olá e ai como vocês estão?
    Hoje eu não vou postar um poema.
    Mas juro que semana que vem to de volta, ok?
    Vou postar uma musica da melhor banda de Reggae do Brasil que só eu conheço?!kkk
    Se alguém conhecia antes, fala ai nos comentários.
    Abraços e tudo de bom

    Alma D`Jem – Destino Incerto
    Troco
    esse trem por uma canoa
    Vou
    cruzar o mar atrás de explicação

    que meu destino é tão incerto
    Que
    ele seja incerto num lugar bom
    Vou
    remar até olhar pro céu e enxergar sorriso teu
    Formado
    pelas nuvens que dão sombra pra sonhar
    Se
    é que ainda sei sonhar
    No
    mar não existem curvas nem sinais
    Suas
    leis são bem mais simples de entender

    que o temporal é inevitável
    Tiro
    minha roupa pra receber
    Vou
    remar até olhar pro céu e enxergar sorriso teu
    Formado
    pelas nuvens que dão sombra pra sonhar
    Porque
    ainda sei sonhar.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2
    instagram