• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Samyle S.Textos

    Minha casa

    outubro 29, 2017 • Samyle S

    Daqui queria partir. Sonhadora, à flor da pele, achando o lugar pequeno pro seu mundo gigante. Aqui, terra das impossibilidades. Mas você se deixou ficar, devido à falta de coragem, e nada esperava além do mofo dos dias. Cá. Lar.

    Mas, menina, a vida surpreende mesmo. Agora esse lugar pequeno cabe exatamente você. E essa gente sem rosto passou a ser mais um cômodo da sua casa. Gente querida, que te faz sorrir. Você aprendeu a ver a delicadeza de cada dia assim.

    A ideia de partir, hoje tão concreta e certa, parece um delírio. É como desmembrar você. Mas calma.

    “Se eu partir

    Minha casa é o que eu sou

    Junto aqui

    Minhas asas, dores, amores, receitas de pão

    Empilho tudo assim

    Pra quando a vida bater

    Respirar fundo até transbordar em mim”

    Versos que Compomos na Estrada

    Autora: Samyle S.

    Veja também esses posts relacionados:

    Comente com o Facebook

    Deixe seu comentário

    2 Comentários

  • Jade Amorim
    03 nov 2017

    UAU.
    Me identifiquei muito com essa necessidade de sair, de o que realmente é um lar, deixar tudo pra trás. É até dificil saber o que falar porque o que esse texto me fez pensar é naquelas coisas difíceis de expressar, sabe?

    Beijos.

    • Samyle
      11 nov 2017

      Eu sei! Estava pensando em escrevê-lo faz um bom tempo, e toda vez que tentava nunca ficava como eu queria. Esse tipo de experiência é muito da vivência pura, é difícil explicar.
      Mas fica a reflexão pra você: às vezes não adiante mudar de lugar se a gente não se mudar por dentro também.

  • instagram