• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Categoria: Poesia

    HonoratoPoesia

    Mistérios

    setembro 01, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    A poesia de hoje é sobre todas as promessas que fizemos a alguém em especial quando a conhecemos…
    Dedico a uma pessoa que entrou recentemente em minha vida.
    Abraços e se cuidem.

    MISTÉRIOS

    Abraçaria o teu corpo
    Sem envolve-la em meus braços
    Beijaria tua boca
    Sem sequer tocar teus lábios

    Conquistaria uma constelação inteira
    Sem que me pedisse uma só estrela
    Enfrentaria o mundo para conquista-la
    Sem que se impedissem com barreiras

    Casaria contigo
    Sem ter alianças para trocar
    Te ofereceria o meu sorriso
    Sem duas vezes pensar

    Descreveria você em poesia
    Sem que ela tenha ponto final
    Desvendaria os teus mistérios
    Sem permissão para tal

    Daria a ti a eternidade
    Sem ligar em como eu sobreviveria
    Te amo puramente
    E nem preciso que me retribua nesta vida.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Posso

    novembro 03, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou postar um dos meus primeiros textos de 2010.
    Deixei guardado para um momento especial.
    Abraços e espero que gostem.

    Posso

    Posso não ser bonito
    Mas belo é o meu sentimento por ti
    Posso até estar de mau humor
    Mas saiba que só você me faz feliz

    Posso ter muitos defeitos
    Mas contigo tentarei ser perfeito
    Posso não lembrar de tudo
    Mas nunca esquecerei este sentimento

    Posso não ser rico
    Mas o que sinto é valioso
    Posso não ser autêntico
    Mas o que lhe ofereço não receberá de outro

    Posso não ser muito engraçado
    Mas contigo dividirei minha alegria
    Posso não ser bom com as palavras
    Mas lhe darei esta poesia

    Posso não ser seu melhor amigo
    Mas prometo nunca te deixar na mão
    Posso não te dar o mundo
    Mas com prazer te dou meu coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Súplicas

    outubro 20, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Este poema foi criado em 2015 e postado naquele mesmo ano.
    Mas que tal relembra-lo?
    Abraços

    SÚPLICAS

    Silencie-me com tua boca
    Ou acorde-me ao se revirar a cama
    Faça-me sorrir quando o mundo me derrubar
    Ou dê-me forças para as próximas batalhas

    Pergunte-me os planos que fiz para nós
    Ou responda a estes meus anseios
    Queime-me com este fogo
    Ou me acalme no seu seio

    Leve-me contigo nos sonhos
    Ou perca-se comigo nesta jornada
    Diga-me o que sente
    Ou com prazer direi tais palavras

    Encontre o pedaço de mim que tanto procuro
    Ou entregue-me a esta paixão
    Liberte-me dos medos
    Ou prenda-me ao seu doce coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Na minha cabeça

    outubro 13, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá 🙂
    Como vão?
    Este poema fala sobre aquele relacionamento perfeito…ou seja, que ocorre na nossa cabeça ( se você vive um assim na vida real meus parabéns >.<)
    Abraços

    NA MINHA CABEÇA

    Andamos de mãos dadas
    Vivemos o seu conto de fadas
    Trocamos olhares pervertidos
    Risadas são sem sentido

    Dedico a ti poesias
    Faço planos para o resto da vida
    Brigamos por motivos banais
    Nos reconciliamos rápido demais

    Somos mais que uma simples dupla
    Fazemos amor observados pela lua
    Dançamos feitos duas crianças
    Nunca perdemos um no outro a esperança

    Esquecemos dos problemas lá fora
    Vivemos intensamente o agora
    Juramos este sentimento puro
    Sabendo que sempre estaremos juntos.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Não me faça desistir

    Não sou muito de prometer, mas se estou lhe fazendo promessas é porque você é muito importante para mim.
    Vou lutar contra aqueles que não aprovarem que fiquemos juntos, porque por ti vale a pena sangrar contra tudo e contra todos. Mesmo que no fim reste somente eu e você.
    Vou lhe descrever em várias frases que juntas serão as poesias mais sinceras que já fiz. Talvez, tenhamos um livro resultante só deste romantismo que tenho por ti.
    Vou acalmar esta fera que você já viu nos meus piores dias e ser só aquele carinha de bem com tudo e todos.
    Vou contar todas as piadas que sei e inventar várias mais para que eu consiga arrancar este sorrisão lindo do teu rosto acompanhado da sua frase “Como você é bobo, cara!”
    Vou abrir meu whatsapp e ver nossas mensagens e lembrar de cada momento. Cada sorriso bobo e inocente que dei por dentro quando as estava ou digitando ou recebendo.
    Vou olhar para você e encabulada tu vai me perguntar “o que foi?”
    E eu não tenho palavras. Vou apenas sorrir. É isso que as pessoas fazem ao contemplar obras de arte. Ficam sem reação.
    Vou continuar te vendo sair por aquela porta e logo depois mandarei mensagem com um simples “já tô com saudades” sendo que esta é a mais pura verdade!
    Porque você não fica mais um pouquinho? Tipo, para o resto da minha vida, de preferência.
    Vou ter paciência e a ousadia necessária para fazer-te apaixonar por este pobre ser que lhe escreve.
    Não vou implorar pelo seu amor. Vou tentar conquista-la dia após dia, com as palavras mais doces possíveis e com as atitudes mais nobres de um homem apaixonado pela sua dama.

    Por isso e muito mais, peço que não me faça desistir de alguém que já não sei viver sem.
    Depois que te conheci, as outras são só as outras.
    Depois que meu coração te escolheu não penso em outra pessoa para transformar os sonhos que sonhei, as poesias que já escrevi ou alguém para simplesmente chamar de “meu amor”.

    Este é para você, E. C

    30.09.2018

    Autor: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Na Sua Falta

    setembro 22, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá 🙂
    Como vão?
    Este poema vai para todos aqueles que hoje estão sentindo-se sozinhos.
    Abraços 🙂

    NA SUA FALTA

    Procurando uma cópia sua
    Descobri que você é insubstituível
    Tentando seguir em frente
    Descobri que sem ti estarei sozinho

    Remexendo em nossas fotografias
    Descobri que me faltava aquele sorriso
    Olhando a agenda telefônica
    Descobri que só a ti chamava de amigo

    Lendo muitos romances
    Descobri que queria isso para a vida
    Planejando o final de semana
    Descobri a ausência de sua companhia

    Olhando para o céu toda noite
    Descobri que estrelas só brilham com você
    Fingindo estar vivendo
    Descobri que brincava de sobreviver

    Viajando para muitos lugares
    Descobri que você é o meu lar
    Entregando-me a novas relações
    Descobri que dificilmente irei me apaixonar

    Escrevendo uma poesia
    Descobri que nela não existe emoção
    Colocando a mão no peito
    Descobri que levastes meu coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 4 53
    instagram
    Translate »