• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    HonoratoPoesia

    Olhos

    agosto 12, 2017 • Honorato, Sandro

    Olá,

    Como vão?

    Hoje vou deixar um poema recente que fiz.

    Espero que curtam 🙂

     

    Olhos

    Aqueles olhos

    Que refletiam o que eu era de melhor

    Não me tem mais reflexos

    Apenas são escuros como esta noite

     

    Aqueles olhos

    Que me faziam viajar em pensamentos

    Hoje me deixam de mãos atadas

    Sem saber para onde ir

     

    Aqueles olhos

    Que me ajudaram em cem poesias

    Hoje me tiraram as palavras

    E o dom de escrever meus romances

     

    Aqueles olhos

    Que me hipnotizaram

    Hoje me arrastam para a triste realidade

    Que é viver sem ti

     

    Aqueles olhos

    Que salvaram meus dias

    Hoje me deixam com insônia

    E com pesadelos intermináveis

     

    Aqueles olhos

    Que me enxergavam só como amigo

    Foram os olhos que me perdi

    E não sei mais me encontrar

     

    Aqueles olhos

    Que me juravam amor eterno

    Hoje são os mesmos que sem nada dizerem

    Estão me dizendo adeus

     

    Autor: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    Comente com o Facebook

    Deixe seu comentário

    2 Comentários

  • Gabriela Soares
    17 ago 2017

    Que poema maravilhoso! É realmente muito triste quando a gente percebe que alguém mudou com a gente e quando dá pra perceber isso no olhar da pessoa, é aquele ditado né: os olhos são a janela da alma, pode ser clichê, mas é a mais pura verdade.
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

  • Nana
    16 ago 2017

    Olá,
    Belo poema!
    Os olhos revelam, mas também escondem muitas coisas.
    Mas, pior realmente, é quando a gente nota a transformação neles.

    tenha uma ótima quarta.
    Nana – Canto Cultzíneo

  • instagram