• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts arquivados em: Mês: agosto 2012

    OutrosPoesia

    I Miss You, School

    agosto 06, 2012 • Honorato, Sandro

    Olá 🙂
    Hoje vou postar um poema “diferente” nada relacionado a amor ou romantismo…
    Como você leram e puderam deduzir pelo titulo,fiz uma homenagem a Escola.
    Cara,faz tanto tempo que não “estudo” que fiquei com saudades e listei as coisas que mais sinto falta nesta poesia 🙂
    Espero que gostem >.<
    Abraços

    I Miss You, School

    Tô com saudades da escola
    Tô com saudades de jogar bola
    (Ed.fisica)
    Tô com saudades de acordar cedo
    Tô com saudades do recreio
    Tô com saudades de dar voltas no
    pátio
    Tô com saudades de zuar e ser
    zuado
    Tô com saudades do uniforme
    Nem sei se “saudade” é o nome…
    Tô com saudades de apresentar
    trabalho
    Tô com saudades de ser
    elogiado(raramente eu era né kkkk)
    Tô com
    saudades de sentar “no fundão”
    Tô com
    saudades de ser ir pra sala da Direção
    Tô com
    saudades de desenhar na “carteira”/cadeira
    Tô com
    saudades da conversa alheia
    Tô com
    saudades das aulas de matemática
    Tô com
    saudades de fazer poemas nas aulas chatas
    Tô com
    saudades de levar bronca
    Tô com
    saudades de tirar boas notas
    Tô com
    saudades de tirar Zero
    Tô com
    saudades dos amigos por perto
    Tô com
    saudades de tudo
    Tô com
    saudades do meu pequeno mundo
    Tô com
    saudades de todos aqueles dias
    Eu
    realmente era feliz e não sabia.
    AUTOR:
    HONORATO, Sandro.
    Essa era a minha sala de aula..eu sentava ali perto do mural azul(Turma do Fundão pra sempre kkk)

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Máscaras

    agosto 20, 2012 • Honorato, Sandro

    Olá 🙂
    Como vão?
    Como eu disse semana passada, decidi postar este texto que me retrata atualmente.
    Sei que é triste e tal mas é a realidade (dura realidade,aliás)
    Não sei se a garota que me inspirou vai ler este texto mas queria dizer a ela tudo que escrevi neste poema
    Abraços e cuidem-se

    Mascaras
    Posso fingir vários sorrisos
    Mas na verdade eu queria chorar
    Posso provar de outros beijos
    Mas, no fundo, só aos teus lábios eu queria me entregar
    Posso sonhar com dias melhores
    Mas o melhor de tudo seria tê-la ao meu lado
    Posso até namorar outras
    Mas só por ti fui realmente amado
    Posso sonhar durante as noites de sono
    Mas ao acordar entro no meu pesadelo diário
    Posso almejar o sucesso
    Mas sem você estou fadado ao fracasso
    Posso parece que estou inteiro
    Mas por dentro estou com o coração partido
    Posso usar várias mascaras e fingir que te esqueci
    Mas saiba que um amor de verdade é inesquecível.
    AUTOR:HONORATO, Sandro.

     

     

    Veja também esses posts relacionados:

    MúsicaOutros

    Olá 🙂
    Como vão?
    Hoje vou postar mais uma música de um artista/banda aqui do meu estado 🙂
    E hoje são os caras do “L-20” *-*
    Vou só postar o video,sem a letra.
    Então,apertem o play e curtam o som 🙂
    Abraços

    Versão Acústica…

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosPoesia

    Sem Você

    agosto 16, 2012 • Honorato, Sandro

    Olá 🙂
    Como vão?
    Hoje quero mostrar um poema que fiz há uns 3 anos atrás…
    Eu mesmo não gostei muito quando terminei (as vezes acontece isso comigo mesmo ) mas é bem romântico e tal.
    Falando nisso,semana que vem posto um texto sobre minha atuação situação ok? kkkk
    Abraços

    Sem Você

    Sem você…
    Eu sou uma tristeza que não passa
    Sou um mar sem águas
    Sou um rádio sem musica
    Sou uma noite sem lua
    Sem você…
    Sou um carro sem estradas
    Sou um livro sem palavras
    Sou um relógio sem ponteiro
    Sou uma criança sem brinquedo
    Sem você…
    Sou um violão sem cordas
    Sou como futebol sem bola
    Sou um cais sem navio
    Sou como um sol sem brilho
    Sem você…
    Sou como um herói sem poder algum
    Sou um dia sem o céu azul
    Sou um time sem torcida
    Sou um poeta sem rimas
    Sem você…
    Sou uma biblioteca sem livros
    Sou um pássaro sem ninho
    Sou uma constelação sem estrelas
    Sou Romeu sem Julieta
    Sem você…
    Sou um problema sem solução
    Sou um homem sem coração
    Sou como uma casa abandonada
    Sou simplesmente nada
    AUTOR:
    HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Mesmo…

    agosto 14, 2012 • Honorato, Sandro

    Bom dia 🙂
    Como vão?
    Hoje vou postar uma poesia bem romântica e tal…essa é das antigas 🙂
    Abraços

    Mesmo…
    Mesmo que alguém tente nos atrapalhar
    Nada é mais forte que a gente
    Mesmo que um dia eu “bata a cabeça”
    Saiba que você sempre estará na minha mente
    Mesmo que durante a noite você tenha pesadelos
    Sonhos nós viveremos durante o dia
    Mesmo se um dia você me ver chorar
    Saiba que também existem lágrimas de alegrias
    Mesmo que o sol deixe de brilhar
    Sei que os seus olhos são mais brilhantes
    Mesmo se o nosso presente estiver difícil
    Saiba que te adoro mais do que antes
    Mesmo que seus amigos a abandonem
    Eu nunca lhe darei as costas
    Mesmo que o ouro perca seu valor
    Saiba que você é minha pedra mais preciosa
    Mesmo que eu não seja bom com poesias
    Minhas atitudes valem mais que palavras
    Mesmo se depois disso o meu amor não for suficiente
    Saiba que você é minha eterna amada.
    AUTOR:HONORATO, Sandro.
     

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosSamyle S.Textos

    Adeus Você

    agosto 12, 2012 • Honorato, Sandro

    Hoje eu arrumei minhas malas, hoje decidi seguir em frente. Não veja como um abandono, por favor meu bem, estou apenas fazendo escolhas. Escolhas que acho corretas.
    Sinto muito pelas fotos e retratos, eu tive que tirá-lo de mim e joga-los no passado de alguma forma, essa foi a única que encontrei.
    Eu rasguei várias fotos, inclusive àquelas que lhe pertenciam, simplesmente por pensar que isto ajudaria a esquecer. Mas como se esquece de amar?
    Lembra do que vivia dizendo? “Nada dura para sempre”. De modo algum foi um aviso do que estava por vir, eu mesma não imaginava que algo assim viria a acontecer, havia dito isto tentando ser mais realista, queria ser sincera contigo e, principalmente, comigo mesma.
    No entanto, meu bem, posso prometer que as minhas lembranças irão durar, irão durar para sempre enquanto eu viver. Porque é impossível esquecer de uma época em que fui tão feliz.
    Oh, querido, chegou a hora de crescer, de seguir em frente e de, infelizmente, fazer do nós uma simples recordação.

    Adeus você
    Eu hoje vou pro lado de lá.
    Eu tô levando tudo de mim que é pra não ter razão pra chorar.
    Vê se te alimenta e não pensa que eu fui por não te amar.
    Cuida do teu pra que ninguém te jogue no chão.
    Procure dividir-se em alguém, procure-me em qualquer confusão.
    Levanta e te sustenta e não pensa que eu fui por não te amar.
    Los Hermanos

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3
    instagram
    Translate »