• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    HonoratoPoesia

    Bagunça

    Abril 14, 2018 • Honorato, Sandro

    BAGUNÇA

    Não vou poder cumprir o seu último pedido.
    Pedistes um tempo para arrumar suas coisas, sua vida e tudo mais.
    Eu queria te dar um espaço do tamanho do universo, mas hoje vejo que você é o meu sol ao amanhecer e a lua ao anoitecer neste meu mundinho.
    Poderia ser o cuzão da relação, mas não vou te largar as traças (desculpa pela expressão que prometi não usar mais).
    Você precisa de alguém para te abraçar quando os outros te dão as coisas costas. Nunca darei as costas a quem eu pretendo dar meu coração.
    Não quero deixar de te descrever em minhas poesias. Deixe-me te decifrar nas linhas que percorrem meu caderno todo dia desde que te conheci no dia 01.02.2018.
    Não quero te dar adeus as sextas só podendo ter ver as segundas. Eu morro literalmente de saudades por dois dias. São mais de 48 horas sem pulsar aqui dentro. Deixa eu preencher seus finais de semana também?
    Não quero te ver com suas asas machucadas e ficar de mãos atadas. Deixe-me cicatrizar as feridas de quem um dia ousou te machucar? Quero que você alcance voos mais altos mas que pouse aqui do meu lado sempre que você quiser.
    Não quero que você mude quem você é. Me apaixonei pelo seu jeito de ser. O fato de sermos tão opostos me atraiu de uma maneira indescritível. Gostar de alguém também é isso. Se adaptar e não querer obrigar alguém a mudanças que só vão fazer bem ao seu ego.
    Não queria pecar, mas poderia tocar sua pele enquanto deslizo meus dedos por cada traço perfeito seu?
    Deixe-me emaranhar seus cabelos enquanto eu olho no fundo dos teus olhos sem ter palavra alguma para dizer?
    Deixe-me secar tuas lágrimas quando eu faço você abrir seu sorriso lindo de orelha-a-orelha com alguma frase idiota que tenho aqui?
    Deixe-me varrer as lembranças ruins do seu peito enquanto você guarda na memória os momentos bons que teremos juntos?
    Ou deixe-me sentir o sabor dos seus lábios ao menos uma vez nesta vida?

    Talvez não saiba, mas estou me apaixonando por ti um pouquinho mais dia após dia.
    E no fundo, só queria permissão para bagunçar a sua vida do jeito certo desta vez.

    13.04.2018
    20:37
    Obs.: Eu devia estar prestando atenção na aula neste exato momento, mas a matéria eu aprendo em casa, mas inspiração não nos espera.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

     

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoOutrosPoesia

    Patience.

    Abril 09, 2018
    HonoratoPoesia

    Caos

    Março 31, 2018
    HonoratoTextos

    Por excessso.

    Março 24, 2018
    HonoratoPoesia

    Deleite.

    Março 17, 2018
    1 2 3 4 116
    instagram
    Translate »