• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts arquivados em: Tag: Honorato

    HonoratoPoesia

    Simplificar

    julho 08, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    O post de hoje é sobre como podemos amar sem rodeios, porque quando dois querem os dois fazem acontecer. Simples 🙂
    Espero que gostem da leitura e tenham uma excelente semana
    Abraços 🙂

    Simplificar

    Para que ir á lua
    Se já foi fascinado pelo brilho dos seus olhos?
    Para que sonhar em mudar de país
    Se é no seu coração que eu moro?

    Para que estudar física
    Se na cama nossos corpos ocupam o mesmo espaço?
    Para que guardar dúvidas
    Se o amor que sentimos é algo tão raro?

    Para que escrever novos romances
    Se já as realizo ao seu lado?
    Para que não imaginarmos o futuro
    Se estou aqui para você esquecer do passado?

    Para que ir no museu
    Se você é a obra de arte mais rara?
    Para que guardar segredos
    Se o que sinto está estampado na cara?

    Para que pressa
    Se por ti eu esperei por anos?
    Para que mais palavras
    Se eu simplifico tudo com o “Eu te amo”?

    19.03.2024

    AUTORIA: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Simplificar

    julho 08, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    O post de hoje é sobre como podemos amar sem rodeios, porque quando dois querem os dois fazem acontecer. Simples 🙂
    Espero que gostem da leitura e tenham uma excelente semana
    Abraços 🙂

    Simplificar

    Para que ir á lua
    Se já foi fascinado pelo brilho dos seus olhos?
    Para que sonhar em mudar de país
    Se é no seu coração que eu moro?

    Para que estudar física
    Se na cama nossos corpos ocupam o mesmo espaço?
    Para que guardar dúvidas
    Se o amor que sentimos é algo tão raro?

    Para que escrever novos romances
    Se já as realizo ao seu lado?
    Para que não imaginarmos o futuro
    Se estou aqui para você esquecer do passado?

    Para que ir no museu
    Se você é a obra de arte mais rara?
    Para que guardar segredos
    Se o que sinto está estampado na cara?

    Para que pressa
    Se por ti eu esperei por anos?
    Para que mais palavras
    Se eu simplifico tudo com o “Eu te amo”?

    19.03.2024

    AUTORIA: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Sem surpresas

    junho 24, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    A poesia dessa semana fala sobre o fim de um relacionamento e sobre a aceitação disso.
    Espero que tenham uma excelente semana.
    Abraços

    Sem surpresas

    Te vejo em minha mente
    Mas sei que na realidade você está distante
    Te vejo em meu futuro imaginário
    Mas nossa relação não é como antes

    Te vejo feliz em novas fotografias
    Mas um sorriso que nunca vi comigo
    Te vejo em lembranças vagas
    Mas meu mundo sem ti não é mais colorido

    Te vejo provando outras bocas
    Mas adoraria um último beijo nosso
    Tenho conquistando tudo que desejou
    Mas sinto-me no fundo do poço

    Te vejo em minhas poesias
    Mas sei que você não sabia me ler
    Te vejo aqui em meu peito
    Mas este meu amor não merece você

    Te vejo em meus sonhos
    Mas sei que você os vive com outro cara
    Te vejo em todos os cantos
    Mas sem surpresas a deixo ir, minha amada.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Anormal

    junho 17, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje deixo aqui um texto que fiz há um bom tempo mas creio que agora é o momento de deixá-lo aqui.
    Abraços e tenham uma excelente semana.

    ANORMAL
    É normal pensar em você o dia todo
    E sua linda imagem ainda visitar meus sonhos?
    É normal fazê-la gargalhar
    Mesmo que por dentro eu esteja tristonho?

    É normal essa vontade de querer beijá-la
    Cada vez que observo teus lábios?
    É normal morrer de saudades suas
    Se passamos metade do dia colados?

    É normal alguém admirar a sua beleza
    E não sentir-se muito atraído?
    É normal acreditar em amor à primeira vista
    Se eu já desisti do meu cupido?

    É normal deseja-la tanto
    Se sabemos que tê-la é uma utopia?
    É normal tentar decifrá-la em versos soltos
    Se você por si só vale mil poesias?

    É normal querer que você encontre felicidades
    Mesmo que não seja ao meu lado?
    É normal ter este coração cheio de amor por ti
    Se um dia não formos namorados?

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Aguanizando

    junho 03, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá, como vão?
    O texto de hoje foi criado em 2016 depois da tragédia com a barragem em Mariana.
    E, infelizmente, o mesmo aconteceu em 2019 em Brumadinho – MG.
    E juntando a tudo isso, dia 05 de junho é “comemorado” o Dia Mundial do Meio Ambiente e creio que é um texto também para conscientização.
    Espero que gostem da poesia, apesar de representar um momento difícil para todos nós.
    Abraços

    Aguanizando
    Cadê a vida que aqui existia?
    Mataram nossas riquezas naturais
    Pela simples negligência humana

    Cadê a água que aqui passava?
    Lembro-me de tomar banho ali na beira
    Que hoje é um amontoado de lama

    Cadê os surfistas nas ondas de Regência?
    Como o seu jeito leve de viver
    Agora vemos tsunamis de barro

    Cadê o som das redes de pesca?
    As iscas que são jogadas agora
    Só trazem lágrimas, tristeza e dejetos

    Cadê a venda dos ribeirinhos?
    Famílias inteiras passam fome
    Enquanto acionistas e presidentes se esbaldam por ai

    Cadê o cheiro suave daqui?
    Cadê o sabor daqui?
    Devolvam nosso rio doce!

    Cadê a voz me acordando deste pesadelo?
    Enquanto isso, vamos aguanizando
    Assistindo a justiça escorrer rio abaixo.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Caos

    maio 27, 2024 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Esta poesia eu fiz em 2017 durante a greve da PM aqui no estado que moro, ES.
    Mas aqui, por incrível que pareça, eu transformo aquele Caos no sentido do amor. Será que deu certo?
    Espero que gostem.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Caos
    Em meio a tiros
    Você me acertou com seu olhar
    Fui hipnotizado pelos seus olhos castanhos
    Coisa que não me acontecia a anos

    Em meio a sirenes
    Você me despertou de pesadelos
    Transformou frases em poesias
    Trazendo luz aos meus dias

    Em meio a greves
    Você se manifestou em meu peito
    Sinto o coração pulsar e arder
    Não sei como sem ti pude sobreviver

    Em meio a feridas
    Você buscou ser a minha cura
    Estava triste mas colocava um sorriso no rosto
    Desejando que eu fizesse o mesmo esforço

    Em meio a gritaria
    Você me silenciou com um beijo
    Foi uma pequena prova do Paraíso
    Que podemos nos apaixonar pelos melhores amigos

    Em meio a tanto Caos
    Você significou paz em minha vida
    Entregando a mim seu nobre coração
    Acreditando que este aqui tem salvação.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    08.02.2017

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 128
    instagram
    Translate »