• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Posts arquivados em: Mês: agosto 2022

    HonoratoPoesia

    Na sua falta

    agosto 29, 2022 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    O texto de hoje foi feito em 2018 mas acho que é o momento oportuno para postá-lo.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    NA SUA FALTA

    Procurando uma cópia sua
    Descobri que você é insubstituível
    Tentando seguir em frente
    Descobri que sem ti estarei sozinho

    Remexendo em nossas fotografias
    Descobri que me faltava aquele sorriso
    Olhando a agenda telefônica
    Descobri que só a ti chamava de amigo

    Lendo muitos romances
    Descobri que queria isso para a vida
    Planejando o final de semana
    Descobri a ausência de sua companhia

    Olhando para o céu toda noite
    Descobri que estrelas só brilham com você
    Fingindo estar vivendo
    Descobri que brincava de sobreviver

    Viajando para muitos lugares
    Descobri que você é o meu lar
    Entregando-me a novas relações
    Descobri que dificilmente irei me apaixonar

    Escrevendo uma poesia
    Descobri que nela não existe emoção
    Colocando a mão no peito
    Descobri que levastes meu coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Na sua falta

    agosto 29, 2022 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    O texto de hoje foi feito em 2018 mas acho que é o momento oportuno para postá-lo.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    NA SUA FALTA

    Procurando uma cópia sua
    Descobri que você é insubstituível
    Tentando seguir em frente
    Descobri que sem ti estarei sozinho

    Remexendo em nossas fotografias
    Descobri que me faltava aquele sorriso
    Olhando a agenda telefônica
    Descobri que só a ti chamava de amigo

    Lendo muitos romances
    Descobri que queria isso para a vida
    Planejando o final de semana
    Descobri a ausência de sua companhia

    Olhando para o céu toda noite
    Descobri que estrelas só brilham com você
    Fingindo estar vivendo
    Descobri que brincava de sobreviver

    Viajando para muitos lugares
    Descobri que você é o meu lar
    Entregando-me a novas relações
    Descobri que dificilmente irei me apaixonar

    Escrevendo uma poesia
    Descobri que nela não existe emoção
    Colocando a mão no peito
    Descobri que levastes meu coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Fallen Angel

    agosto 22, 2022 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou deixar um texto que fiz há 3 anos e que eu particularmente gosto muito.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Fallen Angel

    Você chegou rápida demais
    Sem freios, limites e paraquedas
    Foi difícil descrever aquela visão
    Meu Anjo nesta terra

    Beijastes meus lábios
    Abrindo os portões do Paraíso
    Foi intenso e indolor
    Era bom sentir-me vivo

    Acariciou meus cachos negros
    De uma forma sem igual
    Domou a fera em mim
    Oh, meu ser angelical

    Foi minha companhia
    Em caminhos antes escuros
    Não é mentira quando digo
    Trouxestes luz ao meu mundo

    Me fez gargalhar muitas vezes
    Com coisas que nem imaginava sorrir
    É incrível como não damos conta
    Como é fácil sermos felizes

    Inspirou-me de tal forma
    Que todo poeta almeja
    Milhares de versos foram escritos
    Contemplando tua singela beleza

    Amou-me de tal jeito
    Que nem os Céus permitiriam
    Toda paixão vale seus riscos
    E esta nos custou nossa fantasia

    Você chegou rápida demais
    Sem paraquedas, limites e freios
    Mas eu juro, não me arrependo
    De apaixonar-me por um Anjo Caído.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Olá,
    Como vão?
    Essa poesia é dedicada a todos os românticos que visitam o blog.
    Abraços e tenham uma excelente semana.

    Não sei me despedir de você
    Não sei olhar estes olhos
    E não espelhar contigo um futuro
    Não sei mais abraçar outras pessoas
    Que me façam sentir-me mais seguro

    Não sei abrir uma mensagem sua
    Sem sentir o meu coração palpitar
    Não sei ficar longe da sua companhia
    Pois só sua presença pode me confortar

    Não sei mais caminhar só
    Pois você me mostrou uma direção
    Não sei mais escrever poesias
    Na qual você não seja a inspiração

    Não sei abrir meu sorriso para ti
    Escondendo o medo de te perder aqui dentro
    Não sei o que fazer durante o dia
    Pois sem você perco a noção do tempo

    Não sei lidar com a saudade
    Pois te esquecer seria a maior insensatez
    Não sei me despedir de você
    Sabendo que essa pode ser nossa última vez.

    AUTOR:HONORATO,Sandro.

    14.05.2022

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Sociedade

    agosto 08, 2022 • Honorato, Sandro

    Olá.
    Como vão?
    A poesia de hoje é para boa parte da sociedade tóxica em que vivemos.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Sociedade
    Tem gente que abre sorrisos
    Mas por dentro desconhece a alegria
    Tem gente lhe apontando uma direção
    E elas mesmas estão perdidas

    Tem gente lhe cobrando muito
    E em troca oferecendo nada
    Tem gente querendo histórias novas
    Se prendendo a páginas nunca terminadas

    Tem gente te colocando pra baixo
    E que mal assume os próprios erros
    Tem gente morta por ai
    Com o coração pulsando no peito

    Tem gente machucando outras
    Querendo se curar provocando dor
    Tem gente tem relacionamento
    Que ainda é virgem de amor.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Te amar demais

    agosto 01, 2022 • Honorato, Sandro

    Olá.
    Como vão?
    Essa poesia é dedicada a todos que já gostaram de alguém e no fundo sabiam que iam viver aquela história de amor com a pessoa.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    Te amar demais
    Por te amar demais
    Eu faço do meu peito o teu lar
    Por te amar demais
    Aprendi a tocar seus lábios sem precisar beijar

    Por te amar demais
    Brinco com as palavras e te faço poesias
    Por te amar demais
    Juntos sei que disfarçamos nossas feridas

    Por te amar demais
    Sei que este é um adeus menos dolorido
    Por te amar demais
    Aceito que não passamos de “meros amigos”

    Por te amar demais
    Eu te deixo ir com um sorriso aberto
    Por te amar demais
    Sei que não preciso estar junto para estar perto

    Por te amar demais
    Eu nem derramo lágrimas na despedida
    Por te amar demais
    Te esperarei nem que seja numa próxima vida.

    AUTOR:HONORATO,Sandro.

    09.01.2022

    Veja também esses posts relacionados:

    instagram
    Translate »