• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Categoria: Honorato

    HonoratoPoesia

    Não…

    julho 19, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    O poema postado hoje foi criado em 2019 e sei que muitos que vão ler irão se identificar.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    NÃO…

    Não lembre de mim
    Apenas quando lhe esqueceram
    Não regue as flores do jardim
    Se as mais belas já morreram

    Não diga que me adora
    Se você não sabe expressar seus sentimentos
    Não adianta pedir desculpas
    Quando você esgotou sua cota de erros

    Não me beije no rosto
    Se antes os teus lábios me eram proibidos
    Não diga que vai ficar agora
    Pois antes éramos “apenas amigos”

    Não reescreva nosso futuro
    Se não há como apagar o passado
    Não cole os cacos deste coração
    Se você quem o deixou em pedaços

    Não corra atrás de mim
    Agora que prefiro distância
    Não fale aquelas doces palavras
    Se não é a mim que você ama.

    AUTOR: HONORATO,Sandro

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Não…

    julho 19, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    O poema postado hoje foi criado em 2019 e sei que muitos que vão ler irão se identificar.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    NÃO…

    Não lembre de mim
    Apenas quando lhe esqueceram
    Não regue as flores do jardim
    Se as mais belas já morreram

    Não diga que me adora
    Se você não sabe expressar seus sentimentos
    Não adianta pedir desculpas
    Quando você esgotou sua cota de erros

    Não me beije no rosto
    Se antes os teus lábios me eram proibidos
    Não diga que vai ficar agora
    Pois antes éramos “apenas amigos”

    Não reescreva nosso futuro
    Se não há como apagar o passado
    Não cole os cacos deste coração
    Se você quem o deixou em pedaços

    Não corra atrás de mim
    Agora que prefiro distância
    Não fale aquelas doces palavras
    Se não é a mim que você ama.

    AUTOR: HONORATO,Sandro

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Minhas súplicas

    julho 12, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou postar um poema que fiz em 2019 para uma pessoa bem especial.
    Espero que gostem.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    MINHAS SÚPLICAS

    Me dê um sorriso
    E eu lhe retribuo com minha alegria
    Me dê um papel e caneta
    E eu vou lhe escrever mil poesias

    Me dê um sorriso
    E em meus braços eu não te soltarei
    Me dê um beijo
    E eu lhe darei todos que guardei

    Me dê um dia ao seu lado
    E te farei lembrar para o resto da vida
    Me dê ao menos esperança
    E juro que por ti eu sempre lutaria

    Me dê um segundo de atenção
    E atenderei todos seus desejos
    Me dê uma oportunidade
    E verá que cumprirei tudo que te prometo

    Me dê um desafio
    E eu moverei mundos para alcançar
    Me dê uma única chance
    E eu dou minha vida toda para lhe amar.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    O Tempo

    julho 05, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje tem poesia nova e bem romântica para vocês 🙂
    Espero que gostem 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana

    O TEMPO
    Os segundos passaram
    E eu observava o balanço dos seus cabelos
    Meu carinho por ti aumentava
    E era difícil esconder tudo aqui dentro

    O sol raiava
    E com um beijo eu te acordava
    O dia escurecia
    E só em teu abraço eu pensava

    A alegria me contagiava
    E eu era feliz em ser seu namorado
    O meu peito gritava
    E eu só queria estar ao seu lado

    O verão chegou
    E eu lembro do nosso beijo de infância
    O outono deu as caras
    E as folhas no chão traziam más lembranças

    A Terra dá várias voltas
    E nelas ficamos distantes
    A vida seguiu em frente
    Mas eu queria tudo como antes

    As poesias que eu escrevi
    Em nenhuma te descrevi de verdade
    O tempo me deixou louco
    E eu te amei em cada segundo de insanidade.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Nocaute

    junho 28, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Este é um poema que fiz quando eu praticava boxe que é um esporte que eu amo e espero voltar logo.
    Mas é um poema que não deixa de ser romântico 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana.

    NOCAUTE
    Você me acerta com um cruzado
    Ou foi algo parecido que me desnorteou?
    Talvez sua vasta beleza
    Tenha este efeito em outras pessoas

    Você me afasta com palavras
    Este seu jab me machuca
    Não me deixe assim novamente
    Tão perto e tão longe de ti

    Você me dá um clinch
    Mas desta vez não me afasto
    Com nossos corpos suados neste abraço
    Peço que não me solte

    Você me beija
    E é como um nocaute
    Em menos de 10 segundos já vejo estrelas
    E você está no meu céu

    Você me diz que agora não
    E eu vejo mais um round perdido
    Mas como todo lutador
    Continuarei até chegar ao Cinturão, seu coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Do ônibus

    junho 14, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    como vão?
    Esta poesia é sobre aquele amor utópico: aquela pessoa que você vê dentro de um ônibus, metrô, ou na rua mesmo e imagina uma vida inteira com aquela pessoa. Aquela fantasia que todo adolescente já teve.
    Abraços e tenham uma excelente semana 🙂

    DO ÔNIBUS
    Eu imaginei nossas loucuras
    As tardes matando aula para namorar
    Esconder de todos o nosso namoro
    Aquela sensação boa de amar

    Eu imaginei você entrando pela porta
    Depois do trabalho nos separar por um dia
    Você me abraça, chora e despeja suas lamúrias
    E com um beijo logo me acalmaria

    Eu imaginei o nosso casamento
    A nossa lua-de-mel em Paris
    As noites de núpcias inesquecível
    E podendo leva-la onde você sempre quis

    Eu imaginei a nossa casa
    Sempre bagunçada com nosso cão e filhos
    Você me perguntando se estava tudo bem
    E eu lhe respondia com meu sincero sorriso

    Eu imaginei uma vida para nós dois
    Mas você partiu meu coração
    Do ônibus você levantou e saiu…
    Espero um dia continuar esta ilusão.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 114
    instagram
    Translate »