• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Categoria: Poesia

    HonoratoPoesia

    Navalhas

    março 29, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou deixar um poesia daquelas bem tristes, mas que considero uma das melhores que fiz recentemente.
    Espero que gostem 🙂
    Abraços

    NAVALHAS
    Me senti em pedaços
    Quando você dizia que sentia-se só
    E eu estava ao seu lado
    Me senti em pedaços
    Quando beijava sua boca
    E não sentia nada em teus lábios

    Me senti em pedaços
    Quando meus olhos a procuravam
    E você desviava os seus para o chão
    Me senti em pedaços
    Quando você me exigia demais
    E eu só podia oferecer essa paixão

    Me senti em pedaços
    Quando você me fez promessas
    E poucas foram cumpridas
    Me senti em pedaços
    Quando planejamos um futuro
    Que sabíamos ser uma utopia

    Me senti em pedaços
    Quando dormi ao seu lado
    E não enxergava mais um amigo
    Me senti em pedaços
    Quando eu tive que ir embora
    E deixei meu coração contigo.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Navalhas

    março 29, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou deixar um poesia daquelas bem tristes, mas que considero uma das melhores que fiz recentemente.
    Espero que gostem 🙂
    Abraços

    NAVALHAS
    Me senti em pedaços
    Quando você dizia que sentia-se só
    E eu estava ao seu lado
    Me senti em pedaços
    Quando beijava sua boca
    E não sentia nada em teus lábios

    Me senti em pedaços
    Quando meus olhos a procuravam
    E você desviava os seus para o chão
    Me senti em pedaços
    Quando você me exigia demais
    E eu só podia oferecer essa paixão

    Me senti em pedaços
    Quando você me fez promessas
    E poucas foram cumpridas
    Me senti em pedaços
    Quando planejamos um futuro
    Que sabíamos ser uma utopia

    Me senti em pedaços
    Quando dormi ao seu lado
    E não enxergava mais um amigo
    Me senti em pedaços
    Quando eu tive que ir embora
    E deixei meu coração contigo.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Por fora

    março 08, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou deixar uma poesia que fiz em outubro do ano passado.
    Espero que gostem 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana

    POR FORA
    Por fora eu fico sorrindo
    Por dentro desabo em lágrimas
    Por fora digo que estou bem
    Por dentro cada segundo me mata

    Por fora eu mantenho distância
    Por dentro eu a queria mais perto
    Por fora o calor tenta me aquecer
    Por dento sinto-me no inverno

    Por fora bebo para socializar
    Por dentro cada gole me lembra você
    Por fora sigo de cabeça erguida
    Por dentro está impossível não ceder

    Por fora estou cercado de rostos familiares
    Por dentro ainda pareço tão sozinho
    Por fora continuo poeta
    Por dentro as palavras não fazem sentido

    Por fora me cobram perfeição
    Por dentro sei que falhei com ti
    Por fora nego que a amo
    Por dentro o coração não sabe mentir.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Você era

    março 01, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou deixar uma poesia bem triste que fala sobre o fim de um relacionamento.
    Espero que gostem 🙂
    Abraços e uma excelente semana a todos.

    VOCÊ ERA
    Era um quebra-cabeças
    E você a peça me faltando
    Era um rio de emoções
    E você agitada como um oceano

    Era a primavera lá fora
    E aqui dentro as flores já estavam secas
    Era uma enciclopédia em minha cabeça
    E você me tirou as palavras certas

    Era uma estrada a seguir
    E você me deixou no beco sem saída
    Era uma fortaleza por fora
    E você chegou como uma Kriptonita

    Era meu ponto de refúgio
    E você hoje fica apenas na minha mente
    Era a história de amor que sonhei
    E você quis um final diferente

    Era um domingo de sol
    E eu chorava sem parar
    Era a razão para eu viver
    E você tirou todo meu ar.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Anormal

    fevereiro 08, 2021 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje deixo aqui um texto que fiz neste ano de 2021. Espero que gostem 🙂
    Abraços e tenham uma excelente semana.

    ANORMAL
    É normal pensar em você o dia todo
    E sua linda imagem ainda visitar meus sonhos?
    É normal fazê-la gargalhar
    Mesmo que por dentro eu esteja tristonho?

    É normal essa vontade de querer beijá-la
    Cada vez que observo teus lábios?
    É normal morrer de saudades suas
    Se passamos metade do dia colados?

    É normal alguém admirar a sua beleza
    E não sentir-se muito atraído?
    É normal acreditar em amor à primeira vista
    Se eu já desisti do meu cupido?

    É normal deseja-la tanto
    Se sabemos que tê-la é uma utopia?
    É normal tentar decifrá-la em versos soltos
    Se você por si só vale mil poesias?

    É normal querer que você encontre felicidades
    Mesmo que não seja ao meu lado?
    É normal ter este coração cheio de amor por ti
    Se um dia não formos namorados?

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou deixar uma poesia que fiz logo no inicio da quarentena do ano passado.
    Já adianto que é bem triste
    Espero que curtam.
    Abraços e tenham uma excelente semana

    NO DIA QUE ELA TE DEIXOU
    No dia que ela te deixou
    Eu sei que você chorou feito uma criança
    Uma criança que quebrou o brinquedo
    O brinquedo que você achava insubstituível

    No dia que ela te deixou
    Eu sei que você jogou fora as fotos
    Fotos que hoje trariam péssimas lembranças
    Lembranças de quem não te merece

    No dia que ela te deixou
    Você fez do copo e cerveja sua companhia
    Mas beber não apaga as memórias
    De quem bebeu e menosprezou você

    No dia que ela te deixou
    O mundo parecia desabar
    Mas todos nós caímos
    E só fica no chão quem quer

    No dia que ela te deixou
    Eu sei que você gritou
    Gritou consigo por ter falhado na relação
    Ficou sem voz e sem ela

    No dia que ela te deixou
    Você não soube
    Mas você recebeu uma nova chance
    De mudar sua vida para melhor

    E se um dia quem te deixou
    Voltar a bater a sua porta (?)
    Não a deixe entrar 
    Porque aquele velho camarada foi ela quem enterrou.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 4 59
    instagram
    Translate »