• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Categoria: Textos

    Outros AutoresTextos

    Adeus Você

    agosto 12, 2012 • Honorato, Sandro

    Hoje eu arrumei minhas malas, hoje decidi seguir em frente. Não veja como um abandono, por favor meu bem, estou apenas fazendo escolhas. Escolhas que acho corretas.
    Sinto muito pelas fotos e retratos, eu tive que tirá-lo de mim e joga-los no passado de alguma forma, essa foi a única que encontrei.
    Eu rasguei várias fotos, inclusive àquelas que lhe pertenciam, simplesmente por pensar que isto ajudaria a esquecer. Mas como se esquece de amar?
    Lembra do que vivia dizendo? “Nada dura para sempre”. De modo algum foi um aviso do que estava por vir, eu mesma não imaginava que algo assim viria a acontecer, havia dito isto tentando ser mais realista, queria ser sincera contigo e, principalmente, comigo mesma.
    No entanto, meu bem, posso prometer que as minhas lembranças irão durar, irão durar para sempre enquanto eu viver. Porque é impossível esquecer de uma época em que fui tão feliz.
    Oh, querido, chegou a hora de crescer, de seguir em frente e de, infelizmente, fazer do nós uma simples recordação.

    Adeus você
    Eu hoje vou pro lado de lá.
    Eu tô levando tudo de mim que é pra não ter razão pra chorar.
    Vê se te alimenta e não pensa que eu fui por não te amar.
    Cuida do teu pra que ninguém te jogue no chão.
    Procure dividir-se em alguém, procure-me em qualquer confusão.
    Levanta e te sustenta e não pensa que eu fui por não te amar.
    Los Hermanos

    Veja também esses posts relacionados:

    Outros AutoresTextos

    Por toda a minha vida

    dezembro 07, 2014 • Honorato, Sandro
    Leia ao som de – Heaven }
    Mesmo sem eu entender direito você foi chegando em minha vida de um jeito maneiro, perfeito, mágico. Foi quando descobri que alem de bons amigos a partir daquele momento nos tornaríamos um casal, e foi como uma avalanche de sentimentos se misturando dentro de mim. Porque na hora a gente não entende, não sabe como reagir, afinal éramos grandes amigos, de repente, você se torna o grande amor da vida, mas depois com o tempo vamos assimilado à ideia, e acabamos por perceber que era exatamente assim que tinha que acontecer. O amor não nos revela data nem hora para surgir ele apenas acontece para aqueles que acreditam na sua força, porque o verdadeiro amor supera todas as barreiras.
    A cada dia que vivo ao teu lado percebo que o destino só reservou bons momentos, mesmo passando por turbilhões de emoções no mantemos unidos, provando que o amor supera toda e qualquer obscuridade.
    Te conhecer foi como ganhar um presente da vida, o melhor que já recebi. Todos os dias, enxergo em você um homem forte, inteligente, e sem duvida, a sua maior característica é a força munido à persistência – ta pra existir um homem mais insistente do que você. Admiro sua coragem por nunca desistir dos seus sonhos, e a sua perfeição, seus defeitos, pois tudo isso representa quem você é um homem integro possuindo valores incalculáveis. Chamando minha atenção exatamente por ser você.
    A você, meu grande amigo meu amor, dedico todos os meus versos e composições, pois todos os meus sentidos só me levam a você.

    Veja também esses posts relacionados:

    Outros AutoresTextos

    NOSTALGIA de você

    novembro 14, 2014 • Honorato, Sandro

    { Leia ao som de – Let It Go }




    Sabe às vezes as palavras não são capazes de expressar o que sentimos, mesmo assim resolvi tentar, quero que saiba o quanto você é importante pra mim.  Te dedico algumas palavras, na esperança da sua compreensão sobre o que sinto quando estou longe de você, por favor, não me leve a mal, apenas tente me entender, pois por mais que eu tente ainda não superei a falta que você me faz.
    Às vezes fico me perguntando, meu Deus aonde foi que eu errei? A resposta parece clara, nós apenas tentamos, quando deveríamos ter lutado em nome nosso amor.
    Não pense que eu desisti, ainda desejo te encontrar e ter coragem de te dizer tudo que eu sempre quis… 
    Não sou mais aquela menina ingênua, insegura que um dia você conheceu. Agora eu sou uma mulher disposta a encarar tudo que a vida tem a me oferecer, sem medo de esbarrar nos obstáculos, sem frescuras sou apenas eu trilhando meu caminho, só que sem você… Aprendi também que o tempo não cura todas as feridas nem apaga por completo o passado, tão pouco alivia a saudade, mas ele faz um bem danado pra alguém como eu.
    Estou superando meus limites sobrevivendo a nostalgia de você (é bom que saiba), porque viver é assim, a gente espera pra descer na próxima estação não se escolhe nem se sabe o que nos espera do outro lado apenas acredita -se que algo bom está preste a acontecer, e vai, porque precisamos seguir em frente antes que não nos reste nenhuma possibilidade de ser feliz. É como aquela frase de Charles Chaplin que dizia: “A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios”.
    Você sempre foi meu porto seguro, alguém que eu sempre dividir meus momentos, meu grande amigo, um amor impossível de esquecer, guardo na memória cada um desses momentos porque sem querer, você me fez ser quem sou hoje. 
    E a quem me disse que seria fácil esquecer um grande amor, mentiu, pois eu jamais consegui esquecer aquele abraço, o cheiro, o jeito… Não é por acaso que o meu primeiro pensamento do dia é dele.
    Paixões vem e vão, mas amor só existe um, e é pra toda vida, porque esse é o ciclo da vida,  pois o amor é o antídoto contra todo mal.


    Apenas desejo que você fique em paz com seu novo amor, entre outras palavras, fique ai onde está que amanhã será mais um dia sem você. Só espero que você se lembre de mim.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoTextos
    Olá 🙂
    Como vão?
    Hoje vou deixar o texto mais recente que fiz…tentei fazer uma carta,mas não sei se deu muito certo.
    Abraços e bom final de semana a todos.
    A coragem que me falta
    Esta não é a primeira carta (ou tentativa de carta) que escrevo para ti, mas, deve ser a primeira que tenho coragem em postar aqui.
    Coragem. Esta
    ai algo que me falta, além de ti, é claro.
    Porque eu não sou o cara mais romântico deste planeta, nem deste país… talvez nem do bairro.
    E me falta coragem e faltou mais ainda quando eu estava tão perto de ti e nada falei. Talvez eu seja bom em escrever –coisa que discordo – mas, ensaiei nos últimos meses uma declaração perfeita para ti. O espelho lá de casa sabe bem disso.
    Mas perto de ti fico até sem palavras. Sua beleza faz cada letra sumir da minha boca me deixando com esta cara de bobo que você conhece muito bem.
    Todo dia no celular eu lhe escrevo uma declaração, dizendo o mais óbvio “eu te amo”, mas em vez de apertar em enviar eu a apago.
    Mas não consigo te esquecer.
    É tão fácil gostar de você.
    Tão fácil me perder nos teus olhos castanhos e nunca mais querer achar o caminho para casa ali. Tão bom te ver rir das minhas piadas, mesmo que elas não sejam engraçadas, pelo menos posso ver o sorriso mais lindo do mundo se abrir. Tão bom poder sentir que algo em mim renasceu… saber que hoje posso escrever poesias e dedicá-las de corpo e alma a alguém que talvez nem me corresponda,mas no fundo o poeta não se sente bem correspondido pois já ter uma musa inspiradora já lhe é suficiente. E você é a minha.
     Mas voltando ao assunto coragem… o meu maior medo é te perder. Não de perdê-la para um outro rapaz,porque sei que sempre vou gostar de ti e se você não demorar muito para me notar aqui,posso te esperar minha vida toda…o problema é que não quero perder nossa amizade.
    Você entende o que eu falo né? Somos amigos pra car* e descobri que a melhor maneira de se
    apaixonar por alguém é sendo amigo dela…obrigado por ser este alguém.
    No fim das contas ainda falta coragem para lhe dizer isso tudo cara a cara.
    No fim das contas só tenho coragem para lutar pelo seu doce coração contra tudo e contra todos.
    No fim das contas, só posso dizer que eu realmente aprendi o que é amar.
    Beijos
    Honorato, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    Outros AutoresTextos

    I miss you

    outubro 08, 2014 • Honorato, Sandro

    { Leia ao som de – Find Me }
                                            Em Algum Lugar do Meu Coração … 
    Sabe aquele dia em que te conheci? Lembro-me como fosse hoje,
    inclusive das folhas secas caindo na estação mais linda do ano, o outono (nossa estação preferida), e como é bom
    relembrar. Éramos duas crianças vivendo no nosso mundo. Corríamos no parque,
    tirávamos as melhores fotos, gritava o nosso amor para quem quisesse ouvir, e todos
    queria aquela nossa alegria espontânea e mágica, uma amizade inquebrável, é
    exatamente assim que resumo nosso tempo juntos. Inquebrável.
    É, agente era feliz, mas não sabia ou talvez não estivesse
    preparados para conceber tamanha disposição para amar, porque nem sempre as
    pessoas estão prontas para serem felizes e realizadas em certos momentos. Não era
    nosso momento. São coisas que só o tempo explica. Mas prefiro acreditar que o
    tempo esteja lapidando nossos corações para o dia do nosso reencontro.
    Quando me pego pensando em você, posso voltar a acreditar no
    amor. Esta bem tem dias que agente acorda querendo acreditar, em outros
    queremos apenas ter mais um dia, mas não da pra viver assim entre o meio termo,
    temos que ser algo que faça valer a pena, temos o dever de nos permitir amar e
    se amados, porque sem amor nada somos.

    Eu fiz minhas escolhas, escolhi transpor meus medos para bem
    longe, escolhi acreditar no amor, escolhi esperar por você, meu amigo meu amor.
    Pois com a sua ausência eu aprendi a ultrapassar todos os meus limites, e quando
    a vida tenta me abater trazendo a tona minhas mazelas, logo me torno forte e
    sobrevivo ao vendaval, pois em qualquer circunstância da minha vida eu terei
    você na memória e coração.

    Veja também esses posts relacionados:

    Outros AutoresTextos

    For you

    setembro 24, 2014 • Honorato, Sandro

     

    { Leia ao som de – My Sacrifice }
     
     
    “Gostar de alguém é função do coração, mas esquecer, não. É tarefa da nossa cabecinha, que aliás é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação. Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto: não gosto mais dele, não quero mais saber daquele prepotente, desapareça, um, dois e já! “

    Por: Martha Medeiros 

     

     

    Hoje eu acordei de um sonho turbulento, nele eu via você, meu grande amor se afastando de mim, se tornando cada vez mais invisível. Acordei num pulo, e como você já deve imaginar eu estava muito assustada já que a sensação da perda é muito dura e desconfortável.  Mas ai eu lembrei, você não esta mais aqui, não somos mais um casal feliz como fomos um dia, nada mais é justificável. Então devo me contentar a viver de saudade, lembranças me atormentado nesses dias que se arrastam.
    Me permita te dizer algumas poucas palavras que resume exatamente o que eu sinto por você.
    Lembra quando andávamos de mãos dadas no parque? –  tola lembrança, eu sei, mas foi assim que você me cativou bem aos pouquinhos, na simplicidade dos nossos dias – E quando você me apresentou aos seus pais dizendo que você já havia encontrado a mulher da sua vida, nossa, como eu fiquei radiante naquele dia.Eu nunca esqueci nenhum desses momentos, pois foram eles o motivo da minha alegria, a força dos meus dias, eu estava sendo correspondida. Foram nesses momentos em que eu me libertei dos meus medos e tantos outro clichês. Te agradeço por isso! Porque em cada um desses momentos existia você, tudo se tornava possível para nós, um casal a beira da felicidade em plena harmonia de espírito. Reciprocidade resumia nossa cumplicidade.

    Foram essas coisas, aparentemente simples, mas que tornava tudo mais fácil pra mim, porque você fazia parte da minha história.  Eu sempre quis crer que seria você o co-autor da minha história …
    Sei que não é fácil recordar e não sentir saudade, mas também não é fácil permanecer no escuro, longe de quem se ama a mercê da solidão.Sinto sua falta, não nego, mas também aprendi a viver um dia de cada vez.

    Por mais que eu tente, ainda lembro, me emociono, me despedaço tentando buscar a uma única explicação cabível que justifique a falta que você me faz.
    Mas nesse caminho eu não posso parar por isso tento seguir minha jornada sem sua presença,  percebo que ainda é possível enxergar um horizonte ao fim dessa minha jornada solitária. É como disse o poeta: “Agora, o remédio é partir discretamente, sem palavras, sem lágrimas, sem gestos. De que servem lamentos e protestos, contra o destino?” 

    Eu apenas precisava te dizer em palavras o que as minhas atitudes não conseguem transmitir, busco viver um dia de cada vez – longe de você – não está sendo fácil, mas não será impossível também, afinal o que mais pode ficar de um bom relacionamento se não as coisas positivas que tiramos dele? eu aprendi muito com você, entre todos os aprendizados  um deles foi a ter ainda mais força diante das dificuldades impostas pela vida, você sempre me dizia para não desistir de nada mesmo se o mundo tentar a todo custo me derrubar, você dizia que eu precisava ser forte e não parar, e assim todos os meus sonhos seria possível – você estava certo, mas faltou me ensinar a te esquecer -.Resolvi prosseguir com algumas lembranças na bagagem e com um coração cheio e saudadeporque o sol sempre nasce no outro dia,  assim você me dizia.

     

    Ah! se eu pudesse voltar no tempo, mudaria tantas coisas, não desistiria de você. Mas pensando bem, você também desistiu de nos. Então só me resta acreditar que um dia a vida ira nos reencontrar trazendo momentos ainda melhores: flores pelo caminho, um amor pra além da vida.
    Eu acredito  que a vida está apenas rabiscando o rascunho da nossa trajetória até aqui, para depois nos unir com ainda mais força, amadurecimento e coragem . Seremos mais sentimento, mais razão,mais equilíbrio tornando a nossa história uma inspiração.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 5 6 7 8 9 25
    instagram
    Translate »