• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Categoria: Outros Autores

    OutrosOutros AutoresTextos

    Renascer

    agosto 19, 2013 • Honorato, Sandro

    “O fim do amor é ainda mais triste do que o nosso fim. 
    Meu amor está cansado, surrado, ele quer me deixar para renascer depois, lindo e puro, em outro canto (…)”
    – Tati Bernardi –

    Já pode parar de gritar o nome dele, Amor… ele já se foi.
    Dizem que, saudade é o que fica quando você, o Amor, vai embora… então por favor, que seja só saudade.

    Porque amá-lo por mais um segundo, sem que ele me ame de volta, é tortura.

    Talvez não faça sentido algum mas, eu tenho essa ideia fixa, de que se esse amor se resumisse a saudade… talvez eu estivesse um pouco mais perto do ponto final de que preciso.
    De que se fosse só saudade, saudade da gente e de quem éramos juntos, isso acabasse se compactando em lembranças e então eu pudesse ‘nos guardar’ em algum lugar da minha mente, longe o suficiente do meu coração para não parti-lo diariamente.
    Talvez assim você habitasse minha mente menos nocivamente, talvez assim fosse menos intenso… fosse menos Amor.

    Queria que fosse só sentir saudade… mas, como diria Renato Russo; tem sempre algo mais.

    Eu só quero que acabe, que finde… que vá embora com você, se tiver que ir.

    Entre as opções que tenho, escolho saudade. Escolho amor com menos intensidade, escolho adeus que não leve uma parte de mim… escolho ficar com nós dois aqui enquanto você vai embora.

    Escolho a gente e o que já fomos.

    Escolho sentir saudade do que era bom ao invés de amar o que não é mais meu.

    E, talvez soe egoísta eu sei… mas, talvez também seja aquilo de nós insistirmos em confundir amor-próprio com egoísmo algumas vezes sem saber que, há momentos, em que amor-próprio é a única coisa que te faz seguir em frente.

    Talvez não inteira, talvez não completamente feliz… ainda. Mas, com a certeza de que você vai ficar bem.

    Com a certeza de que você e esse tal de Amor farão as pazes um dia… que você vão se esbarrar de novo e que dessa vez você vai se conhecer melhor – vai se ver melhor – e vai estar preparada. Que seus sentimentos estarão nos lugares certos, serão dados as pessoas certas.

    E talvez você ainda vai carregar essa saudade, de pessoas e de coisas, mas… tudo bem. Acho que essa é a única bagagem que a gente leva no fim; as pessoas que tocaram e foram tocadas por nós em nossas vidas. E não é ruim. Não é um peso a mais ou algo assim, quando se carrega pessoas dentro de si. É a vida acho… e é aterrorizante, paralisante e dolorida.

    E, de algum jeito misterioso, consegue também ser maravilhosa ao mesmo tempo.

    Você vai encontrar esse outro canto onde, Tati Bernardi disse uma vez; seu amor renascerá lindo e puro… imaculado.

    É aí onde sua história realmente começará.

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosOutros AutoresTextos

    Boa tarde!

    Às mães de todo Brasil
    Ofereço o brilho de um cometa
    Para tal beleza comparar
    Sem jamais pestanejar
    Por Deus abençoada
    Por Maria imaculada
    De seu ventre surge a vida
    Mãe tu és consagrada.Algumas mães são carinhosas e outras são repreensivas, mas isto é amor do mesmo modo, e a maioria das mães beija e repreende ao mesmo tempo. 

    O amor de mãe por seu filho é diferente de qualquer outra coisa no mundo. Ele não obedece lei ou piedade, ele ousa todas as coisas e extermina sem remorso tudo o que ficar em seu caminho.

    Um homem quer a seu amor mais que a ninguém, a sua esposa melhor que a ninguém, mas a sua mãe mais tempo que a ninguém.

    Você sempre será uma criança enquanto tiver uma mãe a quem recorrer. 
      
    Ela não abandona jamais. Não há desgosto capaz de afastá-la da sua cria. Que força. Que poder. Que coragem.

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosOutros AutoresTextos

    A REPRESENTAÇÃO ARTÍSTICA DO FEMININO AO LONGO DO TEMPO 
    A Eterna Vênus ainda persiste, mesmo nos mangás e animes


    As artes gráficas (ilustrações, quadrinhos [e mangás]) ofereceram um campo aberto à uma nova forma de representação de um tipo mais audacioso de mulher, diferente da “grande arte”.
    Em termos de representação do corpo-mulher nos quadrinhos, temos, à partir dos anos 30, ao lado de coadjuvantes submissas, das eternas noivas ou namoradas dos primeiros super-heróis, tivemos também as personagens femininas que souberam se impor num mundo ordenado segundo a visão patriarcal.
    As heroínas das HQs norte-americanas, como a Mulher-Maravilha, Mulher-Gato, são as primeiras lembradas, e notadamente a emergência dos mangás e animes japoneses, onde em muitas obras as personagens mulheres são as centrais e determinantes no enredo. Vários são os mangás onde elas são as “salvadoras do mundo”! Podemos citar as obras ‘Freezing’ dos autores Dall-Young Lim e Kwang-Hyun Kim e ‘Claymore’ do autor Norihiro Yagi.
    Mas, concernente à isso uma coisa está sempre presente nessas obras, desde as épocas mais afastadas da humanidade: a sensualidade feminina. Eva, Lilith e Pandora, as “rebeldes” são tão fortes quanto leoas e tão belas quanto Afrodite e Freya.

    De fato, não é possível imaginar a arte sem a presença da mulher; principal inspiradora de diversos artistas, como pintores, escritores, músicos. Talvez nenhum outro ser inspirou tanto a criação artística como a mulher. É durante a Antiguidade, que a arte grega devota um culto ao corpo feminino, e a arte romana também a valoriza através de esculturas. Na Idade Média, a arte sofre um lapso e quase bane a mulher. A Renascença estabelece um culto pagão à Beleza, cujo maior representante é a mulher que durante o século XVIII as mostra representadas com virtudes do corpo e da alma. Por fim, a mulher moderna, marcada pela presença cada vez maior dela também como criadora da arte, e não apenas representada por esta.

    A ETERNA VÊNUS – A Vênus de Milo, escultura em mármore, representa a deusa grega Afrodite, simbolo do amor sexual e beleza física, data de cerca de 130 a 100 aC e acredita-se seja obra de Alexandros de Antióquia. Quando foi encontrada na ilha de Milos, no Mar Egeu, em 1820, por um camponês, estava quebrada ao meio, as mãos, danificadas e separadas do corpo, mas ainda possuía os braços.
    Alguns estudiosos pensam que ela estava encostada em um pilar porque fazia parte da obra uma coluna com inscrições identificando a escultura como Vênus vencedora do concurso de beleza julgado por Páris.
    Essa escultura-ícone da arte representando a mulher, é incontestavelmente o modelo seguido por gerações de artistas ao longo dos séculos que se seguiram. As feições, os trejeitos, o movimento… ela é um modelo-ícone da escultura ocidental, representa o que uma mulher idealizada deveria ser! É a perfeita representação 3D do subconsciente dos artistas homens ao longo dos séculos de história…

    NO ORIENTE – A Shunga foi uma corrente artística japonesa com temática sexual derivada do movimento Ukiyo-e, produzida durante o Período Edo do Japão, entre o século 17 e 19.
    Os livretos e desenhos eram feitos por artistas de Ukiyo-e, pois conseguiam vender as obras com temática sensual com mais facilidade – até hoje isso se mantém!

    Após o primeiro contato com o Ocidente, através dos portugueses, católicos fervorosos, o Japão passou a experimentar um choque cultural e a consequente assimilação de alguns valores e hábitos dos europeus. E a arte, a sexualidade ocidental não foi exceção à regra. Esculturas e pinturas das exóticas e belas mulheres ocidentais, loiras e ruivas de cabelos cacheados, e até as belas africanas que acompanhavam os ocidentais encantaram os japoneses.
    A partir daí e mais recentemente ainda, voltando a temática dos quadrinhos e mangás, desenvolveu-se uma perfeita junção de dois mundos na representação do corpo feminino nessas obras. Os gêneros hentai e ecchi são famosos e acessados por pessoas do mundo inteiro pela internet, e mostram personagens mulheres com corpos voluptuosos; são as eternas Vênus!
    Sim, só que trasvestidas à maneira japonesa. Como resultado da influência ocidental, os japoneses também evocam a imagem-ícone do corpo feminino idealizado!
    Obras de mangá/anime como Queen’s Blade, Ikkitousen, Koihime Musou, Highschool DxD e tantas outras dos gêneros citados pouco acima são a perfeita representação em arte de desenho da eterna Vênus.

    Eu quando mais jovem, gostava muito de desenhar. Coisa de família, uma de minhas irmãs é artista plástica e pretende se formar na área.
    Infelizmente, eu já abandonei esse hábito de desenhar.
    Em se tratando de animes, meus primeiros traços foram dos Cavaleiros do Zodíaco, logo depois comecei a apreciar a beleza das personagens de Sailor Moon e bingo! Foram as mais desenhadas por mim! Creio, e reparando depois nos meus livros de história da arte, que se tivesse continuado e seguido com os desenhos e consequentemente as pinturas, seriam as mulheres as mais retratadas por mim também como a grande maioria dos artistas. Juro, por Ticiano e sua icônica Vênus de Urbino! Mas o gosto pela leitura, o prazer e a busca por conhecimento me levaram a abraçar a História e a Filosofia! Pretendo me casar com a primeira e fazer da segunda minha amante! No papel, tudo certinho.
    Bem, espero que tenham apreciado esse texto, tive várias fontes de consulta bibliográficas como não poderia deixar de ser. Até a próxima. – Daniel Lima

    Obs: Desde 1821 a famosa escultura da Vênus de Milo (que não é o Milo de CDZ) encontra-se no museu do Louvre em Paris.

    Nas imagens abaixo: “O Nascimento de Vênus” (1483) do pintor italiano Sandro Botticelli e a personagem Sonken Chuubou do mangá/anime Ikkitousen do autor japonês Yuji Shiozaki feita pelo character design Rin-Sin.
    A Vênus do francês Bouguereau e a personagem Rias Gremory da light novel/anime Highschool DxD do autor Ichiei Ishibumi feita pelo character design Junji Goto. A semelhança é notável.

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosOutros AutoresTextos

    Bom dia!

    DERRUBANDO PRECONCEITOS: ECCHI TAMBÉM TEM CONTEÚDO!

    Muitos entusiastas do mangá e anime costumam olhar com desdém mangás e animes do gênero ‘ecchi’ (com conteúdo sensual mas sem ser pornô) segundo alguns grupos.Algumas mulheres não gostam de ser vistas como objeto sexual enquanto muitos homens afirmam que você não absorve conteúdo lendo esses mangás,outros são meio grosseiros afirmando que o indivíduo é incapaz de se relacionar com uma mulher de verdade.

    “Mas será que é isso mesmo?ecchi é visto como algo apelativo?Bom vivemos num país onde a liberdade sexual é bem alta(até exagerada em certo ponto).No Rio é comum vermos mulheres de corpos esculturais exibindo seus dotes nas praias em pequenos fio dentais,vemos elas aparecendo com seus vestidos curtíssimos em programas de TV,propagandas de lingeries em outdoors até nas novelas as chamadas “piriguetes” se tornaram um padrão,em todas tem uma.
    A verdade é uma só: o sexo é algo natural do ser humano, pessoas gostam de sexo e falar sobre sexo, logo adoram algo apimentado para atiçar os seus instintos.Quem acha que não vive num mundo de faz de conta,não encara a realidade dos fatos.Então é mais do que normal a exploração da sensualidade da mulher nas mídias.Cantoras famosas abusam da sensualidade como Rihanna ou Koda Kumi, isso é atraente ao sexo masculino.E as mulheres também tem, como prova cantores como Rick Martin as boy bands coreanas e os cantores de sertanejo universitário por aí.

    Por isso não podemos julgar uma obra pela capa e sim se o conteúdo é interessante. Ninguém duvida que Rihanna é uma excelente cantora mesmo com tamanha sensualidade?A mesma coisa devemos dizer de mangás.Muitos realmente são sem dúvida apelativos como KissXiss e seu protagonista a volta de cenas semi hentais com duas irmãs gêmeas,mas outros usam o ecchi como forma de atrair público assim como a indústria fonográfica faz com a música,ou o mangá shonem com seus clichês e fórmulas de sucesso.
    O que a gente precisa é analisar e saber o que é interessante ou não.As personagens femininas podem mostrar mais do que o corpo e serem interessantes também por suas qualidades e defeitos. Conclusão
    É preciso julgar o trabalho pelo todo e não só pelo conteúdo que ele tem.Da mesma forma que existem mangás apelativos ao público otaku japonês (aqueles doentes) existem também mangás com toque de sensualidade mas com um conteúdo atraente até pra quem não gosta dessas coisas.e convenhamos vivemos num País tropical,com muita liberdade e mulheres sexys a todo o instante pra onde quer que nós vamos.Temos que parar com preconceitos, pra vivermos de forma mais divertida!E mangá é entretenimento e deveria ser tratado como tal!

    Fonte: OTAKU LIFE

                                                                     

    Daniel Lima

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosOutros AutoresTextos

    Belo pensamento

    abril 27, 2014 • Honorato, Sandro

    BOM DIA. EIS AÍ UM BELO PENSAMENTO…

    Mas eu sempre penso que vou guardar no meu coração todas as minhas lembranças até o fim. Mesmo que sejam lembranças tristes que me machuquem muito. Mesmo que sejam tão tristes que eu queira esquecer sobre elas para sempre. Se eu puder suportá-las e não fugir delas, então, um dia… Um dia isso vai me fazer uma pessoa mais forte. Eu quero acreditar nisso. Eu quero acreditar que nenhuma lembrança deve ser esquecida para sempre.
    — Momiji – Fruits Basket



                                                                                                                                                                                                                                                                                                                      Daniel Lima

    Veja também esses posts relacionados:

    OutrosOutros AutoresTextos

    Filosofia e Anime

    abril 20, 2014 • Honorato, Sandro
    Filosofia e Anime : Belíssimo pensamento do personagem Shaka do famoso anime Cavaleiros do Zodíaco
    “As Flores brotam, e morrem…

    “As estrelas Brilham, Mas um dia se

    apagarão…

    Tudo morre…

    A terra,o Sol, a Via Láctea e até mesmo todo este universo não é exceção!

    Comparado a isto,

    a vida do homem é tão breve e fugidia quanto um piscar de um olho…

    Neste curto Instante,

    os homens nascem, Riem, choram,

    Lutam, Sofrem,

    Festejam, Lamentam,

    odeiam pessoas e amam outras!

    Tudo é transitório…

    E em seguida,

    Todos caem no sono eterno chamado morte…”

    Shaka de virgem                                                                                                                                                                                                                                   Olá, pessoal! Me chamo Daniel, estou começando hoje aqui no blog. Tenho especialidade em mangás e animes e postarei muitas coisas relativas a isso, especialmente na parte de poesias, frases, pensamentos e também notícias e curiosidades. Também postarei frases inspiradoras e reflexivas minhas e de outros. Bem, espero me dar bem com todos vocês!

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 4 5 12
    instagram
    Translate »