• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Categoria: Honorato

    HonoratoMúsica

    Imperfect.

    maio 25, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou postar uma música que considero uma verdadeira poesia.
    Triste, mas que não deixa de ser uma poesia.
    Espero que curtam 🙂
    Abraços

    Stone Sour – Imperfect (Imperfeita)

    Some things are better off forgotten
    Algumas coisas são melhor serem esquecidas
    We bury them in places that we really only visit by ourselves
    Nós as enterramos em lugares que são visitadas apenas por nós mesmos
    Oh, you were a version like no other
    Oh, você foi uma versão como nenhuma outra
    Oh, they never tell you what to do when all you see is gone
    Oh, eles nunca te dizem o que fazer quando tudo que você vê se foi
    What’s the sense in anything when what they say is wrong?
    Qual o sentido em qualquer coisa quando o que eles dizem está errado?

    Oh, what do you want to hear?
    Oh, o que você quer ouvir?
    Do you wanna know how many times
    Você quer saber quantas vezes
    I tore myself apart cuz you’re not here?
    Eu me parti em pedaços porque você não estava aqui?
    Oh, why do you want to know?
    Oh, por que você quer saber?
    Does it make you feel alive?
    Isso faz você se sentir viva?
    I had to die to finally let you go
    Eu tive que morrer para finalmente te deixar ir

    Stop me… I find myself believing
    Me pare… Eu me encontrei acreditando
    A story gets rewritten so a blasphemy’s permitted once again
    Uma história é reescrita e a blasfêmia é permitida de novo
    Oh, and you were so perfectly imperfect
    Oh, e você era tão perfeitamente imperfeita
    Oh, they never tell you what to do when all you have are lies
    Oh, e eles nunca te dizem o que fazer quando tudo o que você tem são mentiras
    What’s the sense in anything? It’s just one more goodbye
    Qual o sentido em qualquer coisa? Isso é apenas mais um adeus

    Oh, what do you want to hear?
    Oh, o que você quer ouvir?
    Do you wanna know how many times
    Você quer saber quantas vezes
    I tore myself apart cuz you’re not here?
    Eu me parti em pedaços porque você não estava aqui?
    Oh, why do you want to know?
    Oh, por que você quer saber?
    Does it make you feel alive?
    Isso faz você se sentir viva?
    I had to die to finally let you go
    Eu tive que morrer para finalmente te deixar ir

    Finally, let you go.
    Finalmente, te deixar ir.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoParceriasResenha

    Olá,
    Como vão?
    Hoje vou postar mais uma resenha – livro de cortesia em parceria com a Universo dos livros.
    Abraços

    SE NÃO HOUVER AMANHÃ

    SINOPSE
    Lena Wise está sempre ansiosa pelo dia seguinte, especialmente porque está começando o último ano da escola. Ela está decidida a passar o máximo de tempo possível com os amigos, completar as inscrições da faculdade e talvez informar seu melhor amigo de infância, Sebastian, sobre o que realmente sente por ele. Para Lena, o próximo ano vai ser épico — um ano de oportunidades e conveniências.

    Até que uma escolha, um instante… destrói tudo.

    Agora Lena não está ansiosa pelo dia seguinte. Não quando o tempo que dedica aos amigos pode nunca mais ser o mesmo. Não quando as inscrições para a faculdade podem ser qualquer coisa, menos viáveis. Não quando há o risco de Sebastian jamais perdoá-la pelo que aconteceu.

    Pelo que ela permitiu que acontecesse.

    À medida que sua culpa aumenta, Lena está ciente de que sua única esperança é superar o ocorrido. Mas como é possível seguir em frente quando a existência inteira, tanto dela quanto a de seus amigos, foi transformada?
    Como seguir em frente quando o amanhã sequer é garantido?

    MINHA RESENHA
    Lena está de férias, prestes a entrar no seu último ano antes da faculdade.
    E como todo jovem nesta época, existe o lado bom e ruim: o bom é que ela está cercada por seus amigos, seu “crush” – caso de amor não correspondido e quer curtir cada momento. Do outro lado, está uma relação conturbada com seu pai, e a indecisão sobre qual universidade irá ingressar.

    Mas sabe isso que dizem que devemos viver como se não houvesse um outro dia em nossas vidas? Lena aprendeu na pele isso.
    Uma decisão ruim fez com que muitas coisas fossem alteradas em sua vida.
    E o pior, foi que ela pensou que se afastando de tudo e todos que a amavam, ela iria juntar os pedaços.
    Nós não conseguimos uma máquina do tempo para apagar nossos erros, mas podemos e devemos lidar com eles, nos servindo de lição.
    E foi assim que foi se desenrolando a história, uma narração de Lena e sua tentativa de voltar a ser quem era antes da noite trágica.

    Gostei do livro no sentido de mostrar ao leitor que todos nós tomamos decisões ruins mas que devemos seguir em frente.
    Não gostei no sentido de que achei muita enrolação, sabe? A gente quer ajudar Lena a se reerguer e, – infelizmente – não podemos fazer nada KKKKKKK.

    Mas de todo modo, recomendo a leitura.

    DADOS BIBLIOGRÁFICOS
    Autoria: Jennifer Lynn Armentrout
    ISBN-13: 9788550302973
    ISBN-10: 855030297X
    Ano: 2018
    Páginas: 384
    Idioma: Português
    Editora: Universo dos Livros
    Onde Comprar: 

    SARAIVA

    SUBMARINO

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Na Sua Falta

    setembro 22, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá 🙂
    Como vão?
    Este poema vai para todos aqueles que hoje estão sentindo-se sozinhos.
    Abraços 🙂

    NA SUA FALTA

    Procurando uma cópia sua
    Descobri que você é insubstituível
    Tentando seguir em frente
    Descobri que sem ti estarei sozinho

    Remexendo em nossas fotografias
    Descobri que me faltava aquele sorriso
    Olhando a agenda telefônica
    Descobri que só a ti chamava de amigo

    Lendo muitos romances
    Descobri que queria isso para a vida
    Planejando o final de semana
    Descobri a ausência de sua companhia

    Olhando para o céu toda noite
    Descobri que estrelas só brilham com você
    Fingindo estar vivendo
    Descobri que brincava de sobreviver

    Viajando para muitos lugares
    Descobri que você é o meu lar
    Entregando-me a novas relações
    Descobri que dificilmente irei me apaixonar

    Escrevendo uma poesia
    Descobri que nela não existe emoção
    Colocando a mão no peito
    Descobri que levastes meu coração.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Kriptonita

    setembro 15, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Esta poesia é para todos nós que temos um ponto fraco, aquela pessoa que mexe com nosso mundo de uma maneira boa…todo mundo tem sua Kriptonita, basta conhecê-la.
    Espero que curtam.
    Abraços

    KRIPTONITA

    Queria te escrever mil romances
    Mas eu já não te vejo em todas minhas poesias?
    Queria apenas uma noite ao seu lado
    Mas você já não está em minha mente todo santo dia?

    Queria poder ler seus pensamentos
    Mas será que você pensa em mim?
    Queria lhe dar toda minha felicidade
    Mas será que comigo você seria feliz?

    Queria dizer tudo o que sinto
    Mas ao te ver, aonde estão as palavras certas?
    Queria ter um espaço no seu coração
    Mas será que lá encontrarei alguma porta aberta?

    Queria que você fosse tudo para mim
    Mas tê-la não seria demais para minha fútil vida?
    Queria ter forças para lhe dar um único beijo
    Mas no fundo você é minha maior fraqueza, minha Kriptonita.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Ao seu lado

    setembro 08, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Hoje venho deixar mais um poema apaixonado…o texto não foi escrito recentemente, admito, mas acho que se encaixa no momento vivido.
    Abraços

    AO SEU LADO

    Não sou um herói
    Mas arriscaria minha vida por este sentimento
    Não sou de reclamar
    Mas acho injusto não ficar ao seu lado por mais tempo

    Não sou um escritor, longe disso
    Mas com você sinto inspiração toda hora
    Não sou de implorar
    Mas lhe peço, não me deixe longe do seu coração agora

    Não sou o rapaz dos teus sonhos
    Mas faria tudo para ser sua realidade
    Não sou de fazer promessas
    Mas com certeza tentaria só lhe trazer felicidades

    Não sou uma pessoa de muitas palavras
    Mas com você posso mostrar um outro lado
    Não sou de segurar meus sentimentos
    Por isso eu lhe digo: estou apaixonado.

    AUTOR:HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Mistérios

    setembro 01, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    A poesia de hoje é sobre todas as promessas que fizemos a alguém em especial quando a conhecemos…
    Dedico a uma pessoa que entrou recentemente em minha vida.
    Abraços e se cuidem.

    MISTÉRIOS

    Abraçaria o teu corpo
    Sem envolve-la em meus braços
    Beijaria tua boca
    Sem sequer tocar teus lábios

    Conquistaria uma constelação inteira
    Sem que me pedisse uma só estrela
    Enfrentaria o mundo para conquista-la
    Sem que se impedissem com barreiras

    Casaria contigo
    Sem ter alianças para trocar
    Te ofereceria o meu sorriso
    Sem duas vezes pensar

    Descreveria você em poesia
    Sem que ela tenha ponto final
    Desvendaria os teus mistérios
    Sem permissão para tal

    Daria a ti a eternidade
    Sem ligar em como eu sobreviveria
    Te amo puramente
    E nem preciso que me retribua nesta vida.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 4 5 15
    instagram
    Translate »