• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Categoria: Honorato

    HonoratoTextos

    Horas

    junho 06, 2022 • Honorato, Sandro

    Que horas são quando eu estava escrevendo um texto sobre nós e sem querer deixei derramar incontáveis lágrimas no papel e tive que refazer tudo?
    Refazer.
    Preciso refazer a minha vida.
    Não posso amar por dois nunca mais.
    Eu acho que não havia dito isso mas eu te amo! É meio tarde para uma declaração forte destas ou muito cedo? Depende da hora que você me ler.

    Que horas são quando eu lhe mando mensagem dizendo que sinto saudades do seu toque, do seu beijo, do seu abraço e você me ignora e muda de assunto?
    Porque é difícil me aceitar em sua vida como mais que um amigo? Sei do seu passado doloroso, mas o seu próximo amor não tem culpa do anterior. É impossível me dar uma chance? Eu sou tão ruim assim que não tenho métodos de conquista-la?

    Que horas são quando você deita na cama, olha para o teto, puxa o celular e imagino que gostaria de me mandar mensagem mas o seu orgulho não deixa? Que horas são quando outro responde seus stories prometendo o mundo sendo que eu lhe daria o meu mundo? Eu deixaria de sorrir para te fazer uma pessoa mais alegre, deixaria de comer para poder te dar uma mesa farta todos os dias, abdico do meu coração para que o seu continue batendo e alcançando voos maiores.
    Não são promessas vazias igual daqueles que te iludiram e sim de um cara apaixonado de verdade.

    Que horas serão quando você perceber que eu fui o amor que a vida te deu e você deixou passar? Sou o trem que você perdeu porque ficou na esperança de chegar um mais “vazio”. O poeta que você jurava que só escrevia sobre amores irreais sendo que você era fonte de inspiração de muitos textos meus. Que horas perceberá que me rejeitou por motivos dos quais não tem coragem de me dizer frente a frente?

    Que horas serão quando eu dizer que você é meu passado mais presente já que te vejo todos os dias em meus sonhos? Quando vou dizer que seguirei em frente mesmo que as lágrimas insistam em cair da minha face? Quando vou dizer a mim mesmo que você foi a pessoa que mais amei na vida e que não fui competente o suficiente para fazê-la sentir 10% do mesmo?

    Que horas serão quando o pesadelo acabar?

    Autor: Honorato, Sandro.

    03.06.2022
    23:09

    20 animes que fizeram os japoneses chorar

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoTextos

    Horas

    junho 06, 2022 • Honorato, Sandro

    Que horas são quando eu estava escrevendo um texto sobre nós e sem querer deixei derramar incontáveis lágrimas no papel e tive que refazer tudo?
    Refazer.
    Preciso refazer a minha vida.
    Não posso amar por dois nunca mais.
    Eu acho que não havia dito isso mas eu te amo! É meio tarde para uma declaração forte destas ou muito cedo? Depende da hora que você me ler.

    Que horas são quando eu lhe mando mensagem dizendo que sinto saudades do seu toque, do seu beijo, do seu abraço e você me ignora e muda de assunto?
    Porque é difícil me aceitar em sua vida como mais que um amigo? Sei do seu passado doloroso, mas o seu próximo amor não tem culpa do anterior. É impossível me dar uma chance? Eu sou tão ruim assim que não tenho métodos de conquista-la?

    Que horas são quando você deita na cama, olha para o teto, puxa o celular e imagino que gostaria de me mandar mensagem mas o seu orgulho não deixa? Que horas são quando outro responde seus stories prometendo o mundo sendo que eu lhe daria o meu mundo? Eu deixaria de sorrir para te fazer uma pessoa mais alegre, deixaria de comer para poder te dar uma mesa farta todos os dias, abdico do meu coração para que o seu continue batendo e alcançando voos maiores.
    Não são promessas vazias igual daqueles que te iludiram e sim de um cara apaixonado de verdade.

    Que horas serão quando você perceber que eu fui o amor que a vida te deu e você deixou passar? Sou o trem que você perdeu porque ficou na esperança de chegar um mais “vazio”. O poeta que você jurava que só escrevia sobre amores irreais sendo que você era fonte de inspiração de muitos textos meus. Que horas perceberá que me rejeitou por motivos dos quais não tem coragem de me dizer frente a frente?

    Que horas serão quando eu dizer que você é meu passado mais presente já que te vejo todos os dias em meus sonhos? Quando vou dizer que seguirei em frente mesmo que as lágrimas insistam em cair da minha face? Quando vou dizer a mim mesmo que você foi a pessoa que mais amei na vida e que não fui competente o suficiente para fazê-la sentir 10% do mesmo?

    Que horas serão quando o pesadelo acabar?

    Autor: Honorato, Sandro.

    03.06.2022
    23:09

    20 animes que fizeram os japoneses chorar

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Sobre ti

    maio 30, 2022 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    A poesia de hoje fala sobre a ilusão.
    Abraços e tenham uma excelente semana.

    Sobre Ti

    Não me trazia sonhos
    Pois custava noites mal dormidas
    Não me fez bem a saúde
    Pois agora vivo a base de remédios todo dia

    Não me dava paz
    Pois eu travava uma guerra comigo
    Não me trouxe poesias
    Pois hoje não sei expressar o que sinto

    Não preencheu o que me faltava
    Pois hoje mal escondo o vazio no peito
    Não me desprendeu da tua companhia
    Pois agora não sei viver sozinho direito

    Não me deu oportunidades
    E sei que agora não sou mais opção
    Não me deixou inteiro
    Pois hoje junto os cacos do meu coração

    Não virou músicas românticas
    Pois hoje não sei fugir dessa sofrência
    Não era Amor
    Era mais um momento de carência.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Amor raso

    maio 23, 2022 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Essa poesia é sobre pessoas tão juntas e tão distantes ao mesmo tempo, sabem? E que quando elas acabam se dando conta que não estão em sintonia e acabam deixando um amor raso, sem sentido.
    Abraços e tenham uma excelente semana 🙂

    AMOR RASO

    Ele era palco, voz e violão
    E ela preferia ficar na multidão
    Ele sonhava alto demais
    E ela pés demais no chão

    Ele fazia piadas sempre que possível
    Ela era mais fria e contida
    Ele era agitado e adorava ação
    Ela era o mais próximo da monotonia

    Ele a moda antiga enviava cartas
    Ela só conversava por mensagens
    Ele era aventura querendo novos lugares
    Ela é caseira e odeia viagens

    Ele era pulmão
    E ela nunca respirou ar puro
    Ele era outro universo
    E ela se contentava com este mundo

    Ele era mar
    E ela nadava em rios
    Ele era mais que poesia
    E ela não tocava em livros

    Ele queria um casamento
    Ela não o via nem como namorado
    Ele queria um amor profundo
    Ela só vivia de amores rasos.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Olá,
    Como vão?
    Vou deixar aqui com vocês uma poesia que fiz há uns dois anos atrás.
    Espero que curtam.
    Abraços e uma ótima semana a todos nós 🙂

    SAUDADES DO QUE NUNCA VIVEREMOS

    Tenho saudades das tuas risadas
    Aquelas escandalosas e cheia de energia
    Tenho saudades de dormirmos juntos
    E acordar com os raios de sol iluminando o dia

    Tenho saudades dos seus beijos
    Parecidos com aqueles cinematográficos
    Tenho saudades de andar de mãos dadas
    Como dois adolescentes muito apaixonados

    Tenho saudades das nossas desavenças
    E que sempre resolvíamos rápido
    Tenho saudades de palavras simples
    Como “Tenho orgulho de ser seu namorado”

    Tenho saudades do seu abraço
    E nele me sentir protegido
    Tenho saudades de compartilhamos momentos
    Pois você é quem me chamava de amigo

    Tenho saudades de me sentir útil
    Quando você ansiosa me contava seus segredos
    Tenho saudades de você aqui por perto
    E pior:  saudades daquilo que nunca viveremos.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Entre nós

    maio 09, 2022 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Este é um poema que fiz há um bom tempo atrás mas que se encaixa perfeitamente em situações atuais.
    Espero que curtam.
    Abraços e se cuidem.

    ENTRE NÓS

    Entre as garrafas vazias
    Eu prefiro ser aquele copo cheio
    Que você bebeu toda semana
    E nunca cansou do sabor

    Entre versos perfeitos e linhas tortas
    Você se faz poesia por si só
    Daquelas que os poetas se orgulham
    Pois podem recitar aos quatro cantos

    Entre sorrisos forçados e gargalhadas
    Quero ser a lembrança que te faça feliz
    Pelos momentos que vivemos hoje
    E pelo futuro que não poderemos compartilhar

    Entre perder nossa amizade
    Ou arriscar por algo a mais
    Eu deixo seu caminho livre para ele
    Afinal, um lutador sabe a hora de desistir

    Entre amores reais e fantasias
    Me guarde entre os dois
    Me ame como seu eterno escudeiro
    E fantasie como seriamos como casal

    Entre idas e vindas
    Talvez você goste de ficar
    Talvez não nesta vida
    Talvez não fazendo agora do meu peito seu lar.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

     

    Veja também esses posts relacionados:

    1 2 3 4 5 120
    instagram
    Translate »