• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Categoria: Honorato

    HonoratoPoesia

    Tenho medo

    dezembro 24, 2010 • Honorato, Sandro
    Olá,
    E ai como vão?
    Este poema é pra aquelas pessoas que tem medo de revelar seu sentimentos tipo eu assim sabem?
    Eu sou um pouco tímido e nem sei como falar pra ela….
    Espero que gostem 🙂
    Abraços e feliz Natal a todos!
    Tenho medo

    Tenho que confessar o que esta aqui dentro

    Vou falar que tenho medo
    Tenho medo de falar com você
    Mas por quê?
    Tenho medo de olhar nos teus
    olhos
    Eu quero, mas não posso
    Não posso revelar o que sinto
    te olhando
    Acho que estou te amando
    Tenho medo de lhe dirigir a
    palavra
    Mas perto de ti minha boca se
    cala
    Tenho medo até de sonhar
    contigo
    Pois sei que somos
    “Apenas” amigos
    Tenho medo de ver você com
    outro
    Isso me daria um profundo
    desgosto
    Tenho medo de estragar nossa
    amizade
    Não penso em te fazer sofrer, não
    penso em maldade
    Tenho medo de falar o que sinto
    Resisti por muito tempo, mas
    desisto
    Guardo isso a meses que me
    parecem anos
    Eu te adoro, te desejo, te Amo!
    AUTOR: HONORATO, Sandro.



    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Tenho medo

    dezembro 24, 2010 • Honorato, Sandro
    Olá,
    E ai como vão?
    Este poema é pra aquelas pessoas que tem medo de revelar seu sentimentos tipo eu assim sabem?
    Eu sou um pouco tímido e nem sei como falar pra ela….
    Espero que gostem 🙂
    Abraços e feliz Natal a todos!
    Tenho medo

    Tenho que confessar o que esta aqui dentro

    Vou falar que tenho medo
    Tenho medo de falar com você
    Mas por quê?
    Tenho medo de olhar nos teus
    olhos
    Eu quero, mas não posso
    Não posso revelar o que sinto
    te olhando
    Acho que estou te amando
    Tenho medo de lhe dirigir a
    palavra
    Mas perto de ti minha boca se
    cala
    Tenho medo até de sonhar
    contigo
    Pois sei que somos
    “Apenas” amigos
    Tenho medo de ver você com
    outro
    Isso me daria um profundo
    desgosto
    Tenho medo de estragar nossa
    amizade
    Não penso em te fazer sofrer, não
    penso em maldade
    Tenho medo de falar o que sinto
    Resisti por muito tempo, mas
    desisto
    Guardo isso a meses que me
    parecem anos
    Eu te adoro, te desejo, te Amo!
    AUTOR: HONORATO, Sandro.



    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Nosso amor…

    dezembro 22, 2010 • Honorato, Sandro
    Olá e ai como vão?
    Vou postar um novo poema meu daqueles bem apaixonados 🙂
    Abraços galera.

    Nosso Amor
    Nosso amor é como um livro
    Um início incerto
    Um meio confuso
    E um fim belo

    Nosso amor é como uma flor
    Nós plantamos a semente, esperamos crescer
    Depois regamos
    E frutos esperamos colher

    Nosso amor é como o das gaivotas
    Um dia elas se encontram
    Um dia elas têm de se separar
    E um dia, quem sabe um dia, elas voltam

    Nosso amor é como o do sol e da lua
    Um amor bonito
    Um amor perfeito
    Um amor impossível

    Nosso amor foi como um sonho
    Rápido, intenso e cheio de alegria
    Mas em instantes
    Tivemos que voltar a nossa cruel rotina.

    AUTOR: HONORATO,Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia
    Olá 🙂
    Fiz este post pra alguém muito especial. 
    Talvez nem ela sabe que estou gostando ela mas, sei la, não a vejo muito e nem sei se tenho chance com ela. 
    Queria só um momento,um segundo ao lado dela antes que ela fosse embora.
    Abraços
                                                                 

     Aquele Dia, Esta Noite
    Eu lembro do dia
    Em que você entrou na minha vida
    Era uma noite de sábado, neste mesmo lugar
    Que eu “descobrir” o que é amar
    Desse dia em diante algo em mim mudou
    Desde aquele dia, eu sei o que é amor
    Desde que te vi
    Você virou minha razão de existir
    Queria te dizer que estou sonhando
    Sonhando com seu jeito, o seu encanto
    Dizer que estava sentindo sua falta
    Tudo sem você é tão sem graça
    Por que? Por que tanto tempo
    Para eu te falar o que está aqui dentro
    Me desculpe se te soar errado
    “Mas eu tô apaixonado”.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.
    TE AMO *-*

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    Um dia de agonia

    dezembro 14, 2010 • Honorato, Sandro
    Olá e ai tudo bem?
    Bom, hoje vou postar mais um poema bem recente.

    Espero que vocês gostem.
    Antes que eu esqueça: tem uma nova enquete ai no blog,a sua esquerda. Quem puder participar, eu agradeço.
    Abraços

    Um dia de agonia
    Outro fim de tarde
    No meio peito algo arde
    Agora a noite chega
    E você? Que não sai da minha cabeça
    Estou entediado, abro a gaveta
    Puxo um caderno e a caneta
    Passo horas rascunhando
    Na folha algumas palavras eu vou rimando
    Mas o que não rima
    É que você não está na minha vida
    É nítido, está claro
    Sem você aqui eu sou um fracasso
    Por favor, volte logo
    Essa sua ausência eu não suporto
    E se voltar, não fique preocupada

    Você é e será a minha única amada.
    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    HonoratoPoesia

    A Carta

    dezembro 08, 2010 • Honorato, Sandro

    Olá galera e ai tudo bem?
    Ultimamente ando meu apaixonado  = D
    Fiz mais um poema. Espero que vocês gostem.
    Abraços

     A carta
    Olha, a quanto tempo não lhe escrevo
    Você não sabe o quanto estou
    sofrendo
    A saudades parece nunca
    diminuir
    Por favor, volta logo pra mim
    Volta e tira essa dor
    Traz de volta o Amor
    Amor a tempos esquecido
    E que no meu peito estava
    escondido
    Volta que sem você nada tem
    sentido
    Eu não tenho razão para
    sorrisos
    Volta que a saudade bateu
    a minha porta
    Eu não aguento mais estas
    noites chuvosas
    Volta, eu não consigo mais
    negar
    Eu Te Amo. Só quero te amar
    Volta, estou aqui te esperando
    Não vou aguentar mais um ano
    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja também esses posts relacionados:

    1 105 106 107 108 109 115
    instagram
    Translate »