• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    HonoratoPoesia

    Moda antiga

    junho 02, 2018 • Honorato, Sandro

    Olá,
    Como vão?
    Esta poesia é dedicada a todos aqueles que já ouviram falar que não se fazem mais amores como antigamente.
    Abraços e se cuidem.

    Moda antiga

    Eu, fogão a lenha
    Você, forno elétrico
    Eu, carta aberta
    Você, tem seus mistérios

    Eu, jantar a luz de velas
    Você, comida caseira
    Eu, sempre fácil de achar
    Você, é meu quebra-cabeças

    Eu, poesia e declamação
    Você, áudios de whatsapp
    Eu, vivo a moda antiga
    Você, encara nossa realidade

    Eu, lhe daria tudo
    Você, nunca me pediu nada
    Eu, no futuro te levaria ao altar
    Você, não crê mais em contos de fadas

    Eu, amor único
    Você, tem vários pretendentes
    Eu, só penso em nós
    Você, não pensa o mesmo infelizmente.

    AUTOR: HONORATO, Sandro.

     

    Veja também esses posts relacionados:

    Comente com o Facebook

    Deixe seu comentário

    instagram
    Translate »