Blogger Widgets

Sobre este conto de fadas

Olá,
Como vão?
Este poema é sobre o arrependimento. A falta de ousadia em se declarar para quem se ama. 
Ou pior: Sobre amar alguém que não demonstra o mesmo por ti.
Espero que gostem :)
Abraços e boa semana a todos.

Sobre este conto de fadas

Os abraços que dei sem nenhum afago
As cartas escritas e nunca enviadas
Os nossos Contos que não viraram de Fadas
As vezes que não adormeci envolto em teus braços

Os beijos roubados em que me virou o rosto inesperadamente
As danças negadas pela minha falta de jogo de cintura
Os problemas que enfrentei pois não pedi sua ajuda
As baladas que te impedi de ir por ciúmes loucamente

As noites em claro sentindo sua falta
Os seus livros que não li por preguiça
As vezes que me senti só estando em sua companhia
Os dias que abracei o travesseiro guardando esta mágoa

As mentiras que contei para não lhe machucar
Os desejos reprimidos na nossa cama
As frases nunca ditas por quem se ama
Os sonhos que não posso mais realizar

As flores que morreram porque esqueci de lhe mandar
Os sorrisos que não mostrou pois estava chateada
As brigas que tivemos naquela noite embriagada
Os muitos “Eu Te Amo” que nunca irei te falar.

AUTOR: HONORATO, Sandro.




3 Pensamentos:

  1. Que lindo!
    "As noites em claro sentindo sua falta", quem nunca? Com certeza muita gente se identifica!

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Sandro,
    Que poema lindo. Realmente, a gente perde muita oportunidade de ser feliz por não querer arriscar; se machucar. Os sentimentos acabam se tornam uma coisa meio Disney mesmo haha

    tenha uma ótima semana :D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  3. Olá, Sandro!
    Adorei o poema, mas principalmente adorei a mensagem que você passou através dele.

    Um beijo
    Carla Carrais | www.cahcarrais.wordpress.com

    ResponderExcluir