Blogger Widgets

Perdoe-me

Olá,
Como vão?
Hoje é uma data especial para esta pessoa que aqui escreve. Este blog faz 7 anos de vida. Meus eternos agradecimentos a todos que nos acompanharam e nos ajudaram com palavras, criticas  e sugestões desde 22/04/2010.

Vou deixa-los com uma poesia bem romântica, quase que uma declaração eu considero.
E que todos tenham alguém para perdoar assim em nossas vidas.
Abraços a todos.

Perdoe-me

Perdoe-me pela lentidão
Mas ainda lhe devo desculpas, não acha?
Por anos pacientemente esperei
E juro que minha chance não desperdiçarei

Perdoe-me por acorda-la
Você se importaria em virar esta noite?
Eu não quero dormir, pra falar a verdade
Estar contigo é assistir o sonho virando realidade

Perdoe-me pela ousadia
Mas permita-me saborear teus lábios?
Deixe-me dar o nosso primeiro beijo
Não sabes o quanto atenderia o meu desejo

Perdoe-me pela intromissão
Mas posso fazer poesias para ti?
Todo poeta se apaixona um dia
E você é a inspiração minha

Perdoe-me pela demora
Mas ainda há espaço para mim no seu coração?
Pois no meu você já faz moradia
Desde que entrou em minha vida.


AUTOR: HONORATO, Sandro.




3 Pensamentos:

  1. PARABÉNS SANDRO!!
    7 anos de blog é uma longa jornada! Parabéns pelos poemas e pela data!
    O que dizer de "Perdoe-me"? Simplesmente lindo! Eu gostaria de estar apaixonada assim! Um sentimento puro e lindo. Eu espero que a pessoa tenha sim um lugar especial no coração dela para você.

    -Kissus-
    Visite: www.wtdarkside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. 7 anos? Caramba, quanto tempo! Parabéns, viu? Que venham muito mais anos pela frente! Quanto a poesia, achei a coisa mais linda, se alguém me pedisse desculpas assim, eu não resistiria hahaha
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  3. Oi Sandro,
    Que bonita a poesia. Que sentimento bonito, posto nesse texto.
    E parabéns pelo aniversário do blog! Que você continue seu trabalho por muito mais anos e que venham grandes inspirações!

    tenha uma ótima semana :D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir