• Categorias

  • "Transbordando sentimentos puros em palavras"

    Honorato ÔÇó Poesia

    Ruinas do Amor

    julho 17, 2015 ÔÇó Honorato, Sandro

    Ol├í ­čÖé
    Faz muito tempo que n├úo deixo uma poesia aqui com voc├¬s ­čÖü
    Esta n├úo ├ę recente,confesso,mas passa uma sentimentalidade incr├şvel apesar de ser bem triste.
    Abra├žos e espero que gostem.

    Ru├şnas do Amor
    Eu j├í viajei o mundo…
    Viajei quando nos beijávamos
    Viajei no seu belo olhar
    Viajei quando nos amávamos
    Eu j├í sonhei com o Para├şso…
    Um Para├şso onde voc├¬ me entende
    Um Para├şso onde ├ęramos felizes
    Um Para├şso onde voc├¬ dominava minha mente
    Eu j├í encontrei a felicidade…
    Felicidade quando em seus bra├žos me envolvia
    Felicidade quando você enxugava minhas lágrimas
    Felicidade quando juntos estávamos em perfeita sintonia
    Eu j├í fui rom├óntico…
    Romântico desses que fazem poesias
    Rom├óntico desses que lhe enchem de ÔÇťmimosÔÇŁ
    Românticos desses que por quem se ama daria a vida
    Eu j├í fui apaixonado…
    Mas hoje virei este po├žo de dor
    Hoje virei uma pessoa solitária
    Hoje virei apenas ru├şnas do amor.
    AUTOR: HONORATO, Sandro.

    Veja tamb├ęm esses posts relacionados:

    Comente com o Facebook

    Deixe seu comentário

    1 Comentário

  • Nana Barcellos
    18 jul 2015

    Oi Sandro,
    Que poesia linda e triste.
    Mas acontece mesmo, tenho amigos que foram 'arru├şnados' pelo amor..alguns s├úo at├ę frios hoje em dia =/

    P.S.: 2 Broke Girls, n├úo foi cancelado ­čśÇ Volta em Setembro, acho.

    bjs e tenha um ├│timo final de semana.
    Nana – Obsession Valley

  • instagram
    Translate »