Blogger Widgets

Como não lembrar?

Olá :)
Como vão?
Hoje deixarei mais uma poesia para começarmos desde já bem este final de semana que se aproxima.
Abraços a todos.


Como não lembrar?

Como não lembrar de você ?
Se em casa ao ligar a TV
Lembro-me dos filmes que assistíamos juntos
Lembro de como era o nosso mundo

Como não lembrar aquele seu sorriso?
Sorriso simples, mas que me levava ao paraíso
Sorriso de uma eterna menina
Sorriso que alegrava minha vida

Como não lembrar o seu abraço?
Abraço que me acolhia quando estava fraco
Abraço forte, demorado e quente
Abraço da única pessoa que me entende

Como não lembrar aquele beijo?
Beijo que agora tanto desejo
Beijo puro, sem maldade
Beijo que hoje me lembra saudade

Como não lembrar da nossa alegria?
Alegria roubada dia após dia
Alegria que hoje virou tédio
Tédio de não ter você por perto.

AUTOR: HONORATO, Sandro.

17 Pensamentos:

  1. Sandro parabéns pela poesia. Apesar de não ter o hábito de ler esse estilo, alguns me agradam e me tocam. Essa temática que vc abordou é bem marcante já que todos sentimos saudades de alguém. Alguns nos deixaram mesmo sem querer e outros nos deixaram sem que nós quiséssemos. E as vezes me pego pensando de qual sinto mais falta. Mas no geral todos os que me marcaram se tornaram inesquecíveis e sou grata a Deus a tudo que vivi pq me tornou o que sou hoje.
    Parabéns pelas palavras que sugerem uma reflexão tão positiva nos leitores. Sucesso querido!!!

    P.s. Obrigada pela presença e comentário lá no blog viu!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  2. oi tudo bom?
    nossa que belo texto..
    adoreii,mexeu com mesu sentimentos,rsrsr ando emotiva demais
    mais bom esse stextos,pois nos fazem colocar para fora nossos sentimentos,trazer a memoria sentimentos ocultos que nos fazemos questao de esconder...
    bjs lindaaa
    www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiê...

    Nossaaaaaaaa adorei o poema... super fofo e lindo... inspirador... um poema que traz saudade no peito de um tempo que se foi... que se vai... mostra que devemos aproveitar os momentos por mais simples que sejam... por mais dificieis que seja por mais lindo que seja... gostei muito .... trouxe algo de bom algo que faz um tempo que eu não sinto... trouxe saudade... Xero!!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sandro!
    Que poesia linda!
    Bom final de semana para você tbm!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela poesia, muito lindo esse poema ! Apesar de eu não ler muito esse estilo , mas gostei muito de suas palavras !

    ResponderExcluir
  6. Lindo poema, como não lembrar daquilo que nos fez bem um dia?
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo poema, expressa a realidade, certas coisas e pessoas simplesmente são impossíveis de se esquecer.

    Abraço,
    Diego de França
    Leitor Sagaz

    ResponderExcluir
  8. Lembranças que pessoas que se foram: quase sempre são tristes :'(

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Lindo texto e retrata bem os momentos marcantes que temos e são associados as pessoas que deixam saudades. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  10. Esse sentimento é bem conhecido meu.. haha
    Adorei, poucas pessoas conseguem escrever assim e adoro quando tenho a possibilidade de ler algo autêntico nos blogs!

    Beijos, O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sandro!
    Desde que você disse que estava apaixonado, acompanho suas publicações com um olhar tendencioso (rs). Aiai, espero que essa poesia não reflita, realmente, o que está sentindo porque torço para que possa alcançar a felicidade de compartilhar a vida ao lado de quem ama. ;)
    Enfim, adorei sua poesia. Como sempre, aprecio seus escritos e a sua sensibilidade. O verso que mais gostei:

    "Como não lembrar o seu abraço?
    Abraço que me acolhia quando estava fraco
    Abraço forte, demorado e quente
    Abraço da única pessoa que me entende"

    PURO AMOR esse verso. Acredito que lembrei da minha mãe? Saudade dela.

    Ah, vi seu comentário no meu blog! Fiquei até emocionada em saber que conhece minha banda favorita!!! <333 the GazettE me ganha todos os dias. Fui ao show deles em SP. Já posso "morrer feliz", haha.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Honorato!!!

    Você e seus poemas super tocantes, parabéns!!!

    'Como não lembrar o seu abraço?
    Abraço que me acolhia quando estava fraco
    Abraço forte, demorado e quente
    Abraço da única pessoa que me entende"

    Adorei! Beijão!

    ResponderExcluir
  13. Sempre escrevendo tão bem, impossível não me sentir tocada pelas tuas palavras.
    *-*

    bjs

    ResponderExcluir
  14. Sou louca por poesia, desde bem pequena tenho o hábito de lê-las e confesso que gosto das dramáticas e até das mais sinistras. Amo a poesia de Florbela Espanca, conhece? Pois então, eu amei sua poesia, toda romântica sem ser piegas. Espero ver outras de sua autoria aqui no seu cantinho. Parabéns e obrigada por nos brindar com seus sentimentos mais intensos.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  15. Ai, Sandro, de onde você consegue tirar essas pérolas?! *-* Adorei o poema, apesar de ser um pouco triste, se considerarmos que o eu-lírico está distante da pessoa amada... Parece que seus poemas estão cada dia mais bonitos! Parabéns.
    Beijos,
    Niki,
    http://www.meigaemalefica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Poesias sempre me lembrar gente amando.
    Esta por sinal esta maravilhosa e espero que esteja sentindo tanto amor assim

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir