Blogger Widgets

Aprisionado

Olá :)
Como vão?
Hoje vou postar um poema que fiz a um certo tempo.
Abraços e tenham uma excelente semana

Aprisionado

Hoje estou sozinho
Sozinho e sentindo sua falta
Sozinho recordando nossos momentos
Sozinho com essa dor que me mata

Hoje estou chorando
Chorando vendo nossas fotografias
Chorando lembrando nossos velhos tempos
Chorando escrevendo essa poesia

Hoje estou desacreditado
Desacreditado, pois sem você não sei quem eu sou
Desacreditado, pois sem você perco o rumo
Desacreditado, pois sem você não existe “amor”

Hoje estou aprisionado
Preso e sei que não tenho salvação
Preso e sem poder sonhar com dias melhores
Preso e com este inútil coração.


AUTOR:HONORATO,Sandro.

6 Pensamentos:

  1. Oi Sandro!
    Nossa que poema triste, mas de certa beleza.
    Muito bem escrito. Eu adorei!

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Honorato, lindo como sempre, apesar de triste.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Eu tô mais ou menos nessa vibe mas não consigo chorar, sério. Sabe quando você está entalada de sentimentos até o pescoço mas não consegue aliviar o corpo, a alma? Tento chorar, tento gritar, tento dormir mas tudo me deixa mais aprisionada com esses sentimentos...

    Beijos!

    ResponderExcluir


  4. Sandroooo!
    Tudo bom?
    Cara, faz tempo que não nos falamos direito hein?
    Bom o tempo já passou e daí pergunto..o que achou do anime Chrono Crusade? chorou muito?
    Bom as coisas estão naquela correria né? eu te contei pelo face...mas fora isso, com a mamis se recuperando, deixei meus projetos literários em hiato e estou correndo para agilizar o máximo de cosplays possíveis. logo terei novidades o/
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Sempre com seus poemas lindos e profundos...

    ResponderExcluir