Blogger Widgets

O respeito e a igualdade, sobretudo a educação

Odeio esse complexo de superioridade. Se pudesse escolher, preferiria ter ao meu lado alguém que crê-se inferior e de baixa auto-estima do que pessoas que não sabem o que é uma "critica". E o pior é que tenho uma amiga assim. Ela é aquele tipo de gente que, se você lhe mostra algo diferente do qual gosta, diz que não é tão bom enquanto te olha com um misto de arrogância e indiferença. O que é extremamente irritante.
Eu posso estar sendo infantil, mas o fato de que tal comportamento foi repetido inúmeras vezes deve me dar o direito de tirar esta conclusão: ela se acha superior a qualquer pessoa que seja diferente demais dela.  E como o mundo é um conjunto de pessoas distintas, suponho que "X" — por assim dizer — crê-se a Rainha da Terra ou do Bom Gosto.
Okay, e quem sou eu para julgar? Devo estar me esquecendo do meu preconceito musical, de como fuzilo pelo olhar pessoas que escutam forró e sertanejo estilizado perto de mim e, principalmente, funk — porque, afinal, uma pessoa dessas não pode ser decente escutando e cantando músicas tão vulgares. Mas onde entra o respeito?
A nossa sociedade é formada por gente de etnias, crenças e "criações" — refiro-me a educação recebida em casa — diferentes. Mas todas, sem exceção, merecem respeito. E respeito implica dar o mesmo tratamento que você daria a alguém que considera seu igual ou, no caso, que possua a mesma opinião que a tua.
Voltando a "X", digo: e uma pessoa que gosta da música de caras que dançam como garotas, de vozes afeminas e finas, no ritmo eletrônico e, para completar, em japonês, definitivamente não tem bom gosto. Nem por isso eu a olhei de modo arrogante e com ar superior enquanto dizia "eu não gostei". Também não fiz isso quando me mostrava páginas na internet que gostava, feitas por pessoas absolutamente normais, cujos textos eram absolutamente dramáticos. Eu continuei prestando a máxima atenção no que dizia, sendo simpática e amigável, apesar de estar nítido que não estava achando tão bom assim. E ponto. Isso não machuca coisa alguma, não fere os sentimentos de ninguém.
Isso é o que se chama de educação.


Samyle S.
Blog de textos:

15 Pensamentos:

  1. Eu tenho a personalidade bem forte, sempre procuro defender a minha opinião, mas respeitar o outro é fundamental, não podemos querer que todos sejam iguais  a nós. Bacana o texto. Bjoooo!

    ResponderExcluir
  2. eu nao consigo ser educada assim, ja tentei viu.
    amei o texto

    ResponderExcluir
  3. mas uma coisa, eu tenho a personalidade forte, procuro respeitar mas as vezes perco as estribeiras xp

    ResponderExcluir
  4. eu sempre tento respeitar o gosto dos outros, mas é uma pena que a recíproca nem sempre é verdade.
    Vira e mexe eu estou tendo de aturar as pessoas e quando as convido para fazer algo que EU gosto, elas ficam de má vontade.
    :/
    Bjuxxxx

    ResponderExcluir
  5. Hey *-*

    Tudo bem? 
    aiai *-* Que texto perfeito. Eu amo os textos da Samyle. 
    Sabe, eu concordo, acho melhor ficar ao lado de alguém que nem sabe todo o potencial que tem, do que alguém que não tem nenhum e se acha superior. Arrogância demais é algo que torna a convivência impossível.

    beijos :*

    ResponderExcluir
  6. Adorei o texto, concordo plenamente com cada ponto citado!

    Passando rapidinho, ainda nas correrias aqui, rs
    Gostou da rodada? Teria sido melhor se o palmeiras e flamengo perde-se né?rs

    Bjs 

    ResponderExcluir
  7. Interessante a abordagem do post...
    Você expôs sua opinião sem impôr.
    E é isso mesmo, infelizmente, tem pessoas que sabe-se lá por que, sentem-se ou agem como se fosse superiores sempre, quando na verdade não é superioridade e sim incapacidade de lidar com as diferenças. Não é fácil lidar com pessoas assim, mas as vezes podemos cair no erro de agirmos assim.
    A velha natureza humana que as vezes nos impele a erros ;/
    Enfim, importante mesmo é isso, reconhecer que a diferença é o que nos faz sermos únicos e respeito é sempre bom.

    Beijo,
    ótima semana.

    Jhosy
    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Sandro
    Assino embaixo desse texto educação e respeito pra mim são itens básicos pra qualquer momento

    beijos

    http:// jhdocemel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Sandro <3 tudo bem?
    Digamos que o Lunge foi uma pedra no sapato de Tenma durante a história toda, não querendo se spoiler é claro, o Lunge se não fosse tão orgulhoso não seria um problema durante o anime todo!
    A Anna é uma personagem muito bonita é claro, mas também os homens virão-se mais para ela, porque é praticamente a única personagem feminina da história, no entanto, ela é bem bonita. Johann e Anna são os gémeos mais lindos do mundo do anime para mim.

    Bjo!
     http://osuwarii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Samyle!
    Interessante suas observações. Podemos mostrar nossa opinião, mas em hipótese alguma devemos ser mal educados, isso é baixaria...
    Gostos são diferentes e temos de respeitar o das outras pessoas, mesmo que em nada tenha haver com o nosso, cada um vê a vida de forma diferente, de acordo com o ambiente em que foi criado e tem uma formação. Não podemos ser superiores apenas por termos tido o privilégio de uma oportunidade melhor de vida. Somos feitos da mesma essência...
    Boa semana.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  11. Muito interessante! Também prefiro conviver com alguém com baixa auto-estima do que com pessoas que se acham. 

    ResponderExcluir
  12.  Aff isso também me irrita muito!! Não tem como discutir com uma pessoa dessa, nem como mostrar que ela precisa respeitar! Como você disse, esse tipo de pessoa nem ao menos conhece a palavra "crítica" e certamente uma mente fechada :x

    help-adolecentro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Eu concordo plenamente, eu acho que o respeito é a chave para as pessoas conviverem em paz ^^, mas muito gente não liga para isso, e então certas pesssoas condenam outras por se acharem "superiores"... É horrível :(

    Camimages

    ResponderExcluir
  14. Eu tenho um pouco de excesso de confiança,o que as vezes se confunde com arrogância. Mas realmente se julgar superior não só é ignorância como é falta de educação. Gostei do texto,e concordo com ele em grande parte.

    ResponderExcluir